sexta-feira, 18 de setembro de 2020 - 13:14 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Em menos de sete anos Quatis investe mais de R$ 20 milhões em saneamento

Em menos de sete anos Quatis investe mais de R$ 20 milhões em saneamento

Matéria publicada em 4 de dezembro de 2019, 11:32 horas

 


Antiga estação de esgoto de Quatis foi reformada recentemente
(Foto: Divulgação PMQ)

Quatis – A Prefeitura de Quatis divulgou nesta semana o investimento na área de saneamento básico, em menos de sete anos. Foram investidos mais de R$ 20 milhões em obras e serviços para ampliar o abastecimento de água potável, setor de coleta e tratamento de esgoto.

As informações foram destacadas pelo prefeito Bruno de Souza, ao reafirmar que Quatis vai ganhar mais um reservatório com capacidade para armazenar um milhão de litros de água potável. As obras vão se iniciar no início de 2020.

O balanço dos investimentos na área corresponde ao período de 2013 até outubro deste ano.

O novo reservatório de água será construído, no Loteamento Bela Vista, com recursos próprios da Prefeitura Municipal de Quatis, da ordem de R$ 1,5 milhão.

Com isso, os investimentos focados em saneamento básico até o próximo ano passarão de R$ 22 milhões.

– Os fatos mostram que estamos fazendo mais investimentos em saneamento básico do que já tinha sido realizado nas duas primeiras décadas de existência do Município de Quatis – declarou o prefeito, lembrando que o processo voltado à construção do novo reservatório já se encontra na fase de licitação.

As obras e serviços já realizados têm objetivo de ampliar o abastecimento de água potável, aumentar o percentual de imóveis atendidos com água tratada de 40 para 80 por cento. A construção do novo reservatório vai permitir o alcance de 100% das residências e estabelecimentos do município.

Os investimentos permitiram aumento no número de reservatórios de água potável, que passou de um para quatro, em menos de sete anos.

Água potável

No sistema de captação, tratamento e abastecimento de água potável, foram trocados dez quilômetros de tubulação da rede e adquiridas cinco bombas para o funcionamento dos pontos da captação. Foi alugado um caminhão pipa e reformada a antiga estação de tratamento de Quatis.

Saneamento

Dos investimentos já realizados na área do saneamento básico, a partir de 2013, cerca de R$ 9 milhões foram provenientes de um convênio com o Governo do Estado do Rio de Janeiro. Outros R$ 7 milhões  foram liberados através de parceria entre a prefeitura e a FUNASA (Fundação Nacional da Saúde) e aproximadamente R$ 4 milhões correspondentes aos recursos próprios da administração municipal.

Esgoto

Em relação ao sistema de esgoto, a prefeitura priorizou realizações como: recuperação da estação situada no bairro Barrinha, das caixas coletoras, das estações elevatórias, de oito quilômetros da tubulação e das colunas de sustentação da rede, além da limpeza do reservatório de São Joaquim, distrito da zona rural.

Com isso, o índice de tratamento de esgoto, que no final de 2012, era zero, hoje é de 60 por cento, segundo levantamentos oficiais, divulgados pela FIRJAN (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro).


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document