>
domingo, 7 de agosto de 2022 - 18:17 h

TEMPO REAL

 

Capa / Nacional / Governador do Rio prorroga medidas restritivas no estado até o dia 31 de maio

Governador do Rio prorroga medidas restritivas no estado até o dia 31 de maio

Matéria publicada em 9 de maio de 2020, 13:27 horas

 


Decreto recomenda que municípios realizem lockdown, com apoio das forças de segurança do estado

Rio de Janeiro – O governador Wilson Witzel determinará a prorrogação das medidas restritivas e enfrentamento à propagação do novo coronavírus no estado até o dia 31 deste mês, na próxima segunda-feira (11), quando for publicado o decreto no Diário Oficial do Estado.

No intuito de reforçar o combate à Covid-19, o decreto recomenda que prefeitos do estado realizem em seus municípios alguma forma de lockdown, como medida de isolamento social para evitar a proliferação da doença; forças de segurança do estado auxiliarão nas ações das prefeituras.

Segundo o decreto, ficam mantidas medidas como o fechamento de escolas públicas e privadas, creches e instituições de ensino superior e, ainda, a suspensão da realização de eventos esportivos, culturais, shows, feiras científicas, entre outros, em local aberto ou fechado. Também segue suspenso o funcionamento de cinemas, teatros e afins. Academias, centros de lazer e esportivos e shoppings também devem permanecer fechados.

A recomendação para que a população não frequente praias, lagoas, rios, piscinas públicas e clubes segue válida para todo o estado. Foi incluída a suspensão de obras não emergenciais em imóveis residenciais e comerciais, ficando garantida a possibilidade de suspender os contratos de prestação de serviços, sem multa ou juros.

Somente serviços essenciais devem permanecer funcionando, porém devem seguir com todas as medidas de segurança para evitar aglomerações, além do cumprimento do distanciamento entre as pessoas.

Em caso de descumprimento das medidas previstas, as autoridades competentes deverão apurar as eventuais práticas de infrações administrativas e crimes previstos. Os demais tipos de comércio terão que realizar atendimento em domicílio.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

6 comentários

  1. A tradução de lockdown para a Língua Portuguesa é BLOQUEIO simplesmente.

    Quem usa esta palavra para “bloqueio da cidade” ou “bloqueio dos cidadãos” não sabe o que fala e nem como usar uma palavra inglesa. Cadê os cursos de inglês, gente?

  2. Alô MP….. Quando é que esse sujeito será investigado?

  3. Quando você acordar e sair pra rua contra esse animal.

  4. Cirurgias não deveriam ser canceladas ainda mais pra quem paga plano de saúde. Por acaso os planos estão dando desconto para quem não pode usar pra fazer uma cirurgia? Claro que não! Tirando cirurgia estética , ninguém vai operar porque quer ,corre o risco de muitos morrerem por falta de continuidade no seu tratamento de saúde

  5. Quando voltarão as cirurgias eletivas?

    Sr Governador

    Quando voltarão as cirurgias eletivas?

    Meu filho ia operar na rede privada, estava com todos os exames prontos e foram suspensas todas as cirurgias eletivas, inclusive as dele.

    Meu medo é o caso se agravar e se tornar cirurgia de emergência aumentando o risco cirúrgico.

    Infelizmente as outras doenças não param de avançar ou se instalar por caso do corona vírus.

    Podiam liberar uma quota para cirurgias eletivas para quem não é grupo de risco,como crianças…

  6. Quando voltarão as cirurgias eletivas?

    Se Governador

    Quando voltarão as cirurgias eletivas?

    Meu filho ia operar na rede privada, estava com todos os exames prontos e foram suspensas todas as cirurgias eletivas, inclusive as dele.

    Meu medo é o caso se agravar e se tornar cirurgia de emergência aumentando o risco cirúrgico.

    Infelizmente as outras doenças não param de avançar ou se instalar por caso do corona vírus.

    Podiam liberar uma quota para cirurgias eletivas para quem não é grupo de risco,como crianças…

Untitled Document