>
domingo, 3 de julho de 2022 - 03:44 h

TEMPO REAL

 

Capa / Plantão da redação / Fábrica Peugeot-Citroën em Porto Real retornará com atividades na próxima segunda-feira

Fábrica Peugeot-Citroën em Porto Real retornará com atividades na próxima segunda-feira

Matéria publicada em 17 de junho de 2020, 17:29 horas

 


Porto Real – O Grupo PSA anunciou que a fábrica da Peugeot-Citroën retornará com suas atividades a partir da próxima segunda-feira (22), em Porto Real. O comunicado que foi publicado nesta quarta-feira (17), diz que o retorno será gradual e que medidas de proteção estão sendo implementadas. A produção na fábrica foi paralisada no mês de março por conta da pandemia da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

Jean Mouro, vice-presidente sênior de operações Monozukuri América Latina do Grupo PSA, declarou que a proteção e o bem-estar de dos colaboradores e de suas famílias continuam sendo as prioridades no gerenciamento das operações.

– O Protocolo Reforçado de Medidas de Proteção implementado em nosso Polo Industrial Brasil, em Porto Real, e em todas nossas unidades, propicia um alto nível de proteção para nossos colaboradores e é o primeiro critério analisado ao reiniciarmos as operações em nossas unidades de produção. Como a atividade da manufatura é impulsionada pela comercial, que é o nosso segundo critério, estamos reiniciando de forma gradual e segura nosso sistema industrial para fabricar os veículos desejados por nossos clientes. Esses dois critérios guiarão nossas decisões nas próximas semanas e meses – destacou.

Itamar de Souza, diretor do Polo Industrial Brasil do Grupo PSA, disse que desde a interrupção da produção em Porto Real, foi implementado um protocolo de saúde reforçado na unidade, com o apoio do serviço médico e em estreita colaboração com os parceiros sociais.

– Graças a esse esforço coletivo, validado por uma auditoria realizada no local, poderemos retomar a fabricação de veículos e motores nesta unidade de maneira gradual e segura – concluiu.

Protocolo

Durante o período de interrupção de suas atividades de produção, o Grupo PSA implantou um Protocolo Reforçado de Medidas de Proteção adaptado ao contexto de cada unidade industrial, comercial, terciária e de P&D. Desenvolvido com os serviços de saúde, esse protocolo foi compartilhado com organizações sindicais representativas e foi submetido a auditorias sistemáticas.

As chamadas “patrulhas da saúde” serão responsáveis ​​pela verificação diária da aplicação de medidas e de ações de proteção nas unidades e pela implementação de ações corretivas, se necessário.

O grupo destaca que a retomada gradual e segura da produção da unidade de Porto Real deverá ocorrer a partir do próximo dia 23 de junho, dependendo da situação do país no momento.

– Com esta abordagem gradual e responsável, a empresa age em linha com seu compromisso de proteger seus colaboradores e famílias, bem como seus clientes, ao mesmo tempo em que garante a sua sustentabilidade – destacou o Grupo PSA em comunicado.

Medidas implementadas

– Usar, sempre que possível, o transporte individual. Para carona e transporte público, fornecimento de máscaras e uso de regra predefinida de preenchimento dos assentos (organização escalonada na parte de trás do ônibus);

– Verificação de temperatura antes da entrada na unidade, além da folha de automonitoramento de sintomas requerida (14 dias sem febre e outros sintomas);

– Fornecimento individual de máscaras e disponibilidade de álcool em gel;

– Uso de óculos e máscaras no local;

– Respeito ao distanciamento social em todos locais, incluindo áreas de descanso;

– Manutenção das portas abertas (exceto as portas corta-fogo) para evitar o contato com as maçanetas;

– Limpeza frequente de ferramentas e superfícies de trabalho;

– Tempo de espera durante qualquer troca de peças não preparadas no ambiente da unidade.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document