terça-feira, 27 de outubro de 2020 - 00:14 h

TEMPO REAL

 

Capa / Internacional / Eurodeputados virão ao Brasil avaliar situação de venezuelanos

Eurodeputados virão ao Brasil avaliar situação de venezuelanos

Matéria publicada em 25 de junho de 2018, 08:57 horas

 


Uma delegação do Parlamento Europeu (PE), composta por sete eurodeputados, vai ao Brasil e à Colômbia nesta segunda-feira (25) para avaliar a situação humanitária nas fronteiras com a Venezuela. O eurodeputado português Francisco Assis, que vai liderar a visita ao Brasil entre os dias 25 e 29 de junho.

– A delegação do Parlamento Europeu vai assistir à cerimônia de entrega de uma ajuda no valor de 5 milhões de euros ao estado brasileiro. Se, porventura, identificar que há necessidade de uma ajuda maior, havendo disponibilidade da União Europeia para situações desta natureza, certamente será dado este apoio – afirmou Assis, que também é presidente da delegação do PE para as relações com o Mercosul.

Ele explicou que o objetivo da viagem ao Brasil é visitar os campos de refugiados de venezuelanos que, por razões diversas, nos últimos meses deixaram o país e passaram para o outro lado da fronteira. “Nós temos conhecimento que em Roraima, em particular, há muitos venezuelanos, muitos deles estão nesses refúgios criados pelas autoridades brasileiras, a maior parte deles em Boa Vista e muitos em Pacaraima, cidade que fica na fronteira com a Venezuela. Nossa missão é perceber qual é a situação em que as pessoas se encontram e sensibilizar a União Europeia para prestar apoio ao estado brasileiro, que está acolhendo os refugiados”.

Cerca de dois milhões de venezuelanos abandonaram seus lares desde 2005. Segundo a Agência da Organização das Nações Unidas (ONU) para os Refugiados (Acnur), mais de 60% estão atualmente em situação irregular. A Colômbia acolhe o maior número de migrantes venezuelanos, mais de 800 mil pessoas. O Brasil, que recebeu até o momento cerca de 50 mil venezuelanos refugiados, terá uma ajuda financeira da União Europeia de 5 milhões de euros.

O eurodeputado se referiu à crise política, econômica e social na Venezuela, que enfrenta escassez de produtos alimentares e medicamentos, além do desemprego. E afirmou que o Parlamento aprovou várias recomendações ao país nos últimos anos.

A delegação vai visitar os postos fronteiriços e se reunir com as autoridades nacionais, regionais e locais, bem como com organizações internacionais e organizações não governamentais que prestam assistência aos venezuelanos.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. Avatar

    olha o dinheiro para as eleições chegando ,o natal dos políticos vai ser reforçado.

  2. Avatar

    O que dizer do criminoso do Ciro Gomes que acha a Venezuela um modelo de país para o Brasil?!
    Como diria o jornalista Boris Casoy: “Isso é uma vergonha!”…

    • Avatar

      Por…. vc de novo ? Vá jogar dama, vispora, dominó.. Vá se divertir, arrumar o q fazer, distrair a mente, tu deves ser tão mala q só o DV p ti aturar.kkkkkkkkk

Untitled Document