>
sábado, 28 de maio de 2022 - 13:37 h

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Força-tarefa faz ‘pente fino’ em condomínios populares de Volta Redonda

Força-tarefa faz ‘pente fino’ em condomínios populares de Volta Redonda

Matéria publicada em 1 de março de 2016, 19:48 horas

 


Oito empreendimentos do Minha Casa, Minha Vida destinados à população de baixa renda são os alvos

Investiga: Grupo faz visitas aos apartamentos para averiguar situação das famílias e dos imóveis

Investiga: Grupo faz visitas aos apartamentos para averiguar situação das famílias e dos imóveis

Volta Redonda – Uma força-tarefa iniciou, nesta terça-feira, uma operação para averiguar o andamento dos contratos de 2.032 imóveis do programa Minha Casa, Minha Vida, entregues à população de baixa renda ou que vivia em áreas de risco. Os apartamentos estão divididos em oito empreendimentos construídos em parceria firmada entre a prefeitura e o Governo Federal. O primeiro condomínio vistoriado foi o Penhe Marchtein (Pedrão), em Três Poços, onde vivem 480 famílias.

O grupo que faz a vistoria conta com agentes da Polícia Militar, da Polícia Civil, Guarda Municipal, Secretaria Municipal de Ação Comunitária, Defesa Civil e Caixa Econômica Federal. Serão analisados todos os itens dos contratos firmados com as famílias beneficiadas, entre eles as condições de não poder vender, alugar ou emprestar o imóvel enquanto exercerem a condição de mutuários (com prestações a pagar). Esses direitos somente são adquiridos a partir do momento que as famílias se tornarem proprietários (ao término do pagamento das prestações).

A sindicância busca, principalmente, saber se as famílias contempladas após o processo de seleção estão realmente morando nos imóveis. Atualmente, a Smac projeta que 10% dos imóveis já entregues estão vazios e será averiguado neste “pente fino” quantos estão em situações irregulares. Quem for flagrado cometendo infrações aos contratos poderá até mesmo perder o apartamento. Nestes casos, a caixa Econômica faz a reintegração de posse e o imóvel será repassado a outra família, seguindo critérios pré-estabelecidos e aprovados pelos entes envolvidos na parceria (Governo Federal e Governo Municipal).

– Nós temos um levantamento preliminar que mostra que entre 10% e 15% dos 2.032 apartamentos que entregamos estão abandonados. É quase um novo empreendimento. Estes imóveis serão repassados a outras famílias inscritas nos programas sociais, seguindo os mesmos rigorosos critérios que norteiam o trabalho em Volta Redonda – disse o secretário municipal de Ação Comunitária, Munir Francisco.

O secretário explicou que, após receber a chave do imóvel, o mutuário tem até 90 dias para desistir do empreendimento. No entanto, já foram detectados casos de famílias que abandonaram os imóveis após os três meses.

Peneira minimiza fraudes

Uma das responsáveis por tocar o projeto em Volta Redonda, a assistente social Liliane Rocha Ribeiro afirmou que para ser selecionada e se tornar candidata a um imóvel popular uma família passa por diversos procedimentos para hierarquização da demanda. Liliane explicou que os inscritos passam por “peneiras” antes de receberem as chaves dos apartamentos.

– Em primeiro lugar o candidato tem de constar no CadÚnico, um cadastro feito pelo Governo Federal que abriga famílias carentes e aptas a integrarem os programas sociais. A partir daí começa nossa parte propriamente dita – contou ela.

– A primeira peneira é quando a família vai a um dos Centros de Referência à Assistência Social solicitar uma avaliação. Nesta parte realizamos um relatório socioeconômico do candidato, que é remetido a um comitê municipal. Este grupo conta com psicólogos, assistentes sociais e um gestor. O grupo faz a segunda peneira, seguindo orientações do Ministério das Cidades – explicou Liliane.

Na terceira peneira, as famílias devem se enquadrar no decreto municipal que norteia as prioridades de atendimento: viver em área de risco, renda familiar, ter mulher como arrimo da família, etc. A quarta e última peneira é feita pela Caixa Econômica Federal, que verifica se o que foi declarado pelas famílias candidatas e aquilo apurado pelo Governo Municipal condiz com as informações contidas nos bancos federais.

Ainda assim, o secretário explicou que a prefeitura sempre envia a Caixa Econômica um número maior de relatórios socioeconômicos em comparação ao número de imóveis que serão entregues. Com isso, o banco tem mais opções para escolher as famílias agraciadas.

– Isso acaba com as chances de errar? Não. Só que minimiza muito. Temos hoje 42 mil pessoas inscritas no Minha Casa, Minha Vida. Não é um trabalho fácil, mas buscamos atender tudo aquilo que o programa exige.
O objetivo é entregar as chaves para quem realmente precisa. Isso de maneira alguma quer dizer que quem ainda está na fila não precise de um imóvel, mas é uma fila grande, do tamanho do trabalho que nossa equipe tem de encarar – disse Munir.

Disque-denúncia

O secretário afirmou ainda que o governo municipal receberá denúncias de má utilização dos apartamentos populares a partir do telefone 0800 7021156.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

28 comentários

  1. Denunciar para o 0800 da prefeitura é mesma coisa que nada gente. Infelizmente a PMVR ou quem cuida do cadastro das familias só beneficia os seus conhecidos…

  2. Boa tard gostaria de sobre as prestacoes pq tem gente qe nunca pagou uma prestação nen do apart e nen dos moveis se serao notificado e qal sera o provedimento

  3. Tem muita gente de aluguel nos apartamentos, tem muita gente que abandonou os apartamentos, tem muita gente que invadiu os apartamentos pq precisa ai eles sao obrigados a sair neh , tem gente do minha casa minha vida k tem carro do ano ate! Estao tampando o sol com a peneira…

  4. Aqui no Santa Cruz tem apartamentos fechados, é famílias precisando, implorando e não consegue. Isso é um absurdo dizem que mulheres que sustentam a casa sozinha tem o direito, o privilégio! Só não sei a onde…
    No meu prédio tem uma família onde a mãe cuida dos filhos sozinha são 7 eles chegam passar necessidade inclusive neste momento estão sem luz. O que as autoridades fazem Nada! Ela foi despejada e agora vai pra onde?
    Outra família uma mulher só que cria seus 4 filhos tenta a um tempo por um desses apartamento e não consegue, também né com esse Crás do Santa Cruz ninguém consegue mesmo. Se liga aí autoridades!!!! Fica aqui minha indignação…..

    • deveria fazer menos filhos tambem, tem muita mulher que acha q arrumar filho vai ser a soluçao ao invez de ir trabalhar fica colocando filho no mundo pra sofrer passar necessisdade sabe o que é engraçado pra cerveja e droga elas sempre arrumam …e vem me dizer q ta passando necessadade me poupe

    • Mais uma que acha que nós temos que bancar os sete (!!!!) filhos de uma pessoa que não tem vergonha na cara. Se quis arranjar isso tudo, que arranje um jeito honesto de bancar.
      Esses projetos sociais tinham que ter um limite. Beneficiário só quem se interessa em estudar e com limite de filhos.

  5. Existe um número 0800 para denúncia de aquisição ou uso irregular desses imóveis. Quem diz que conhece casos assim, e não denuncia, é cúmplice ou, no mínimo, um preguiçoso omisso.

    • o maior cúmplice disto tudo e a P MVR( SMAC)que é responsável pelo cadastro e seleção .
      aliais o MP. tem que investigar .

  6. carlos henrique castro

    Tem carro que não condiz com necessitados aqui no Belmonte. Gente com vida melhor que a minha morando quase de graça, sem contar o bando de moleques perambulando o dia todo, sem serviços pela rua. Sempre achei que esse minha casa minha dívida era para enganar e agora tenho certeza disso. Quem precisa mesmo, os verdadeiros necessitados continuam sem sua moradia.

  7. Programa minha casa minha Vida é uma bagunça,programa que trabalha o emocional das pessoas na esperança da casa tão sonhada,quando consegue,porque parece que só favorece quem tem carro emprego fixo e ganha bem,minha mãe tem 66 anos precisa e luta por uma casa,ganha um pouco mais que R$688,00 e paga aluguel de 550.Não consegui a casa…..ai vem uma pessoa conhecida,dono de lanchonete que fatura em média 3,000 a esposa trabalha ganha em média 1600 tem um carro ano 2014 ganha o apartamento e coloca pra alugar por 500.Esse é o sistema falho do nosso Estado e do Nosso Brasil….Também acho que deveriam mudar o nome de minha casa minha vida para Complexo das Drogas da Vida…São Sebastião,3 poços , Roma e St cruz como dizem ta tranquilo ta favorável para os mini traficantes que se tornam grandes em meio a população que não tem defesa.

    • E vc, pelo menos, já denunciou este caso que vc alega existir? Se vc acha que sua mãe foi prejudicada, é o mínimo que vc deveria fazer pela velha.

  8. Muitos já estão vendendo. É só olhar no site Olx que tem vários, eles trocam até em carro, absurdo.

  9. Acho que isto tem que acontecer de surpresa, pois tem muito apartamentos fechados com tanta gente precisando de moradia. Agora o povo vai ficar no apartamento uns dias e depois sair e esperar nono “PENTE FINO”. Chega na surpresa. Não avise. Vão encontrar muita coisa errada, até apartamento invadido……………………………………..

  10. Como pode a pessoa morar no minha casa minha vida e andar de carro do ano me explica?

  11. Rogerio Muniz Escano

    Este pente fino primeiro precisa passar pelo âmbito municipal,estadual e até mesmo federal pois como tudo neste país não se aplica como escrito, pode ter certeza que tem servidores das três esferas envolvidos nesta manobra a fim de se beneficiar.

  12. Srª MARIA DO CARMO DE OLIVEIRA

    apagaram o comentario ne

  13. Srª MARIA DO CARMO DE OLIVEIRA

    ali tem muita gnt a toa que nao trabalha fica vendendo drogas arrumando briga batem ate machucar matar pessoas enada acontece , mudou de aluguel uns tal de irmaos metralha que bota terror ali e ngm faz nada nem a policia sou moradora de tres poços ha muitos anos uns 15 anos eu tenho 66 anos de idade e depois desse empreendimento o trafico violencia aumentou muito …tenho amigas que realmente precisam e moram ali tem gnt honesta que trabalha que precisa mais tem muito vagabundo tambem tem que ter uma vistoria melhor…esess empreendimentos tinham que ter sido dividido bandido em um, gnt boa em outro, porque ser pobre tudo bem mais porco turma de porco que nao cuidam nem onde moram pronto falei

    • Srª MARIA DO CARMO DE OLIVEIRA

      espero que nao apaguem esse comentario

    • ola. vc que mora ai e sabe aonde eles estao moroando ja fez denuncias a policia? tem uma guartita da pm ai do lado.. registrou ocorrencia? é que vejo muita gente falando que tem isso, aquilo, que mora ali e ve etc.. mas e denunciar???? que mora ai e sabe os apts que eles estão pode ir na delegacia civil e registrar uma ocorrencia por venda de drogas.. ou ir na pm ai perto e falar qual apt eles estao e mostrar quem é…
      infelizmente muita coisa acontece por falta de iniciativa de quem esta perto.,. querer que a policia resolva sem denunciar é complicado.. fiz uma busca e não tem ocorrencias de denuncias de venda de drogas ai dentro.. falar e reclamar aqui não resolve.. tem que denunciar aonde pode se resolver

  14. um absurdo muitos ja estao alugando e ate vendendo e pior alugam pra pior especie que existe gnt porco que noa cuida destroi quebra tudo , avisam ai quem alugou esta indo tudo nos apartamentos pra dizerem que realmente sao os donos mais ja alugaram td trocaram por outra casa vai no bloco 22 terceiro andar que voces vao ver

  15. Cláudia Souza Pereira

    Tem muitas pessoas que ganharam e tem até carro importado,tem pessoas com casas de aluguel,casa em Angra e conseguiu apartamento,eu preciso e até hoje não fui chamada,isto é um descaso para quem precisa,muito triste tudo o que tá acontecendo.

  16. Muitos moradores possuem carros bacanas e tem boas condições financeiras não precisam morar nesses locais e tomarem a oportunidade qui outros esperam.

  17. Tem que ir no belmonte no condominio la vcs vao cer cada carro na garagem do condominio que eu trabalhando nao consigo comprar.
    Pode vir e conferir!!!

  18. Agora com a notícia todos vão regularizar. Aí dpois que acabar a vistoria volta tudo. Se forem averiguar mesmo, tem gente andando de carro do ano… As casas do programa não seria pra quem realmente precisa…sqn

    • Já denunciou esses casos que você sabe? Caso contrário, pode fazê-lo, é grátis: 0800 7021156.

    • Visitem o conjunto no São Sebastião, irão encontrar muitos carros novos!!!! Como os donos os adquiriram? Foi presente!!! Igual ao triplex e ao sítio de Atibaia!!!

  19. Tem muitos “cablocos” aki que vão dormir com a kabeça pelando ……kkkkk

Untitled Document
close