>
domingo, 14 de agosto de 2022 - 21:33 h

TEMPO REAL

 

Capa / Destaque / Estrada Floriano x Rialto é interditada e nível do Rio Paraíba do Sul causa alagamentos

Estrada Floriano x Rialto é interditada e nível do Rio Paraíba do Sul causa alagamentos

Matéria publicada em 8 de fevereiro de 2022, 21:42 horas

 


Barra Mansa – Equipes da Defesa Civil do município seguem em estado de alerta máximo devido ao risco de alagamentos e deslizamentos causados pelas chuvas que atingem a cidade. De acordo com o monitoramento, nas últimas 12 horas os pluviômetros registraram 33,8 mm de água. O Rio Paraíba do Sul, na manhã desta terça-feira (8), registrou vazão de 823 metros cúbicos por segundo, atingindo o nível de 4,10 metros – 1,6m acima do normal. No final da tarde, a Estrada Floriano x Rialto ficou interditada.

– A estrada está úmida e o tráfego pesado de caminhões e ônibus acabou quebrando algumas manilhas, cedendo o solo. Com isso, um caminhão ficou preso, impedindo a passagem de outros veículos – revelou o secretário de Desenvolvimento Rural, Carlos Roberto de carvalho, o Beleza.
Ainda de acordo com ele, a prefeitura irá notificar a empresa que realiza testes de veículos pesados no local e realizar reparos necessários até a manhã desta quarta-feira (9).

Na segunda-feira (7), a chuva que atingiu a cidade já havia causado transtornos. No Santa Rita da Dutra os registros foram em decorrência da queda de um muro na Rua 14, que acabou atingindo dois imóveis na Rua 10, que fica abaixo.

– Nós interditamos todos os imóveis envolvidos, os moradores foram orientados a deixar as casas e como tinham locais para ficar, não precisaram ser encaminhadas para abrigo – explicou o coordenador de Defesa Civil, João Vitor da Silva Ramos.

Outro ponto de atenção das equipes da Defesa Civil é a Via Sérgio Braga. – Estamos monitorando a encosta no bairro Barbará, pois constatamos pontos de deslizamentos de terra. Os motoristas que passarem pelo local devem estar atentos. Nossa equipe também monitora a Rua K1, no Boa Vista, onde há duas áreas com risco de deslizamento – acrescentou João.

Rio Paraíba do Sul

A vazão do rio estava a 823 metros cúbicos por segundo, com nível de 4,10 metros, que gerou alagamentos no bairro Roberto Silveira e na Rua Argemiro de Paula Coutinho, no Centro, ontem.

– Não tivemos o transbordamento, a ocorrência foi de alagamento devido ao nível do rio. Como a vazão está alta, temos um retorno pela rede de água pluvial, com isso a água vem pelos bueiros e bocas de lobo. A princípio a situação nesses dois pontos não é grave, a rua não foi tomada e não atingiu os imóveis, está superficial – esclareceu o coordenador de Defesa Civil.
As equipes seguem em contato com as comunidades ribeirinhas e em caso de situações de emergência, os moradores podem acionar o órgão através dos números 199 ou (24) 3028-9370. Se alguma família ficar ilhada devido a alagamentos pode entrar em contato com o Corpo de Bombeiros através do 193.

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document