domingo, 20 de setembro de 2020 - 10:49 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Família busca por idoso desaparecido em Volta Redonda

Família busca por idoso desaparecido em Volta Redonda

Matéria publicada em 1 de julho de 2020, 10:35 horas

 


 

Idoso está desaparecido desde a madrugada de domingo, dia 28 (Foto: Divulgação)

Volta Redonda – Familiares de João Nelci de Oliveira, de 72 anos, morador de Volta Redonda, pedem ajuda da população para encontrá-lo. Segundo sua enteada, Sabrina Leite Rodrigues, o idoso desapareceu na madrugada de domingo (28), por volta das 3h30, enquanto aguardava alguns exames ficarem prontos em uma unidade médica no Retiro, mesmo bairro onde mora.

De acordo com Sabrina, o idoso saiu da unidade hospitalar e foi até sua casa, localizada na Avenida Santa Isabel, dirigindo uma Zafira, preta, e desde então não retornou para casa. O veículo foi encontrado abandonado no Aterrado.

– Ele desapareceu na madrugada de domingo, por volta das 3h30. Estava passando mal e foi ao hospital do Retiro. Ele estava esperando o resultado de alguns exames que havia feito e nesse período, foi até a casa dele buscar uma coberta, pois estava com frio. Ele estava de carro, uma Zafira preta, e parou em frente à ponte do Aterrado, sentido Aero. O veículo foi encontrado todo aberto, com a chave na ignição e com o pisca alerta ligado. Deu a entender que ele havia pulado, mas o Corpo de Bombeiros fez buscas nesses três dias e não encontrou nada – explicou.

Sabrina relata que a família tem divulgado o caso nas redes sociais e algumas pessoas já o viram, porém só o reconheceram após a divulgação com sua foto.

– Estamos divulgando nas redes sociais. Várias pessoas viram ele caminhando sentido Rio de Janeiro, próximo a Piraí. Nos informaram que durante o percurso, entre uma parada e outra para pedir água, uma mulher o ajudou na manhã de segunda-feira (29). Quando viram a foto nas redes sociais, disseram: ‘é ele’. Ele está mancando porque estava com gesso na perna, porque estava quebrada e ele ainda tem pneumonia – disse.

Sabrina Rodrigues menciona que a família acha que o idoso estava preocupado com sua saúde e temia ser diagnosticado com Covid-19 e talvez isso o tenha motivado a não voltar para casa.

– A gente não sabe se ele teve perda de memória ou se está consciente. Acreditamos que ele achava que estava com Covid-19 e estava tentando fugir para proteger a família. Não sabemos o que aconteceu. Sou enteada, mas ele é como um pai para mim e toda a família está preocupada – finalizou.

O DIÁRIO DE VALE entrou em contato com a assessoria do Hospital do Retiro, que informou que o idoso deu entrada na unidade duas vezes: a primeira aconteceu na sexta-feira, dia 26, onde o mesmo passou por exame, foi medicado, ficou em observação e foi liberado. A segunda entrada de João Nelci de Oliveira foi na madrugada de domingo (28), data do desaparecimento. De acordo com a assessoria do hospital, o idoso foi atendido e recebeu alta às 4h06.

Quem tiver alguma informação sobre o paradeiro de João Nelci de Oliveira, de 72 anos, pode entrar em contato através do número: (24) 9 98578280, falar com Sabrina.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Avatar

    Conheço ele.tomara qui termine tudo bem.

Untitled Document