Festival de Cinema do Rio agora é Patrimônio Cultural

Projeto de lei é de autoria do deputado Munir Neto, que pretende fortalecer a indústria audiovisual fluminense

by adrielly ribeiro

Sul Fluminense – A Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) aprovou projeto de lei dos deputados Munir Neto e Dani Balbi que torna Patrimônio Cultural o Festival do Rio – Rio de Janeiro Int’l Film Festival, nesta quinta (6).

“A importância do festival vai além da cultura, sendo também socioeconômica, gerando novos negócios e atraindo turismo nacional e internacional. Além disso, é um festival que está no mesmo patamar de grandes festivais de outros países”, afirmou Munir.

“Festivais de cinema e de audiovisual precisam da ação do poder público, seja ele no campo legislativo, seja no Executivo e até Judiciário. As políticas públicas são necessárias para fazer com que as ações de acesso à cultura de toda a população possam ser realizadas”, disse Vilma Lustosa, diretora do Festival e que acompanhou a votação no plenário da Casa.

Dentre as justificativas para a proposta, estão a promoção da cultura e da arte; a preservação da memória; o estímulo à indústria cinematográfica local; atração de turismo e desenvolvimento econômico; formação de público e educação cinematográfica.

O festival, que acontece há mais de 20 anos, leva o nome do Rio de Janeiro para o mundo inteiro e também traz o mundo para a cidade, tendo exibido milhares de filmes, nacionais e estrangeiros.

You may also like

Leave a Comment

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas
.

Image partner – depositphotos

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996