quinta-feira, 13 de maio de 2021 - 02:45 h

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Em menos de uma hora, vacina contra febre amarela acaba em Volta Redonda

Em menos de uma hora, vacina contra febre amarela acaba em Volta Redonda

Matéria publicada em 26 de janeiro de 2017, 12:05 horas

 


As 150 doses que foram disponibilizadas para aplicação nesta terça esgotaram; na próxima semana mais 150 doses vão ser aplicadas

Volta Redonda- Em menos de uma hora as 150 doses diárias da vacina contra a febre amarela acabaram na manhã desta quinta-feira (26) na Unidade Básica de Saúde no bairro Jardim Paraíba. Mais de 200 pessoas, de acordo com a unidade, fizeram fila para receber a vacina e muitos voltaram para casa sem a imunização. Na próxima terça-feira, dia 31, haverá nova etapa da vacinação com aplicação de 150 doses novamente. Segundo a secretaria, serão disponibilizadas, por semana, 300 doses. A aplicação ocorrerá sempre às terças e quintas-feiras.

É importante informar aos internautas que estão sendo distribuídas senhas, a partir das 7h da manhã, a aplicação da vacina começa às 8h. Os idosos com mais de 60 anos devem levar a autorização médica para receber a dose, sem esse documento não é possível se imunizar, devido aos efeitos colaterais da vacinação.

Adultos devem levar o cartão de vacina e a identidade, caso não tenha o cartão de vacina somente a identidade. A imunização é realizada a partir de 9 meses de idade. Gestantes, lactantes, pessoas com lúpus, HIV, câncer, em tratamento de quimioterapia e transplantados de medula não podem se vacinar. Alérgicos graves a gelatina e ovo também devem evitar a vacinação.

Rio faz bloqueio em municípios na divisa com Minas Gerais

A Secretaria de Estado de Saúde apresentou na manhã desta quinta-feira (26) um planejamento para a ação de vacinação contra a febre amarela. Classificada pelo secretário de saúde do Rio, Luiz Antônio Teixeira Júnior, como “cinturão de bloqueio”, a vacinação será realizada em municípios das regiões noroeste, norte, centro sul e região serrana do estado, isto é, que fazem divisa com Minas Gerais. O estado mineiro e já registra 32 mortes pela doença.

O secretário revelou que foram encomendadas 350 mil doses da vacina contra a febre amarela, das quais 200 mil serão destinadas aos municípios alvo da campanha. As demais doses servirão como reabastecimento para outros municípios do Rio, como aqueles da região metropolitana, que já sofrem com falta da medicação. O secretário adiantou também que mais vacinas foram solicitadas ao Ministério da Saúde.

– Protocolei este pedido ontem e já tive uma resposta positiva do Ministério. O centro de distribuição deles é justamente aqui no Rio então isso facilita a operação de receber essas vacinas – disse ele ao apelar para que apenas quem vai viajar para cidades consideradas áreas de risco ou pessoas que moram próximas desses municípios procurem os postos.

– É importante frisar para a população que não é todo mundo que deve ser vacinado. Apenas quem viajará até Minas Gerais, com um prazo de 10 dias antes, e quem mora nas regiões de divisa. Quem não se encaixar nesses critérios pedimos que, por favor, não façam uso da medicação, pois pode acabar retirando de quem realmente precisa – disse.

De acordo com Teixeira Júnior, a campanha de vacinação deverá começar no próximo sábado (28) e, em algumas cidades, na próxima segunda (30).

– Algumas delas ainda não conseguiram receber as vacinas, já que o transporte e armazenamento são muito delicados. É necessária uma câmara fria para estocá-las, por exemplo. Em contrapartida, algumas regiões já estão com tudo pronto. Esperamos que nos próximos dias tudo se acerte para começarmos a campanha – falou.

O subsecretário de Vigilância em Saúde, Alexandre Chieppe, informou que os postos de saúde da região metropolitana do Rio que estão com pouco estoque da vacina devem estar totalmente reabastecidos, no máximo, até amanhã. Chieppe acrescentou que três municípios que fazem divisa com Minas receberão a vacinação apenas para a área rural.

– Itaperuna, Três Rios e Campos não terão sua população urbana vacinada. Constatamos que não havia essa necessidade. Então já pedimos aos prefeitos e secretários de saúde dessas cidades que conscientizem os moradores rurais, como donos de sítio, por exemplo, sobre a necessidade e importância de se protegerem. É um trabalho em conjunto de todos nós – comentou.

A Secretaria Estadual de Saúde acrescenta que gestantes, idosos e crianças menores de nove meses, além de pessoas com alergia a algum componente da vacina e alergia a ovos e derivados não podem se vacinar. Também não podem aquelas pessoas que realizam terapias imunossupressoras, portadores de doenças autoimunes, transplantados de medula óssea, pacientes com histórico de doença do Timo e com doenças neurológicas de natureza desmielinizante, como Síndrome de Guillan Barrè.

A febre amarela é transmitida pelo mosquito Haemagogus sabeths e apresenta como principais sintomas a febre alta, calafrios, cansaço, dores de cabeça e musculares, náuseas e vômitos que duram, em média, três dias. Nas formas mais graves da doença pode ocorrer icterícia, isto é, olhos e pele amarelados, além de insuficiências hepática e renal, manifestações hemorrágicas e cansaço intenso.

 

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

27 comentários

  1. Avatar
    Meu nome é Zé Pequeno!

    Cadê a vacina da HPV Prefeitura Municipal de Resende?

  2. Avatar
    Meu nome é Zé Pequeno!

    Enquanto isso em Resende, moradores dos estados de SP e MG estão indo vacinar no único Posto de Saúde da cidade enquanto nós contribuintes dos cofres municipais temos que lutar para nos vacinar (penso que a Prefeitura deve priorizar os seus habitantes primeiro havendo disponibilidade para cidadãos de outros munícipios tudo bem),ora não tem senha, depois passa a exigir senha, não tem Guarda Municipal para organizar a fila,poucos colaboradores para atender a grande fila que tem se formado na porta e vacinar, não separam as pessoas de modo que impeça os espertos” de entrarem na fila de outras vacinas e que na recepção passam para a fila da Febre Amarela, os gestores fingem que não sabem de nada,etc

  3. Avatar

    A primeira remessa deve ter ido para as pessoas do alto escalão. Será que Neto colocou as tubulações programadas para estourar a validade no início 2017 com o novo prefeito?

    • Avatar

      Se o Neto fez os canos estourarem ele ganha do Mr M , do David Coperfield…
      Isso que é poder….
      Deu até medo.
      Força do pensamento deixa Yoda no chinelo.

  4. Avatar

    Uma doença que assim como a dengue, já tinha sido erradicada na década de 40/50.
    Erradicada com tecnologia bem inferior a atual. Isso mostra a incompetência do nossos governantes.

  5. Avatar

    Volta Redonda cada vez pior sem agua e sem vacina e que falar da gente aqui kkkk Barra Mansa é foda falta nd td sobre controle chupa VR

    • Avatar

      jonas marins curtiu seu comentario

    • Avatar

      É que vcs são acomodados. Reclamam, mas não por muito tempo e nem onde devem. Por fim, acabam se contentando com pouco e até gostando da vidinha medíocre. Não à toa são chamados barramansuínos… Barra Mansa não é melhor que VR em absolutamente NADA, nem na educação, pelo que pode-se depreender do nível dos comentaristas capivarinos…

  6. Avatar

    Já no meio urbano, a transmissão se dá através do mosquito Aedes aegypti (o mesmo da dengue). A infecção acontece quando uma pessoa que nunca tenha contraído a febre amarela ou tomado a vacina contra ela circula em áreas florestais e é picada por um mosquito infectado. Ao contrair a doença, a pessoa pode se tornar fonte de infecção para o Aedes aegypti no meio urbano.Como Volta Redonda tem Aedes aegypti aos montes o alfatah vai pegar febre amarela sem ter saído do lugar para passear…

  7. Avatar

    Os sintomas iniciais da febre amarela incluem febre de início súbito calafrios, dor de cabeça, dores nas costas, dores no corpo em geral, náuseas e vômitos, fadiga e fraqueza. O Ministério da Saúde recomenda às pessoas que residem ou viajam para regiões silvestres, rurais ou de mata, que são Áreas com Recomendação da Vacina contra febre amarela, a vacinação contra a doença. Os meses de dezembro a maio são o período de maior número de casos com transmissão considerada possível em grande parte do Brasil.

  8. Avatar

    Se o sujeito vai passar o carnaval lá no caixa-prego, onde há epidemia de febre amarela, não é problema da prefeitura de VR. Quem quiser que pague ou assuma o risco! Aliás, como diz a música, a vida é sempre um risco…

    • Avatar

      Estão pedindo para vacinar todos que vão para minas, só que não tem vacina para isso.
      No ciclo silvestre, em áreas florestais, o vetor da febre amarela é principalmente o mosquito Haemagogus. Já no meio urbano, a transmissão se dá através do mosquito Aedes aegypti (o mesmo da dengue). A infecção acontece quando uma pessoa que nunca tenha contraído a febre amarela ou tomado a vacina contra ela circula em áreas florestais e é picada por um mosquito infectado. Ao contrair a doença, a pessoa pode se tornar fonte de infecção para o Aedes aegypti no meio urbano. Então quem está em VR poderá ter febre amarela, pois o mosquito daqui ao picar uma pessoa infectada transmitirá a doença.

    • Avatar

      Abre o olho Alfatah, tá precisando se o informar antes de replicar.

  9. Avatar

    Tem muita gente em Volta Redonda que vai passar carnaval em Minas, já que muitos tem parentes lá, cadê vacina para essa gente toda…
    Minas tem roça, floresta conta com mosquito silvestre.
    Como é que vamos passar o carnaval no interior de Minas se não tem vacina aqui pra tomar…

  10. Avatar

    Aí DV, será que vcs vão me sensurar novamente por falar a verdade, como um município de mais de duzentas e.sessenta mil pessoas que pagam impostos não tem vacina pra todo mundo? KD o prefeito sabe tudo e sua equipe (in) competente? Será que vão esperar a tragédia chegar pra tomar providências?

    • Avatar

      O Brasil tem mais de 200 milhões de habitantes. Será que há mais de 200 milhões de doses de vacina?… Será que todas as cidades da região e do estado estão vacinando? VR está tendo surto de febre amarela?… Responda ao menos uma questão, se for capaz…

  11. Avatar

    Estão criando um caos. A febre amarela silvestre do é transmitida pelo mosquito Haemagogus. O Aedes aegypti não é um bom transmissor. Portanto, o governo deveria se concentrar nos locais endêmicos. Igual em filme americano com exército ajudando na imunização. A vacina as vezes tem efeitos colaterais desagradáveis. Um país desorganizado que não tem estratégias de combate a doenças deixa sua população desinformada e com medo.

  12. Avatar

    Barra mansa e so 100 vacinas

  13. Avatar

    Tem muita gente em Volta Redonda que vai passar carnaval em Minas, já que muitos tem parentes lá, cadê vacina para essa gente toda…

  14. Avatar

    Só uma perguntinha: Cadê o papis retis ?

  15. Avatar

    Que pobreza uma cidade com mais de 200.000 habitantes 150 vacinas por vez.
    Se são 300 vacinas e tinham 200 porque não vacinaram os 200?Ou seja 50 ficaram na fila e não foram vacinados.

  16. Avatar

    Volta redonda so tem 150 habitantes?

  17. Avatar

    Isso tudo é medo do Gigante do Vale, deu até febre na galera do voltinha redonda

Untitled Document