sexta-feira, 6 de dezembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Economia / Governo do Rio busca investimentos de Portugal

Governo do Rio busca investimentos de Portugal

Matéria publicada em 3 de julho de 2019, 08:58 horas

 


Turistas e cariocas aproveitam o final de semana de verão na praia do Leme.

Rio de Janeiro – O Rio de Janeiro busca parcerias com Portugal e investimentos desse país no estado. Durante reunião nessa terça-feira (2) em Lisboa, com os presidentes da Confederação Empresarial de Portugal (CIP), Antônio Saraiva, e da Câmara de Comércio Luso-Brasileira, Clovis Martines, o governador Wilson Witzel e os secretários de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Relações Internacionais, Lucas Tristão, e de Turismo, Otávio Leite, apresentaram balanço dos 180 dias de governo e manifestaram a intenção de melhorar o ambiente de negócios com Portugal.

Witzel informou que governo do Rio vai desenvolver, por meio da Federação das Indústrias do estado (Firjan), um protocolo de trabalho com as empresas representadas pela Confederação Empresarial de Portugal. “São mais de 150 mil empresas. Estamos estreitando os laços entre o estado do Rio de Janeiro e Portugal, fazendo com que os nossos empresários tenham mais oportunidades de negócios, gerando empregos e renda”, disse após o encontro.

O governador se reuniu também em Lisboa com o diretor-geral da Startup Portugal, o engenheiro João Borga, para implementar acordo firmado entre o programa Startup Portugal e o estado do Rio, em 2017. Pelo acordo, haveria a instalação de uma planta operacional e a implementação de políticas públicas voltadas para a atuação de empresas inovadoras.

Segundo Borga, o programa incentiva a criatividade das pessoas e ajuda disponibilizando espaço, o que vem representando casos de sucesso nos últimos anos. “Com essa iniciativa, geramos mais empregos. São cerca de 150 empresas incubadoras no país, muitas ligadas à criatividade. E queremos levar essa experiência para o Rio”, completou Borga.

A vice-presidente executiva do Rock in Rio, Roberta Medina, que também participou do encontro, se comprometeu a potencializar essas estruturas e incubadoras. A ideia é levar atividades culturais e educativas para Lisboa e o Rio.

Turismo

Para incentivar o aumento de turistas no estado, o governador e o presidente da companhia aérea TAP, Antonoaldo Neves, assinaram uma carta de intenções, com o objetivo de tornar o Rio de Janeiro stopover (benefício para quem deseja conhecer outros lugares durante uma escala ou conexão que dura mais de 24 horas) de voos procedentes do país lusitano. Ainda não há definição da data de início dessas operações, mas quando começar, os turistas europeus que fizerem conexão no Rio, poderão permanecer na capital fluminense de dois a cinco dias, sem custo adicional. Com isso, o governo do estado espera promover o Rio de Janeiro na Europa e aumentar o fluxo de turistas para o estado.

Em entrevista à Agência Brasil, o secretário de Turismo, Otávio Leite, destacou que a TAP é a companhia que melhor atende o Brasil em termos de frequência em diversas cidades, sobretudo, capitais brasileiras. Ao todo são dez. Leite acrescentou que a companhia também é a que melhor ramifica para a Europa. “Considerando que em cada 100 estrangeiros que viajam para o Brasil pela TAP, provenientes da Europa, 55% não são de Portugal, considerando que o stopover é um mecanismo inteligente que anima e fortalece destinos e fluxos turísticos, nós, do Rio de Janeiro, verificamos que essa parceria com a TAP será muito promissora”, afirmou.

Leite disse ainda que, com a parceria, um turista que venha ao Brasil pela TAP poderá optar pela parada no Rio de dois a cinco dias, e isso poderá favorecer empresários que venham a negócios e ainda pretendam visitar outra cidade, sem pagar mais por isso. “Será uma espécie de dois em um. Alguém que precise ir a trabalho, por exemplo, a Belo Horizonte ou a São Paulo terá a opção de, na ida ou na volta, passar pelo Rio de Janeiro e ficar até cinco dias no mesmo bilhete. Atualmente a companhia já faz isso na Europa. A vantagem é que todo aquele que queira sair do Brasil para qualquer destino na Europa, terá também a possibilidade de passar até cindo dias em Lisboa ou no Porto, no mesmo pacote”, informou.

O próximo passo, de acordo com o secretário, é fazer parcerias com hotéis e restaurantes para ampliar os benefícios aos turistas que venham ao Rio. “A pessoa compra o bilhete, tem hotel e restaurante mais barato, tem o Pão de Açúcar, o Corcovado, o AquaRio. O governador já nos orientou a trabalhar nessa direção e isso será feito”.

Para o presidente da TAP, é possível resgatar o turismo no Brasil, principalmente no Rio de Janeiro. “É uma satisfação muito grande poder olhar para a frente e perceber como a TAP pode contribuir ainda mais para o desenvolvimento do turismo no Brasil. Temos um compromisso com o país. Vinte e cinco por cento dos assentos dos voos que vão para a Europa e que saem do Brasil para cá são da TAP. Temos convicção de que o europeu quer visitar o Rio de Janeiro e, com o estado mais seguro e mais próspero, vamos conseguir levar mais turistas para o Rio”, observou.

Coimbra

A agenda do governador em Portugal prevê a participação hoje (3) do encerramento do 21° Seminário de Verão da Universidade de Coimbra. Durante três dias, o encontro debateu temas como Criminalidade Transestadual e Globalização Financeira, assuntos que o governo fluminense considera relevantes para a segurança pública do estado.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document