sábado, 8 de agosto de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Foragido da Justiça é preso pela PRF na Dutra, em Piraí

Foragido da Justiça é preso pela PRF na Dutra, em Piraí

Matéria publicada em 23 de junho de 2020, 08:06 horas

 


Um veículo clonado, com registro de roubo foi apreendido; CNH E CRLV utilizados pelo suspeito tinham sinais de falsificação

Veículo clonado com registro de roubo foi apreendido (Foto: PRF)

Piraí – Um homem, de 36 anos, considerado foragido da Justiça, foi preso por agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na noite de segunda-feira (22), durante fiscalização de combate ao crime, no km 227 da Dutra, posto PRF de Caiçara.

Durante Operação Tamoio II, agentes da 7ª DEL PRF abordaram um veículo Fiat/Mobi Like, branco, por volta das 17h40, tendo como ocupantes um casal. Segundo um agente, o condutor apresentou a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e Certificado de registro e licenciamento de veículo (CRLV) com indícios de falsificação. Após consulta, foi verificado que o CRLV apresentado pelo motorista fazia parte de lote furtado do Detran-RJ. Além disso, foi verificado que os dados da CNH apresentada não correspondiam ao motorista, confirmando a falsificação do documento.

Após inspeção veicular minuciosa, através da numeração do motor, foi constatado que o veículo utilizado pelo casal se tratava de um clone, sendo o original de mesma marca/modelo/cor, mas, com registro de roubo em 08/08/2019 no Rio de Janeiro. Também foi constatado que o condutor estava foragido do sistema prisional de São Paulo. De acordo com a PRF, o homem assumiu toda a responsabilidade após o flagrante, eximindo a mulher de qualquer culpa.

Foi dada voz de prisão ao homem, sendo a mulher conduzida como testemunha. A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia de Polícia Federal de Volta Redonda.

Operação Tamoio

Segundo a PRF, a Operação Tamoio – fase II foi iniciada no dia 21 de junho e tem como foco o combate à criminalidade nas rodovias federais em todo o Brasil, com fiscalizações específicas: tráfico de drogas, armas, pessoas, contrabando, descaminho, roubo de carga, roubo de veículos, entre outros. Para isso as ações contam com reforço do efetivo e equipes especializadas, como: Núcleo de Operações Especiais e Grupo de Operações com cães, dentre outros.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document