terça-feira, 23 de outubro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Nacional / Forças Armadas voltam à Rocinha para apoiar a polícia em buscas na favela

Forças Armadas voltam à Rocinha para apoiar a polícia em buscas na favela

Matéria publicada em 10 de outubro de 2017, 08:29 horas

 


Rio de Janeiro- As Forças Armadas retornaram nesta segunda-feira (10) à comunidade da Rocinha, na zona sul do Rio de Janeiro, para auxiliar a polícia em buscas no entorno da favela. Segundo a Secretaria Estadual de Segurança, os militares estão dando “apoio técnico” à Polícia Militar (PM) em ações de varredura na mata que faz limite com a comunidade.

Na madrugada de hoje, uma mulher foi presa e duas adolescentes, apreendidas dentro de um ônibus. Elas estavam com drogas e anotações sobre atividades criminosas, na Estrada da Gávea.

No fim de setembro, as Forças Armadas já tinham ocupado setores da Rocinha por uma semana, também para auxiliar a polícia fluminense.

As Forças Armadas foram chamadas em setembro para ocupar a Rocinha, depois que grupos criminosos rivais entraram em confronto armado pelo controle dos pontos de venda de drogas ilícitas da comunidade.

Na segunda (9), novos confrontos entre policiais e criminosos foram registrados na favela. Segundo a PM, dois corpos foram localizados na Rua 1, na manhã de ontem. Mais de 500 policiais militares ocupam atualmente a Rocinha.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. Capitalista com cartão da Tim

    Eu quero o fim da Polícia Militar! Fascistas opressores e violadores dos Direitos Humanos.

  2. Para prender um criminoso na Rocinha, nem a nossa policia militar, policia civil do nosso Estado e agora nem as forças armadas consegue prender esse 1 57, seria possível a nossa policia federal fazer essa prisão?

Untitled Document