quarta-feira, 1 de dezembro de 2021 - 00:34 h

TEMPO REAL

 

Capa / Destaque / Governo municipal decide retomar a parceria com a Appema em VR

Governo municipal decide retomar a parceria com a Appema em VR

Matéria publicada em 17 de junho de 2021, 09:06 horas

 


Associação pede ajuda do poder público com local adaptado para ampliar atendimento

 

O prefeito Neto se prontificou a encontrar um novo espaço para abrigar a Appema (Foto: Divulgação PMVR)

Volta Redonda – Em um encontro realizado na quarta-feira, 16, com representantes da Appema (Associação dos Portadores de Parkinson, Esclerose Múltipla e AVC) do município, e intermediado pelo vereador Paulinho AP, o prefeito de Volta Redonda, Antônio Francisco Neto, viabilizou a retomada da parceria entre a prefeitura e a entidade, interrompida há quatro anos.

A presidente do grupo, Helenice Soares, que tem Parkinson, lembrou que a Appema contava, desde o ano de 2010, no terceiro mandato de Neto como prefeito municipal, com espaço cedido pela prefeitura para atendimento ao público da associação. “Em 2017, no início da gestão anterior, tivemos que deixar o local e estamos sem estrutura para receber os associados”, disse, lembrando que seguiram com a assistência domiciliar.

O prefeito Neto e o assessor especial da prefeitura, Deley de Oliveira, que também participou da reunião, se prontificaram a encontrar um novo espaço para abrigar a Appema. “Vamos achar o local ideal, que deve estar adaptado às necessidades do público assistido pela associação”, afirmou.

“É obrigação do poder público firmar parceria com as entidades que assistem à população de Volta Redonda, de forma gratuita e especializada. Estes grupos atuam para melhorar a qualidade de vida da população e é justo que, em contrapartida, o poder público contribua com a estrutura para o atendimento”, reforçou o prefeito.

Ainda estavam no gabinete Bruno Silveira, que é membro da Appema, e a advogada Alessandra Pessegueiro, que presta consultoria jurídica, de forma voluntária à associação.

APPEMA – O objetivo da Appema é proporcionar melhor qualidade de vida com acolhida dos portadores de doenças degenerativas, na maioria, pessoas com mais de 60 anos de idade. O diagnóstico pode gerar desesperança e até depressão, por isso, o atendimento passa pela socialização, beneficiando a autoestima pela troca de experiências. A associação conta ainda com grupos de apoio para o portador e os familiares.

Entre as atividades desenvolvidas estão palestras com profissionais de várias especialidades com temas de interesse comum para divulgar informações e orientar os associados e familiares; além de atendimentos de parapsicologia, psicomotricidade, fonoaudiologia e nutrição. Todo atendimento, por conta a pandemia, segue as orientações sanitárias de prevenção à Covid-19.

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document