segunda-feira, 17 de janeiro de 2022 - 22:53 h

TEMPO REAL

 

Capa / Internacional / Estudante de Volta Redonda diz que escapou de ataques por sorte

Estudante de Volta Redonda diz que escapou de ataques por sorte

Matéria publicada em 14 de novembro de 2015, 18:37 horas

 


foto materia 4

Ataques: Estudante de Volta Redonda está em intercâmbio na França e comentou sobre o atentado em Paris
(Foto: Arquivo pessoal)

Os atentados terroristas em Paris, na França, durante a última sexta-feira (13) aterrorizaram a população. Os ataques aconteceram em sete pontos distintos da cidade, um deles o estádio Stade de France, localizado em Saint-Denis, ao norte da capital Paris. Uma brasileira, estudante de Volta Redonda, escapou do atentado “por sorte”. Segundo ela, sua amiga não quis acompanhá-la ao estádio. A estudante de Administração da UFF (Universidade Federal Fluminense), Gabriela Netto Souza, de 22 anos, está em intercâmbio na França desde agosto deste ano. Ela relatou ao DIÁRIO DO VALE, através de uma rede social, que iria ao Stade de France, mas voltou para casa, após a desistência de sua amiga.

– Quando eu vi a movimentação de torcedores dentro do metrô, liguei para uma amiga que estava na minha casa me esperando e disse para irmos ao jogo. A gente iria comprar de cambistas o ingresso, porque tinha muita gente vendendo. Ela não quis ir, então acabei voltando para casa – comentou, acrescentando que mora a 10 minutos do Stade de France, onde o presidente da França, François Hollande, também estava.

Gabriela Souza destacou que o clima era de festa antes do jogo, pais com crianças, cantoria, todos muito alegres seguiam para o estádio. Quando chegou à sua casa, seu celular não parou de tocar, eram seus familiares querendo saber como a estudante estava. Ela, porém, não entendeu o motivo de tanta preocupação, pois ainda não sabia o que estava acontecendo. A estudante disse que a imprensa francesa não noticiou o momento do atentado e ficou sabendo do que estava ocorrendo através de sua família no Brasil.

– Quando cheguei em casa, alguns familiares do Brasil começaram a me ligar e enviar mensagens para saber se eu estava bem. Mas eu não estava entendendo nada, pois aqui as páginas de noticiários foram bloqueadas e os principais jornais não estavam noticiando. Eu liguei por WhatsApp para meus pais para que eles pudessem escutar a minha voz e se tranquilizassem – falou.

Bastou alguns minutos para a notícia do ataque aparecer no mundo. Segundo a brasileira, nos meios de comunicação local a informação foi passada aos poucos, os moradores demoraram a saber o que estava acontecendo. Ela acredita que isso ocorreu para não gerar pânico na população.

– Depois de uns minutos as notícias começaram a aparecer nos meios de comunicação daqui. Enquanto estava acontecendo os ataques, a imprensa local não divulgou nada, só depois que as notícias começaram a correr o mundo inteiro, que eles começaram a soltar aos poucos. Mas enquanto o Brasil falava de 40 mortos, aqui ainda estava em 18. Demorou muito para que fossemos atualizados de fato sobre o ocorrido. Acredito que bloquearam para não gerar pânico na população e tentar manter o controle das pessoas que estavam nos locais. Mas as pessoas que estavam próximas ou não dos locais, ficaram apavoradas por não saber o que estava acontecendo – salientou.

Tensão

Ainda de acordo com a estudante, o clima após o atentado é de tensão. Todos estão em alerta sem poder sair de casa. O país decretou luto e todo o comércio permanece fechado. Os moradores estão se alimentando com o que tem em casa. Segundo Gabriela, as fronteiras permanecem abertas, ao contrário do que estava sendo noticiado.

– O clima está muito tenso. Estamos em total alerta, não podemos sair de casa. Alguns metrôs não estão funcionando. A França está de luto por três dias, portanto, todas as lojas e monumentos estão fechados – revelou, acrescentando que não se sente segura e não consegue dormir a noite com medo de outro ataque.

– Não dá segurança nenhuma de sair de casa. Os lugares que foram atingidos eram locais que eu frequentava. Não dormi à noite, fui conseguir fechar os olhos eram 5h30 da manhã aqui e qualquer barulho que escutava, eu acordava com medo – falou.

A estudante não consegue imaginar o que faria se tivesse conseguido ir ao Stade de France.

– Não consigo nem imaginar o que eu faria se estivesse no estádio. Já estando próximo, o medo é imenso, é uma insegurança inexplicável, uma situação horrível – lamentou.

Apesar da insegurança que está vivendo em Paris, Gabriela disse que continuará em Saint-Denis até janeiro.

– Eu não tenho muito que fazer. Minha passagem está comprada para janeiro, minhas aulas no Brasil já começaram. Mas acredito que se houver mais algum ataque, encontrarei alguma forma de retornar – contou.

Segundo Gabriela Souza daqui duas semanas acontece em Paris a 21ª Conferência do Clima (COP 21). A França foi oficialmente nomeada país sede do evento, no qual atrairá muitas autoridades. A estudante revelou estar apreensiva devido ao terrorismo em Paris.

– Estou com muito medo porque daqui duas semanas temos a COP 21, onde teremos muito governantes, ministros, entre outras autoridades aqui em Paris. O que chama mais atenção ainda dos terroristas – finalizou.

 Por Franciele Bueno

[email protected]

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

28 comentários

  1. Me poupe garotinha dessa historinha… Escapou quem estava no meio do fogo cruzado, quem teve que se esconder de tiros, fingir de morte, vai ler as noticias e verá quem realmente escapou por sorte…

  2. Os russos e os franceses intensificaram os bombardeios em Raqqa, que é considerada a capital do Estado Islâmico.

    No caso dos franceses houve o terceiro bombardeio em três dias, que teria destruído um posto de comando e um centro de treinamento.

    E a França promete aumentar ainda mais a ofensiva: o porta-aviões Charles de Gaulle parte na quinta-feira (19) de Toulon, em direção ao Oriente Médio com mais 36 caças.

    http://g1.globo.com/hora1/noticia/2015/11/franca-e-russia-intensificam-ataques-em-redutos-do-estado-islamico.html

    E TI PERGUNTO A COITADINHA FRANÇA CHORA A MORTE DE UNS FRANCES.

    MAIS NO OUTRO DIA ATACA UMA CIDADE NÃO QUERENDO SABER SE ESTA MATANDO INOCENTES OU NÃO.

    VOCÊ APÓIA ISTO AINDA.

    E O VELHO DITADO DENTE POR DENTE OLHO POR OLHO.

    • E você??? Apóia loucos que fazem a cabeça de adolescentes para serem guerrilheiros impiedosos e cruéis? Tomam cidades e estupram as mulheres? Vende-as junto com seus filhos como escravos? Roubam petróleo nas invasões e os revendem ao mercado negro por 1/3 financiando assim sua pseudo luta leal? Etc… Etc… Etc??? Queremos um mundo justo onde pensamentos sejam respeitados, direito a religião que quisermos, ir e vir!

    • Diário do Vale… Certos comentários favoráveis ao ISIS não deveriam ser publicados! Liberdade de expressão tem limites.

  3. essa menina estava em casa, ela ta é querendo aparecer na mídia! fofoca das brabas!

  4. IRAM tbm foi doído.

  5. Como assim escapou por sorte??? Fala sério….

  6. Ei, abordemos os atentados em Paris… com os atentados à Gramática já estamos acostumados.

  7. Kkkkkkkkkkkkkkkkkk dv por favor publique isto ai.

    Falando em Gramática

    Opnião
    15 de novembro de 2015 em 12:43

    Deve ser letal… “BOMBA A TÔNICA” já destruiu a gramática! Quanto sua demonstração de apreço ao ataque, favor ministério público ficar de olho para em breve o ódio não tomar conta destas terras.

    Professor mais ministério publico não e um nome e como tal não deve iniciar com letra maiúscula “Ministério Público”.

    Professor não falta uma virgula ai não?

    O seja favor ministério publico ficar de olho , para em breve o ódio não tomar conta desta terras.

    Professor breve “O que é breve: adj. Que dura pouco: existência breve. Curto. Pequeno, pouco extenso: breve espaço”, não ficaria melhor o senhor ter colocado “Futuramente”.

    Professor o senhor falou destas terras, desta o senhor professor já não mencionou uma somente?

    Mais não entendi então o senhor professor ter colocado terras (que são varias)

    Como professor o senhor colocou tomar conta destas terras.

    ———————————————————————————————————-

    Ao zé brega
    16 de novembro de 2015 em 17:53

    1º Ao iniciar um parágrafo letra maiúscula. não…………………………..
    2º Ao termino de idiotice um ponto confira seu, sua professora que ao iniciar outra frase deve se começar com letra maiúscula “Associada ……………………
    3º Falando em gramática, corruptos não tem PT em maiúsculo.

    não há limite para a idiotice. associada ao analfabetismo, temos a mistura perfeita para o surgimento de um ativista. você deve admirar os corruPTos!

    ———————————————————————————————————-

    Minha intenção e passar a mensagem, você leu então consegui o que queria e pronto.

    • Maurício (em minúsculo pq é o que Vc demonstra pregando o ódio) levou todos estes dias para conseguir um professor para corrigir nossas mensagens e publicar somente hoje??? Paspalho.

  8. Exato Mauricio, vale lembrar que quem financia os rebeldes na Síria são a Arábia Saudita, EUA, França e etc são à favor que os rebeldes derrubem o regime de Damasco. Não é possível que os EUA e a ONU não consigam acabar com os jihadistas?? É TUDO INTERESSE! Enquanto isso mais de 200.000 civis mortos, sabe Deus quantas crianças. E a Europa assistindo tudo de camarote. O pior ainda está por vir.. já são mais de 800.000 refugiados que entraram na Europa. Pra quem não sabe A Síria é aliada do IRÃ que tem como inimigo declarado dos EUA. Ta aí o motivo do TIO SAM não acabar com os rebeldes e deixar que os Sírios se ferrem.. Assim como acontece na palestina e demais povos..

  9. E triste o que estamos vendo nestes dias, porem quero destacar que uma bomba (represa da mineradora) explodiu em Mariana/MG fazendo um estrago tão grande ou maior que na França. Seriam também terroristas?

    • E triste o que estamos vendo nestes dias, porem quero destacar que uma bomba (represa da mineradora) explodiu em Mariana/MG fazendo um estrago tão grande ou maior que na França. Seriam também terroristas?

  10. É TRISTE VER ESSAS COISAS INOCENTES PAGANDO PELA CULPA DE SEUS LIDERES, QUE SÓ VISA PODER E MAS PODER E RIQUEZAS , QUANTAS PESSOAS FALAM MAL DO BRASIL INCLUSIVE MUITOS DE SEUS PRÓPRIOS FILHOS, QUE TERRA BOA ABENÇOADA, NOS TEMOS, VIVEMOS NA PAZ . ÓDIO GERA ÓDIO,NADA JUSTIFICA ISSO, PORÉM O QUE ESSES PAISES QUEREM E FAZEM SÃO VERDADEIROS MASSACRES, QUANTAS VEZES PODEMOS VER EM JORNAIS E INTERNET AS CIDADES DEVASTADAS PELO MUNDO A FORA E TUDO FALAM EM NOME DO COMBATE AO TERRORISMO, QUANTOS INOCENTES MORREM NESSA GUERRA , PORQUE PRA PEGAR UM TERRORISTA DESTRÓI SE CIDADES INTEIRAS , ESPALHANDO ÓDIO E DESTRUIÇÃO, AGORA FICAM AMEDRONTADOS, E QUEM PAGA A CONTA COMO SEMPRE É A COITADA DA POPULAÇÃO PORQUE QUEM GEROU ESSE ÓDIO TODO FICA SEMPRE PROTEGIDO PELOS SEUS EXÉCITOS E A PUPULAÇÃO A MERCE DESSES LOUCOS.
    BRASIL SE AQUI NOSSOS POLITICOS OLHASSEM PELA POPULAÇÃO NÃO TERIAM LUGAR MELHOR PRA VIVER. DEUS ABENÇOES AS NAÇÕES DO MUNDO, ISSO É A FALTA DO AMOR DE DEUS EM SUAS VIDAS.

    “EU VIM PARA QUE TENHAM VIDA , E A TENHAM EM ABUNDÂNCIA.
    JOÃO 10,10” ESSA É A VONTADE DE DEUS. PAZ E AMOR AO PRÓXIMO.

  11. Os atentados foram fora do estadio e o jogo já havia começado como assim escapou por sorte? Ninguem dentro do estádio foi atingido. Como diz o comentário anterior quer aparecer.

    • e para entrar no estádio cabeção ela chega de helicopetero ?

    • Acho que vou ter que digitar tudo novamente pq esse Tim é orelhudo, presta atenção se ela ía ao jogo e não foi quero saber onde esta a sorte aí então eu tambem tive sorte pq a bomba foi na França e não aqui no Brasil? No momento que a bomba explodiu quem estava no estadio nada aconteceu

  12. Coxinha de cidade-operária

    Vamos combinar, já foi exclusividade de bacana fazer intercâmbio no exterior. Hoje, bem planejado e parcelado, é fácil e a custos acessíveis. Há milhares de intercambistas brasileiros mundo afora. Consulte uma agência e constate…

  13. Nossa!!! Na França tem cambista? Será que os coxinhas vão protestar?

    • Os brasileiro acham que tudo aqui é coisa de terceiro mundo, devem achar cambista na Europa muito chique. Os antis piram kkkkkkkkkkkkk

    • Pois é, eu tbm piro com esses brasileiros doutrinados a americanizados, zumbis ou amebas.

      Aqui não andam de ônibus ou de bicicleta por acharem brega e arrumam um monte de desculpas, mas vão para lá e se em mostram orgulhosamente que estão dentro de um ônibus ou andando de bicicleta.

      A psicologia ou a sociologia precisa explicar essas atitudes “desses” brasileiros.

  14. Liberdade e Propriedade

    Quer aparecer.

  15. BRASILEIRO ADORA SO A LAMENTAR MORTES DE GENTE RICA, A VERDADE E ESTA.

    MAIS PORQUE NÃO MENCIONA AS MORTES PRATICADAS ATE OS DIAS DE HOJE NA FAIXA DE GAZA, JÁ FORAM 2.671 CRIANÇAS MORTAS MUÇULMANAS E NINGUÉM FALA NADA, SABE PORQUE ATE ENTÃO ESTÃO MATANDO MISERÁVEIS, CADE A UNICEF, A PRÓPRIA ONU JÁ CLASSIFICOU COMO CRIME DE GUERRA ESTES ATAQUES FEITOS POR ISRAEL, APOIADO PELA INGLATERRA E A FRANÇA, A IMPRENSA NÃO FALA PORQUE FIZERAM ESTES ATAQUES, SABE PORQUE? PORQUE O GOVERNO FRANCÊS APOIA COM DINHEIRO JUNTAMENTE COM USA, E INGLATERRA A ISRAEL AOS ATAQUES NA FAIXA DE GAZA, ISTO VOCÊ NÃO VER NA TELEVISÃO.

    BELO ATAQUE TEM QUE SER ASSIM MESMO, SE VOCÊ MATAR MINHAS CRIANCINHAS ME DAR O DIREITO DE MATAR TAMBÉM AS SUAS.

    BEM FAZ O IRAM ESTA FAZENDO UMA BOMBA A TÔNICA JUNTAMENTE COM A CHINA E RÚSSIA.

    PARABÉNS PELO ATAQUE

    • Deve ser letal… “BOMBA A TÔNICA” já destruiu a gramática! Quanto sua demonstração de apreço ao ataque, favor ministério público ficar de olho para em breve o ódio não tomar conta destas terras.

    • Parabéns pela idiotice.

    • não há limite para a idiotice. associada ao analfabetismo, temos a mistura perfeita para o surgimento de um ativista. você deve admirar os corruPTos!

    • Calma, gente! Deixem-no colocar o seu pensamento do jeito que sabe.

      Só não erra quem não faz.

      É melhor ele aqui do que sendo omisso como muitos que foram obrigados a ficarem calados devido as palmadas da infância e são calados até hoje. Eu não leio escritos em maiúsculos, porém lendo Vcs imagino que entenderam, e isto basta.

Untitled Document