Escritório da Cidadania da FOA está atendendo em novo endereço

Por Vivian Costa e Silva

Volta Redonda – O Escritório da Cidadania da Fundação Oswaldo Arranha-FOA sediará, a partir do dia 19, no prédio 10 do curso de Direito do Centro Universitário de Volta Redonda-UniFOA, bem como todos os atendimentos prestados pelo Núcleo de Práticas Jurídicas-NPJ, que agora ficou mais próximo dos alunos. A ideia é que todos os serviços oferecidos pela FOA estejam concentrados no Campus Olezio Galloti, no bairro Três Poços.

Funcionando anteriormente no Campus Universitário Porfírio José de Almeida, no bairro Aterrado, a mudança de endereço também vai facilitar o acesso de estudantes de outros cursos que já trabalham com o Escritório da Cidadania, como parte das inovações e dos novos projetos que estão abarcando nesse setor este ano.

Entre os cursos estão o de Nutrição, que está no planejamento da Cozinha Solidária, que é um food truck adaptado em um ônibus para servir refeições dignas a moradores em situação de rua e será lançado neste semestre, além de trabalho de combate à insegurança alimentar, junto ao Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional de Volta Redonda – Comsea/VR.

Os cursos das engenharias também desenvolvem trabalhos importantes no setor, mas principalmente o curso de Direito que oferece atendimento gratuito em todas as áreas, através do NPJ e ainda da Tutela Coletiva, que disponibiliza apoio jurídico para a legalização de associações de moradores e outras entidades sociais sem fins lucrativos.

A ideia de estar mais próximo dos cursos é atender melhor ao entorno do Campus Olezio Galloti, envolvendo as comunidades dos bairros Três Poços e Vila Rica, por exemplo, e dinamizar os projetos que serão colocados em prática este ano, juntamente com parceiros como as defensorias públicas da União e do Estado.

Escritório da Cidadania e o impacto social 

O Escritório da Cidadania vai continuar movimentando o atendimento itinerante, através de um importante trabalho de apoio às 53 comunidades quilombolas do Estado do Rio, junto com a Defensoria Pública da União, para desenvolver ferramentas de acesso aos direitos e deveres, devendo beneficiar mais de 10 mil pessoas, gerando um impacto social de vulto.

“O nosso objetivo é estar em Três Poços e ficar mais perto dos cursos das áreas de Saúde, Tecnologia e Sociais Aplicados no sentido de desenvolver de forma mais ágil os processos para as ações externas e internas, que gerem mais impacto social”, afirmou o advogado, professor e coordenador do Escritório da Cidadania, Dario Aragão.

Advertisement

A meta é ampliar a interdisciplinaridade dos projetos a serem desenvolvidos. “Podemos citar como exemplos o combate à insegurança alimentar, que será feito também de forma itinerante, além do projeto de Tutelas Coletivas, de forma mais eficaz para as associações, oferecendo capacitações e consultoria para o desenvolvimento dessas entidades e, para isso, precisamos estar próximos dos cursos”, finalizou Dario.

Para solicitar os serviços prestados pelo Escritório da Cidadania, basta ligar para o telefone 3340-85, ou enviar e-mail: [email protected]

Advertisement

VOCÊ PODE GOSTAR

Deixe um comentário

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996