Festival Vale do Café chega a sua 19ª edição celebrando a cultura da região

Grandes nomes da música estão confirmados no evento, que ocorre entre os dias 19 e 28 de julho em fazendas e igrejas do Vale do Paraíba Fluminense

by ana Calderone

Centro-Sul Fluminense – Fazendas coloniais, antigas estações de trem e tradicionais igrejas voltam a ser o cenário do Festival Vale do Café, evento que reúne música, arquitetura, história, paisagens e sabores da encantadora região em uma verdadeira experiência cultural, de 19 a 28 de julho. Na 19ª edição, destaque para grandes nomes do choro, concertos e cursos gratuitos, apresentações espalhadas por seis municípios e estreia de duas fazendas na programação.

No Festival Vale do Café, é possível apreciar toda a riqueza do patrimônio arquitetônico dos casarões históricos e vislumbrar o seu passado em tours no dia dos espetáculos. Participam desta edição as fazendas estreantes Floresta (Vassouras) e Santa Rosa (Valença); retornam ao evento as fazendas Alliança (Barra do Piraí), Vista Alegre (Valença), Monte Alegre (Paty do Alferes), São Luiz da Boa Sorte (Vassouras) e permanecem as fazendas União (Rio das Flores), das Palmas (Mendes), São João da Prosperidade (Barra do Piraí) e Florença (Valença).

Para valorizar o passado ferroviário do Ciclo do Café, as estações de trem de Barra do Piraí e Engenheiro Paulo de Frontin recebem concertos gratuitos, assim como as Igrejas Matrizes de Nossa Senhora da Conceição (Vassouras) e Sant’Anna (Piraí), o Centro Cultural Aldeia de Arcozelo, em Paty do Alferes, o teatro Teatro Sesc Rosinha de Valença, em Valença, além da Praça Barão de Campo Belo, no Centro Histórico de Vassouras, município onde estarão concentradas as aulas dos cursos de formação.

Durante o Festival, todas essas belezas estarão envolvidas por uma trilha sonora de primeira categoria. O Trio Madeira Brasil celebra seus 25 anos de estrada; Henrique Cazes Quarteto revisita o projeto Beatles ‘n’ Choro; o violonista Turibio Santos apresenta obras de Villa-Lobos, João Pernambuco, Dilermano Reis e Fernando Sor; o consagrado duo de harpa e contrabaixo formado por Cristina Braga e Ricardo Medeiros comemora ’45 anos de carreira, música e natureza’, e os cânticos de grupos de Jongo, Caninha Verde e Capoeira tomarão conta das ruas de Vassouras, com o retorno da apresentação de manifestações tradicionais da região.

O evento mantém sua vocação para compartilhar conhecimento ao oferecer cursos de graça que, nos 18 anos de realização, já atraíram quatro mil alunos. As aulas, organizadas pelo músico e coordenador pedagógico Rodrigo Belchior, já estão com as inscrições abertas no site do Festival para interessados em violão, violino, canto, musicalização e prática de conjunto.

PROGRAMAÇÃO EXCLUSIVA

19 de julho – Sexta-feira
Fazenda União – 10h
Carol McDavit com Marcelo Coutinho, Maria Tereza Madeira e Guilherme Kurtz – ‘Serestas Líricas no Vale’

Fazenda Santa Rosa – 14h30
Choro Nota Dez – ‘Raízes do choro’

20 de julho – Sábado
Fazenda das Palmas – 9h30
Chora – Mulheres na roda – ‘Do clássico ao contemporâneo’

Fazenda Floresta – 15h
Gafieirando – ‘Clássicos da gafieira’

Dia 21 de julho – Domingo
Fazenda São João da Prosperidade – 9h
Duo Repicante – Carol Panesi e Fabio Leal – ‘Horizonte Brasileiro’

Dia 26 de julho – Sexta-feira
Fazenda Florença – 9h
Duo Bevilacqua e Assumpção – ‘Entrecordas’

Fazenda Alliança – 14h30
Ulisses Rocha Trio – ‘Mil tons – a música de Milton Nascimento’

27 de julho – Sábado
Fazenda Vista Alegre – 9h30
Cristina Braga e Ricardo Medeiros ’45 anos de carreira, música e natureza’

Fazenda São Luiz Boa Sorte – 15h
Trio Madeira Brasil – ’25 anos de estrada’

28 de julho – Domingo
Fazenda Monte Alegre – 9h30
Turibio Santos ‘A vista alegre e apaixonada do violão’ – Obras de Villa – Lobos, João Pernambuco, Dilermano Reis e Fernando Sor’

 

APRESENTAÇÕES GRATUITAS

19 de julho – Sexta-feira
Igreja Matriz Nossa Sra. Conceição Vassouras – 19h
Quarteto Semente Choro Jazz – ‘Clássicos das noites da Lapa’
Vassouras Praça Barão de Campo Belo – 20h
‘Cortejo de Tradições’

20 de julho – Sábado
Estação Ferroviária de Engenheiro P. de Frontin – 19h
Trio Samburá – ‘Regional Samburá – Forró na lenha’ – Abertura com Tambores de Aço

Dia 23 de julho – Terça-feira
Vassouras – Centro Cultural Cazuza – 18h
Café Cultural
Valença – Teatro Sesc Rosinha de Valença – 19h
Recital Turibio Santos – ‘Violão de muitos países e Continentes’

Dia 24 de julho – Terça-feira
Vassouras – Centro Cultural Cazuza – 18h
Café Cultural

25 de julho – Quinta-feira
Vassouras – Centro Cultural Cazuza – 18h
Café Cultural
Piraí – Igreja Matriz Sant’Anna – 20h30
Cristina Braga e Ricardo Medeiros – ‘Floresta de sons’

26 de julho – Sexta-feira
Vassouras – Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição – 10h
Recital de Alunos e Professores
Arcozelo – Paty do Alferes Teatro Itália Fausta – 19h
Silvério Pontes Sexteto – ‘Tributo a Zé da Velha’ – Abertura com Tambores de Aço

27 de julho – Sábado
Barra do Piraí – Estação Ferroviária – 19h
Henrique Cazes Quarteto ‘Revisita Beatles n’choro 20 anos’. Abertura com Tambores de Aço

 

SERVIÇO

19ª Edição do Festival Vale do Café
Data: 19 a 28 de julho de 2024
Vassouras, Barra do Piraí, Piraí, Mendes, Engenheiro Paulo de Frontin, Rio das Flores, Valença e Paty do Alferes
Compra de ingressos: www.festivalvaledocafe.com.br
Instagram: @festvaledocafe

You may also like

Leave a Comment

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas
.

Image partner – depositphotos

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996