terça-feira, 16 de julho de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Governador e novos secretários assinam declaração anticorrupção

Governador e novos secretários assinam declaração anticorrupção

Matéria publicada em 3 de janeiro de 2019, 22:03 horas

 


Rio – Nesta quinta-feira (03/01), foi anexado ao Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro um documento intitulado Declaração de Transparência, Governança e Anticorrupção – Governo Um Novo Rio Começa Agora, assinado ontem pelo governador Wilson Witzel e secretariado, na primeira reunião do novo governo após a posse. O texto firma um compromisso com a prevenção e o combate à corrupção nos órgãos estaduais e a responsabilidade redobrada nos gastos públicos.
– A declaração, assinada por mim e meu secretariado, é um pacto de integridade que vem para marcar a mudança de atitude ética, o resgate da transparência na Administração Pública do estado. Como falei em minha posse, não podemos errar nesse sentido. O que queremos é trazer de volta a confiança da população fluminense, através das boas práticas – afirmou Witzel.
O documento assinado pelas autoridades propõe a promulgação e implementação de regras que protejam os denunciantes de atos de corrupção e agir contra a prática de suborno nos setores público e privado. Além disso, a declaração atesta o compromisso de todos em informar eventuais atos de corrupção em suas pastas para adoção das medidas cabíveis por parte dos órgãos especializados pela repressão à ilegalidades.
Sobre a transparência nos gastos governamentais, a declaração determina o esforço dos representantes do Executivo em fornecer informações, sempre que oportuno, em formatos de fácil entendimento para o público. Com a assinatura do documento, governador e secretariado se comprometeram a não se limitarem às obrigações previstas na Lei de Acesso à Informação.

Detran tem nova direção

O vice-governador Cláudio Castro participou, nesta quinta-feira (03/01), da cerimônia de apresentação do novo presidente do Departamento de Trânsito do Estado do Rio de Janeiro (Detran-RJ), Luiz Carlos das Neves, e de toda a diretoria, que a partir de hoje será totalmente composta por servidores efetivos e sem indicações políticas. O evento foi realizado na sede do órgão, no centro do Rio, e contou com a presença do presidente do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Uruan Andrade.
Durante a apresentação, Cláudio Castro contou que começou sua vida pública em 2004 como estagiário na Comissão 20 pontos do Detran, setor responsável pela análise e julgamento das defesas prévias dos processos de suspensão e cassação. Ele fez questão de frisar que o único pedido feito ao novo presidente do Detran é de não aceitar pedidos políticos.
– Ter o Detran na Vice-governadoria é a grande prova que o próprio governador, por meio do seu vice, olhará para o Departamento de Trânsito com carinho. A blindagem política é muito importante neste órgão para que o nosso Estado funcione de maneira técnica. Deixar dentro da Vice-governadoria é a maneira do governador Wilson Witzel garantir que a técnica prevalecerá à política, e esse é o grande objetivo dele hoje – disse Castro.
O novo presidente do Detran é servidor do Tribunal de Contas do Estado e foi cedido ao Detran em 2004, onde já foi Diretor de Registro de Veículos e na maior parte do tempo exerceu o cargo de chefia na Auditoria Financeira. Luiz Carlos fez questão que falar sobre a oportunidade de presidir o órgão e valorizar os servidores.
– Antes de mais nada, queremos ter uma gestão com integridade e valorização dos servidores efetivos ocupando cargos nas diretorias. Vamos fazer todas as nossas ações planejadas, com estudos técnicos preliminares dentro da maior lisura e transparência possível. A nossa meta é atender melhor a sociedade e esperamos uma resposta o mais rapidamente possível – afirmou o presidente.
A nova coordenadora de Educação, Manoela Morgado, que é servidora e já está no Detran há 14 anos, falou sobre a importância da educação no trânsito.
– Tenho certeza que a nova gestão vai prestar um serviço público de qualidade para o cidadão e que a nossa coordenadoria irá criar novos projetos e aprimorar os já existentes com o intuito de salvar vidas – explicou.
Um dos temas recorrentes na cerimônia foi à corrupção. Sobre o assunto, o corregedor Kristiano de Souza Jotta fez questão de enaltecer os servidores que trazem orgulho ao departamento.
– Estamos em busca de enfatizar não só a correção da conduta dos servidores do Detran, mas também de prestigiar os funcionários que aqui estão, enaltecendo o bom serviço público. Na Corregedoria, vamos estabelecer um divisor de águas para termos uma nova diretriz, um novo momento. Vamos caminhar neste sentido para que ao final possamos ter orgulho do trabalho realizado – afirmou o corregedor.
Sobre o mesmo tema, o vice-governador acrescentou.
– Órgãos que estiveram há tão pouco tempo sob suspeita precisam ter uma gestão diferente e totalmente controlada pelo Vice-governadoria para que a gente possa afastar qualquer possibilidade de corrupção e também dar uma gestão mais qualificada baseada muito mais na técnica do que na política – concluiu.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Avatar
    Goiaba da ministra pastora.

    Não precisava disso. Com o COAF debaixo do sovaco do juizinho de merda Moro, nenhuma corrupção será divulgada para a opinião pública, ou seja, o povão não vai ficar sabendo. Vão abafar todo indício de corrupção, como o caso do laranja Queiroz, assessor do “filho do Mito”.É como diz o ditado : O que os olhos não vêem , a cabeça (de bagre) e o coração não sentem”.

Untitled Document