ENEM: Ações de colégios da rede estadual ajudam a melhorar desempenho, diz Secretaria

Aluna de Valença conquista nota 1000 na prova de redação graças a programa de imersão

by Agatha Amorim

Sul Fluminense – Um levantamento aponta que a distância entre o desempenho de escolas públicas e privadas no Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) está caindo. Na nota da redação, por exemplo, a diferença entre as redes, que já foi de 68% em 2018, despencou para 35% em 2022, último ano com dados disponíveis.  A melhora no exame nacional é resultado de uma série de ações especiais realizadas pelas escolas da rede estadual do Rio de Janeiro, como os projetos ‘Imersão no Enem’, ‘Foco no Enem’ e ‘Enem na Escola’.

“Com certeza, ações desenvolvidas por toda a equipe pedagógica na rede estadual têm feito a grande diferença na formação de nossos alunos. Estamos incentivando diversas atividades preparatórias nas escolas. Esse aumento é fruto de um trabalho do Governo do Estado e da Secretaria de Educação. A missão da Secretaria de Estado de Educação é encontrar mecanismos que busquem sempre oferecer uma educação pública de qualidade para toda a comunidade escolar”, comentou a secretária de Estado de Educação, Roberta Barreto.

Para as análises de desempenho, foram utilizadas as escolas que realizaram o Enem nos cinco anos consecutivos, de 2018 a 2022. Nessa amostragem, estão três mil escolas privadas e dez mil públicas. É importante ressaltar que essa distância caiu mesmo com um aumento de performance da rede privada. Os dados mostram que os alunos de escolas particulares passaram de 644 pontos, em 2018, para 747, em 2022. Já os da pública subiram em ritmo mais avançado, de 382 para 553.

 

Nota 1000

Os bons resultados da rede se mantêm como, por exemplo, o excelente desempenho da jovem Maria Luiza Januzzi, de 17 anos, aluna do Colégio Estadual Padre Sebastião da Silva Pereira, de Valença, no Sul Fluminense. Ela conquistou a nota 1000 na prova de redação do Enem.

“Quando recebi a nota, minha primeira reação foi de surpresa. Não conseguia conceber a ideia da pontuação máxima na redação, parecia algo tão impossível. Logo depois, me emocionei demais e fiquei muito feliz e realizada por poder fazer parte disso, de representar a escola pública e incentivar os alunos da rede a sempre buscarem e correrem atrás de seus sonhos”, conta a estudante.

Ações realizadas pelas escolas da rede estadual são fundamentais para a melhoria desses resultados. Um dos grandes destaques é o trabalho feito pelo Colégio Estadual Marechal Zenóbio da Costa, em Nilópolis, na Baixada Fluminense. O projeto ‘Imersão no Enem’ promove aulões semanais para que os estudantes alcancem um bom desempenho na avaliação.

‘Foco no Enem’, uma iniciativa do Colégio Estadual Miguel Couto, de Duque de Caxias, também na Baixada Fluminense, faz com que os estudantes aprendam técnicas de redação, gêneros, variedades linguísticas, funções da linguagem e métodos de como se criar um bom texto. A ação realiza também integração entre as disciplinas de História e Sociologia. O tema semanal sugerido é abordado pelos professores e discutido até que o assunto se esgote.

Outro projeto de destaque é o ‘Enem na Escola’, realizado pelo Colégio Estadual Marechal João Baptista de Mattos, em Coelho Neto, na Zona Norte do Rio. A iniciativa vem transformando a vida de jovens e inserindo cada vez mais alunos da rede estadual em instituições públicas e privadas do país. A iniciativa, realizada desde 2013, busca garantir 100% de adesão no Enem. Como estímulo à participação no exame, o colégio proporciona passeios em cidades históricas do estado. Ao longo do projeto, são realizadas aulas, simulados e treinamentos de redação. Ainda são dadas orientações sobre os procedimentos do exame, para que o candidato fique atento às principais datas das provas.

Com iniciativas como esta, o número de inscritos no Enem da rede estadual de ensino tem crescido nos últimos anos. Na última edição, por exemplo, cresceu 16%, passando de 243 mil em 2022 para 282 mil em 2023.

You may also like

Leave a Comment

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas
.

Image partner – depositphotos

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996