Governo do Estado intensifica ações de combate ao assédio no Carnaval

“Campanha Ouviu um não? Respeite a decisão” tem ações diárias na Sapucaí e nos blocos de rua

Por Agatha Amorim

Estado do Rio – Em meio ao brilho das agremiações que se apresentam no último dia de desfiles do Grupo Especial, no Sambódromo, a ação de combate ao assédio e à violência contra a mulher, promovida pelo Governo do Estado, evolui com harmonia nota 10. O enredo da campanha coordenada pela Secretaria da Mulher é: “Ouviu um não? Respeite a decisão”. Para que ninguém perca o ritmo na folia, a Patrulha Maria da Penha – que assiste mulheres com medidas protetivas – atua com iniciativas de prevenção e conscientização. Além disso, 14 delegacias de Atendimento à Mulher estão com reforço policial de 50% do efetivo.

No Sambódromo, as mensagens da campanha orientam os foliões: “É para cair na folia e não no conceito” e “No Carnaval, você pode ser o que quiser. Só não pode ser ofensivo, porque folia não combina com assédio”. O palco do maior espetáculo da Terra é também uma vitrine para ações educativas que podem salvar vidas. No domingo, o cantor Gustavo Lins, que se apresentou no Terreirão do Samba, deu voz ao apelo e reforçou que as mulheres devem ser respeitadas.

– Desde o ano passado, quando criamos a Secretaria da Mulher, intensificamos as ações de conscientização e de combate à violência. Carnaval é diversão, mas com respeito às mulheres. Não vamos tolerar qualquer situação de assédio e importunação. Nosso aplicativo 190, da Polícia Militar, está atendendo também em inglês, francês e espanhol, para dar segurança também às turistas neste Carnaval – enfatizou o governador Cláudio Castro.

Além da Central 190, da Polícia Militar, e o aplicativo Rede Mulher, pode ser baixado gratuitamente no celular.

– A proteção da mulher é uma pauta prioritária do Governo do Estado. Com a campanha, estamos deixando bem claro: depois do “não”, é assédio. Puxar papo, pode. O que não pode é puxar pelo braço, puxar cabelo ou a fantasia. Nosso objetivo é alertar e conscientizar os homens de que assédio e importunação é crime, com isso, queremos proporcionar às mulheres um Carnaval mais seguro – ressaltou a secretária de Estado da Mulher, Heloisa Aguiar.

Fora da Sapucaí, o samba oficial da campanha vai ecoar nos desfiles das agremiações das Séries Prata, Bronze e do Grupo B, antes de cada apresentação. No total, 27 ativações serão realizadas nos dias de Carnaval na capital. Prefeituras de outros 24 municípios também aderiram à divulgação.

 

Folia com mais segurança

A ´Patrulha Maria da Penha – Guardiões da Vida´ atua com 46 patrulhas em todo o estado, com 92 policiais em ações diárias. As equipes realizam atendimento em situações de emergência para coibir crimes contra a mulher no Sambódromo, na Avenida Intendente Magalhães, Copacabana, Niterói, Cabo Frio, Búzios, Costa Verde e interior.

Advertisement

No Setor 11 do Sambódromo, a Polícia Civil tem equipes de plantão para atendimento especializado à mulher. Junto à Patrulha Maria da Penha, agentes distribuem folhetos com os endereços de onde buscar ajuda policial em caso de violência doméstica.

Durante todo o Carnaval, o Empoderadas, da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, distribui materiais informativos. A equipe multidisciplinar do programa, que atua na prevenção da violência contra a mulher com técnicas esportivas, está orientando os polos do programa e telefones para denúncias. Além disso, informa sobre como denunciar casos de agressão física, ameaças, abuso psicológico, moral, patrimonial, físico e sexual. As ações ocorrem em diferentes pontos do Rio de Janeiro, incluindo terminais e estações de transporte público.

Advertisement

VOCÊ PODE GOSTAR

Deixe um comentário

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996