terça-feira, 27 de outubro de 2020 - 03:36 h

TEMPO REAL

 

Capa / Plantão da redação / Feira de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado do Rio será totalmente online este ano

Feira de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado do Rio será totalmente online este ano

Matéria publicada em 8 de setembro de 2020, 10:58 horas

 


Inscrições já se encontram abertas para o evento

Rio- Por conta da pandemia da Covid-19, a 14ª edição da Feira de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado do Rio de Janeiro (FECTI), será bem diferente este ano.

Famosa por ser a maior feira de ciências voltada para a educação básica do Estado do Rio, e que reúne estudantes do Ensino Fundamental II, Médio ou Técnico, das redes pública e privada de ensino, ela será realizada totalmente online.

A edição deste ano os alunos terão a oportunidade de apresentar seus projetos de pesquisa no evento, que acontecerá entre os dias 2 a 5 de dezembro. As inscrições já estão abertas na plataforma SisFECTI (https://fecti.cecierj.edu.br/login).

As inscrições realizadas diretamente na plataforma SisFECTI ou por intermédio da indicação pelas feiras afiliadas, devem ser efetuadas em uma das três modalidades: projeto já desenvolvido, com resultados; projeto iniciado, não finalizado, com resultados parciais; projeto/proposta de pesquisa, sem resultados sendo que, nesta última, não podem participar concluintes do Ensino Médio ou Técnico.

Segundo o professor Robson Coutinho Silva, vice-presidente científico, a escola é um ambiente importante de reflexão e o ensino das Ciências deve ser incentivado e visto como uma oportunidade de aguçar ainda mais a curiosidade que crianças e jovens têm naturalmente.

– A Fundação Cecierj, através da vice-presidência científica, tem a missão de impulsionar e fomentar a pesquisa científica no nosso estado e isso passa, obrigatoriamente, pelo investimento na Educação. A FECTI é uma iniciativa importante neste sentido, que procura estimular o interesse dos alunos e identificar jovens talentos, além de contribuir para a melhoria do ensino, ao promover o desenvolvimento de projetos de pesquisa nas escolas do nosso Estado – explica o professor Robson Coutinho Silva, vice-presidente científico.

De acordo com o professor Robson, os alunos de 6º ao 9º ano podem inscrever seus projetos nas categorias de Ciências no Ensino Fundamental II; já os do Ensino Médio e Técnico nas categorias Ciências Biológicas & da Saúde, Ciências Exatas e da Terra, Desenvolvimento de Tecnologia ou Interdisciplinar (projetos de Arte e Ciência, Ciência e Sociedade, Ciência e Esporte, Educação e Ensino de Ciências, História da Ciência).

– Devido à importância da FECTI, resolvemos enfrentar o desafio de realizá-la em 2020 no formato virtual, considerando que o processo de investigação na escola contribui não somente para o surgimento de novos cientistas, mas também para a formação de cidadãos críticos e participativos – conclui a professora Vera Cascon, coordenadora do projeto.

Ao participar da FECTI, alunos e professores concorrem a prêmios como troféu para a escola onde foi desenvolvido os projetos mais bem colocados,  bolsas CNPq para os estudantes autores de projetos premiados e indicação para participar de feiras de ciências nacionais com alcance internacional, como a FEBRACE de 2021, organizada pela Universidade de São Paulo (USP); Ciência Jovem 2021, do Espaço da Ciência de Olinda; MOSTRATEC de 2021 preparada pela Fundação Liberato de Novo Hamburgo; além de vagas para a XV FECTI 2021. A lista completa com a premiação, cronograma e outras informações estão disponíveis em https://www.cecierj.edu.br/divulgacao-cientifica/fecti/.

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document