Firjan aponta boa gestão fiscal em nove municípios da região

Piraí, Angra dos Reis, Rio Claro, Pinheiral, Volta Redonda, Paraty, Resende, Quatis e Barra Mansa têm indicadores positivos

by Agatha Amorim

Sul Fluminense – O Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF), elaborado pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), aponta que a região Sul Fluminense se destacou pela alta flexibilidade orçamentária e excelência no planejamento financeiro. Três municípios se destacaram tanto na região, como a nível estadual: Piraí, Angra dos Reis e Rio Claro ficaram entre os 10 municípios com melhor colocação no IFGF geral no estado do Rio de Janeiro, ficando em 2º, 4º e 5º lugar no ranking, respectivamente. As duas primeiras cidades apresentaram nota máxima em três indicadores: Autonomia, Gastos com Pessoal e Liquidez. Rio Claro, por sua vez, apresentou o melhor nível de investimentos na região, apesar do nível crítico de autonomia.

Outros seis municípios se destacaram com bom panorama fiscal: Pinheiral, Volta Redonda, Paraty, Resende, Quatis e Barra Mansa. Todas essas cidades apresentaram excelência no indicador de Liquidez e apenas Barra Mansa não apresentou nota máxima no indicador. Volta Redonda e Resende também se destacaram apresentando alto nível de autonomia. Por outro lado, esses municípios foram os únicos do grupo que não obtiveram nota máxima no indicador de Gastos com Pessoal.

Por outro lado, Engenheiro Paulo de Frontin e Rio das Flores apresentaram os piores cenários fiscais da região Sul Fluminense, ficando nas 74ª e 77ª colocação no ranking estadual, dentre os 81 municípios analisados. Ambos obtiveram nota zero no indicador de Autonomia, isto é, as receitas geradas nestes municípios não são suficientes para custear a Câmara Municipal e a estrutura administrativa destas prefeituras.

“O IFGF fornece uma visão das administrações públicas regionais, com o objetivo de direcionar as tão necessárias reformas estruturais. Sem a capacidade de aportar recursos, não existe a perspectiva de impulsionar o progresso regional. Portanto, a única alternativa viável consiste na atualização do setor público e o fortalecimento do setor privado, de modo a criar um cenário empresarial competitivo que nos permita atrair um maior número de empresas e, assim, fomentar o emprego na região”, ressalta o presidente da Firjan Sul Fluminense, Henrique Nora Júnior.

Indicadores de Piraí colocam a cidade como a segunda melhor do Estado do Rio em gestão fiscal. (Foto: Reprodução Firjan)

You may also like

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas
.

Image partner – depositphotos

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996