>
segunda-feira, 23 de maio de 2022 - 17:51 h

TEMPO REAL

 

Capa / Internacional / EUA e Turquia querem criar área segura e livre de jihadistas

EUA e Turquia querem criar área segura e livre de jihadistas

Matéria publicada em 27 de julho de 2015, 19:09 horas

 


Washington – Os Estados Unidos e a Turquia decidiram ampliar a cooperação militar com o objetivo de erradicar o grupo Estado Islâmico (EI) do Norte da Síria, e criar uma zona “livre” e “segura” ao longo da fronteira turca-síria.

“O objetivo é estabelecer uma zona livre do EI e melhorar a segurança e a estabilidade ao longo da fronteira entre a Turquia e a Síria”, afirmou, à agência francesa AFP, um responsável militar norte-americano, à margem da visita oficial do presidente norte-americano, Barack Obama, à Etiópia.

A mesma fonte disse que as duas partes “continuam a trabalhar” sobre os detalhes deste plano.

O responsável adiantou, no entanto, que “qualquer esforço militar conjunto não irá incluir a imposição de uma zona de exclusão aérea”, uma exigência antiga de Ancara.

Fontes turcas e norte-americanas citadas hoje pelo jornal The Washington Post explicaram que os planos de Ancara e de Washington consistem na criação, com recurso a ataques aéreos, de uma zona livre de jihadistas que irá abranger mais de 100 quilômetros da fronteira turca-síria e cerca de 65 quilômetros para o interior do território sírio.

Esta zona segura irá estender-se para o norte da província de Alepo, entre as localidades de Azaz e Jarabulus, uma região controlada em grande parte pelos combatentes do EI e palco de confrontos com as forças curdas e grupos rebeldes sírios.

A Turquia pretende que esta zona seja um refúgio seguro para os cerca de 2 milhões de refugiados sírios que fugiram da guerra civil síria através da fronteira turca.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document