Floresta da Cicuta: 102 mil mudas serão utilizadas pela CSN em reflorestamento

Iniciativa busca fortalecer o entorno da Área de Relevante Interesse Ecológico (ARIE) Floresta da Cicuta, além de proteger a fauna e a flora local

by Diário do Vale

Foto: Divulgação

Volta Redonda – Através do plantio de 102 mil mudas em uma área de 41 hectares, a CSN (Companhia Siderúrgica Nacional) vai ampliar a cobertura florestal no entorno da ARIE Floresta da Cicuta, que favorecerá a interação entre os ecossistemas locais e contribuirá para o processo de conservação da população do macaco Bugio (Alouatta guariba clamitans).

Com diretrizes aprovadas pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), o projeto inclui a abertura de berços e o plantio de mudas com espaçamento de 2 x 2 metros, totalizando 2.500 mudas por hectare. Este espaçamento foi escolhido considerando as características específicas das áreas a serem recuperadas, para a eficiência do plantio e a rápida recuperação do ecossistema.

Segundo o Gerente Geral de Meio Ambiente da CSN, José Carlos Gouvea Junior, “o projeto também vai ajudar ecologicamente a transição e a troca genética tanto da flora quanto da fauna da floresta, possibilitando o surgimento de novas espécies e abrindo área de mata preservada”.

Entre as mudas nativas que estão sendo plantadas, destacam-se a aroeira pimenta, angico vermelho, jequitibá branco, cedro rosa, paineira, pau viola, ipê amarelo, ipê roxo, jatobá, ingá mirim, etc.

Área de Relevante Interesse Ecológico (ARIE) Floresta da Cicuta

A Floresta da Cicuta é um dos últimos fragmentos remanescentes de Mata Atlântica do estado do Rio de Janeiro com 131.00 hectares, possui espécies da fauna e flora ameaçadas de extinção e é classificada como Área de Relevante Interesse Ecológico (ARIE).

A Floresta da Cicuta é um dos locais no qual é realizado o Programa de Educação Ambiental (PEA) da CSN, ação de conscientização para as comunidades locais executado pela Fundação CSN.

Foto: Divulgação

You may also like

2 comments

Rosbi 5 de maio de 2024, 11:42h - 11:42

Enquanto isso a poluição fatal segue em VR ou seja, da se com uma mão e tira se com a outra

guto 3 de maio de 2024, 12:37h - 12:37

O que adianta plantar com as constantes queimadas que são realizadas todos os anos na floresta?!

Comments are closed.

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas
.

Image partner – depositphotos

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996