Enel prepara força-tarefa para combater ‘gatos’ em Angra

Concessionária inspecionará a estrutura dos cabos nos postes, além de retirar fios e equipamentos de empresas provedoras de serviços de telefonia e internet que se encontram irregulares

by ana Calderone

Angra dos Reis – Crime, perigo e prejuízo. Para tentar reduzir os impactos causados pelos ‘gatos’ – furto de energia -, a Enel Distribuição Rio inicia no dia 1º de agosto, ações de fiscalização e regularização na fiação de telecomunicação de postes da companhia em Angra dos Reis. O objetivo da iniciativa é inspecionar a estrutura dos cabos nos postes, além de retirar fios e equipamentos de empresas provedoras de serviços de telefonia e internet que se encontram irregulares.

De acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), os ‘gatos’ dão cerca de R$ 8,1 bilhões em prejuízo. Como o custo do furto de energia é repassado aos consumidores, as tarifas poderiam ser de até 18% menores. Além de combater irregularidades e reluzir o risco de acidentes, a regularização também tem o objetivo de diminuir o impacto visual causado pelo excesso de cabos. As ações serão realizadas nas seguintes vias do município: Alameda dos Gaviões, Avenida Francisco Magalhães de Castro, Estrada Angra Getulândia, Estrada Santa Rita, Avenida Francisco Magalhães de Castro, Rua Bela Vista, Rua Francisco Alves de Lima, Rua Getúlio Vargas, Rua Japoranga, Rua Santa Bárbara.

As inspeções são fundamentais para garantir que o compartilhamento de postes seja feito de forma ordenada. “Todas as empresas de telecomunicação são previamente notificadas sobre essas ações de regularização, bem como a respeito das normas técnicas para uso e compartilhamento de postes.  Ainda assim, infelizmente, muitas empresas insistem em não cumprir as normas técnicas e acabam sobrecarregando os postes. Essa prática é muito nociva para a segurança dos clientes e o fornecimento de energia”, ressaltou Fabiana Susana Passos, responsável operacional da área de Compartilhamento.

Plano de ocupação

De acordo com as Resoluções conjuntas 001/1999 e 004/2014 das agências reguladoras do setor elétrico e do setor de telecomunicações (Aneel e Anatel), que tratam do compartilhamento de postes, as empresas que utilizam as estruturas devem seguir o plano de ocupação e as normas técnicas da distribuidora de energia local. O compartilhamento é o uso de uma mesma infraestrutura simultaneamente para as redes de distribuição aérea de energia e de telecomunicações. A gestão, nesse caso, é feita pela empresa titular do poste e o serviço se dá por meio de um contrato de aluguel.

Redução da poluição visual

A concessionária realiza há mais de um ano ações de regularização na fiação de telecomunicação dos postes em sua área de concessão. A iniciativa integra as atividades regulares do plano de fiscalização da empresa, previsto para toda área de concessão. Além de combater irregularidades e reluzir o risco de acidentes, a regularização também tem o objetivo de diminuir o impacto visual causado pelo excesso de cabos. Para fazer denúncias sobre uma fiação irregular ou para saber se uma empresa está cadastrada, o cliente pode entrar em contato como a companhia pelo 0800 280 2375 ou pelo e-mail [email protected].

You may also like

Leave a Comment

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas
.

Image partner – depositphotos

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996