segunda-feira, 24 de janeiro de 2022 - 20:36 h

TEMPO REAL

 

Capa / Tempo Real / Fiscalização de medidas de combate a Covid-19 em Volta Redonda serão intensificadas no final de semana

Fiscalização de medidas de combate a Covid-19 em Volta Redonda serão intensificadas no final de semana

Matéria publicada em 28 de agosto de 2020, 19:18 horas

 


Volta Redonda – Coibir aglomerações, garantir o uso da máscara e demais normas sanitárias de prevenção da Covid-19 são os principais objetivos da força-tarefa implantada pela prefeitura de Volta Redonda no início da pandemia, no mês de março. Desde então, quase três mil fiscalizações foram efetuadas pelo grupo que une fiscais da Secretaria Municipal de Fazenda, agentes da Secretaria Extraordinária de Segurança Pública (Sesp) e guardas municipais, além das polícias Militar e Civil e Ministério Público. A ação, realizada diariamente, é intensificada no fim de semana por conta do aumento da circulação de pessoas no comércio.

O diretor do Departamento de Atividades Econômicas e Sociais da Secretaria Municipal de Fazenda, Wagner Jardim Chaves, explicou que a estratégia da força-tarefa passou por adaptações nestes cinco meses de criação. “Hoje, com a flexibilização total das atividades econômicas, o nosso papel é garantir que o funcionamento esteja de acordo com os decretos municipais que contêm normas de prevenção contra a Covid-19”, falou, lembrando que este fato aumentou o número de pessoas nas ruas, tanto os trabalhadores que voltaram aos postos de trabalho quanto os consumidores voltaram a circular.

Ação tem foco nas áreas comerciais e ronda nos bares para o cumprimento dos decretos de combate à Covid-19 (Foto: Secom/VR)

No fim de semana, o trabalho é intensificado e se concentra nos centros comerciais, incluindo as feiras livres do Aterrado, no sábado; e na Vila Santa Cecília e Sessenta, no domingo; durante o dia. E ainda prevê rondas noturnas pelos bares que possam ter aglomeração de pessoas no período da noite.

– Além disso, a população continua sendo a principal parceira da força-tarefa fazendo denúncias pela Central de Atendimento Único (CAU), pelo telefone 156; e pelo aplicativo FiscalizaVR. Mas o grupo ainda atende solicitações do Ministério Público e de outras entidades governamentais – acrescentou Wagner.

Também como uma adequação à nova realidade de Volta Redonda em relação à pandemia, há pouco mais de duas semanas, a Guarda Municipal atua com pontos base na Vila Santa Cecília, Aterrado, Amaral Peixoto (Centro), Retiro e Santo Agostinho para fiscalização e orientação da conduta da população e comerciantes. Além disso, a guarda é responsável pela fiscalização das áreas públicas de esporte e lazer, evitando aglomerações nesses espaços. Ação que é intensificada nos fins de semana.

 

 

 

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. Essa fiscalização tem que ser feita nas igrejas e salões de festas. Já estão funcionando tudo normalmente como antes, colocando centenas de vidas em risco eminente de contaminação.

    • Para de falar, fica em casa só e deixa as pessoas viverem em paz. Já deu, ninguem aguenta mais falar de covid.

  2. Tem certeza que todos os comerciantes e gerentes de lojas estão cumprindo o protocolo e dando o bom exemplo aos seus empregados e aos clientes que não querem usar máscara corretamente?

Untitled Document