terça-feira, 19 de outubro de 2021 - 09:07 h

TEMPO REAL

 

Capa / Plantão da redação / Exames de imagem é um dos investimentos em tecnologia feitos na Santa Casa de Resende

Exames de imagem é um dos investimentos em tecnologia feitos na Santa Casa de Resende

Matéria publicada em 28 de agosto de 2021, 08:01 horas

 


Antes do reforço aos serviços de radiologia, em 2020, a Santa Casa contava apenas com serviço de raio-x convencional – Foto: Raimundo Brasil(PMR).

Resende- Ao completar um ano oferecendo serviço de imagens, aos poucos, o aspecto de abandono e precariedade deram lugar à modernidade e conforto para pacientes e profissionais.

Desde o ano de 2017, diversas transformações e melhorias aconteceram na estrutura da Nova Santa Casa de Resende e uma das novidades no ano de 2020, foi o serviço de imagem, que se tornou robusto e mais preparado para diagnosticar doenças precocemente, salvando vidas.

Antes do reforço aos serviços de radiologia, em 2020, a Santa Casa contava apenas com serviço de raio-x convencional, que apresentava diversos pontos de desvantagem em relação ao raio-x digital. O antigo equipamento fazia com que a unidade produzisse uma grande quantidade de filmes de raio-x para descarte ou armazenamento. Outro fator que causava incômodo na unidade era a repetição de exames com falhas.

– Os novos aparelhos tecnológicos que passaram a fazer parte da realidade da Santa Casa significaram mais sustentabilidade, precisão, qualidade nos processos, redução de custos, otimização de tempo, humanização e segurança do paciente e profissional. Como impacto, houve redução do tempo de espera de resultados, mudando também o tempo de espera de agendamento de exames. O benefício se aplica a todos os tipos de exames de imagem – explicou o secretário municipal de Saúde, Tande Vieira.

Os resultados do primeiro ano de disponibilidade do serviço, que vai além dos exames convencionais, podem ser conferidos em números. Em um ano, os serviços de imagem da Santa Casa realizaram 1.724 exames de mamografia, 2.127 exames de ultrassonografia, 5.303 tomografias computadorizadas e cerca de 10.800 exames de raio-x.

– Sabe-se que quanto mais precoce o diagnóstico, maiores são as chances de recuperação do paciente, daí a importância desse tipo de exame, que devido à sua precisão, pode adiantar o tempo do tratamento e de cura. É necessário também que o profissional que o realiza, seja muito bem preparado e tenha conhecimentos de anatomia, fisiologia, radiologia, entre outros – frisou o prefeito Diogo Balieiro Diniz.

Em 2016, a gestão municipal assumiu a administração da Santa Casa. A partir de 2017, no início da atual gestão, a estrutura passou por diversas melhorias e grandes obras que tornaram a unidade, aos poucos, uma verdadeira referência para as Santas Casas de todo o país. “Saúde é prioridade em Resende e vai continuar sendo. É uma diferença enorme de 2017 até hoje, mas ainda há muito a ser feito”, completou o prefeito.

 

 

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document