domingo, 9 de maio de 2021 - 23:02 h

TEMPO REAL

 

Capa / Plantão da redação / Feiras livres em Itatiaia voltam a funcionar com medidas de higienização

Feiras livres em Itatiaia voltam a funcionar com medidas de higienização

Matéria publicada em 20 de junho de 2020, 14:45 horas

 


Itatiaia – O prefeito de Itatiaia, Eduardo Guedes, assinou o decreto nº 3.459/2020 que permite o retorno da feira livre e de suas atividades, mas com medidas de higienização para evitar o contágio de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, no município. A feira de hortifrutigranjeiros, pescados e produtos artesanais acontece todas às sextas-feiras na Rua Jurandir Reis, no Centro.

Para o funcionamento das feiras, é indispensável a utilização de máscara protetora por todos os colaboradores de clientes, assim como o álcool em gel deve estar disponível em todas as barracas. Com o decreto também fica proibida a venda ou comercialização de qualquer produto para consumidores que não estejam utilizando a máscara de proteção individual.

Em caso de descumprimento de algumas regras, como aglomeração de pessoas, os estabelecimentos e serviços terão os alvarás de Licença, Localização, Instalação e Funcionamento, suspensos por tempo indeterminado, devendo efetivar a interdição temporária, com o imediato encerramento das atividades.

Ronaldo Coelho, proprietário de uma barraca de queijos e doces, comentou sobre as recomendações da prefeitura.

– Temos uma preocupação muito grande com as medidas de higiene e proteção, por isso estamos seguindo todas as regras repassadas pela Prefeitura, como a disponibilização de álcool em gel e o uso de máscaras para proteger os nossos clientes e também a todos nós também – disse.

Roseli Caetano, que junto com o marido Evarisco Dutra trabalha como vendedora a cerca de três anos, conta que tem seguido a risca todas as orientações.

– Temos também uma preocupação muito grande com a saúde dos nossos clientes. Estamos cientes que além de nós, todos eles também devem usar máscaras, senão a venda não é permitida. Nesse tempo todo que estivemos parados sentimos muito a falta de nossos clientes, que se tornaram amigos e por isso temos uma atenção grande com todos eles – salientou.

Dona Cinira de Sá, moradora da Vila Odete, explicou que se sente mais segura com as medidas de segurança adotadas pela Prefeitura para a abertura da feira.

– Nesse período de pandemia a recomendação é para ficarmos em casa, mas quando é necessário a gente ir a algum lugar é importante que ele seja seguro. Em todas as barracas em que passei tinha álcool gel e os feirantes estavam usando máscaras, isso me deixou bem mais tranquila para vir a feira. Além de irmos comprar nossos alimentos, a feira é um local onde encontramos várias pessoas conhecidas e nesse momento, ver as pessoas conhecidas, mesmo com uma certa distância nos deixa muito felizes, mas e é importante que todos estejam protegidos, porque logo tudo isso vai passar – concluiu.

Todos devem usar máscaras e se prevenir com álcool em gel
(Foto: Divulgação PMI)


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document