Governo municipal oferecerá cursos a detentos da cadeia pública - Diário do Vale
terça-feira, 21 de setembro de 2021 - 23:22 h

TEMPO REAL

 

Capa / Tempo Real / Governo municipal oferecerá cursos a detentos da cadeia pública

Governo municipal oferecerá cursos a detentos da cadeia pública

Matéria publicada em 30 de julho de 2021, 12:00 horas

 


Encontro do prefeito Neto com a SEAP foi intermediado pelo Vereador Sidney Dinho

Na reunião o subsecretário Lúcio citou que a inserção de cursos na qualificação profissional de detentos visa promover a reintegração no mercado de trabalho e sociedade – Divulgação PMVR.

Volta Redonda – Em um encontro realizado na quinta-feira, dia 29, e intermediado pelo vereador Sidney Dinho, o prefeito Neto se reuniu com o subsecretário de Tratamento Penitenciário, Lúcio Alves, e a coordenadora em saúde da SEAP, Júlia Piffer, para oferecer cursos profissionalizantes da Fundação Beatriz Gama (FBG) a detentos da Cadeia Pública Franz de Castro, no bairro Roma.

Na reunião o subsecretário Lúcio citou que a inserção de cursos na qualificação profissional de detentos visa promover a reintegração no mercado de trabalho e sociedade. E ressaltou que atualmente, 302 detentos cumprem pena na Cadeia Pública em Volta Redonda.

“A qualificação profissional para presidiários contribui com a ressocialização e reinserção deste público na sociedade, além de colaborar na redução da reincidência de crimes”, comentou.

Os cursos inseridos na Cadeia Pública serão apresentados nas próximas semanas pelo diretor-presidente Vitor Hugo Gonçalves de Oliveira. Ainda durante a reunião, outra parceria foi firmada para que os apenados recebam acolhimento da Atenção Básica em Saúde no próprio município, onde está localizada a cadeia.

A coordenadora em saúde da SEAP, Júlia Piffer, explicou que quando um preso necessita de atendimento básico em saúde, ele é encaminhado para o Complexo Penitenciário de Gericinó (Bangu), no Rio de Janeiro, a parceria visa facilitar o acesso do preso na rede municipal de saúde.

“O atendimento básico em saúde dentro de Volta Redonda vai facilitar o acolhimento dos detentos. Quando um preso precisa de um simples Raio-X, por exemplo, é encaminhado até o Rio de Janeiro para fazer o procedimento. Então, essa parceria que o prefeito nos atendeu prontamente vai direcionar esses detentos dentro da própria rede do SUS em Volta Redonda”, comemorou.

O vereador Sidney Dinho comentou que a parceria vai promover economia aos cofres públicos estaduais e também a diminuição dos riscos de acidente, evasão e resgate de presos durante o transporte até o Rio de Janeiro.

“Intermediei com a SEAP para que houvesse esta parceria da Prefeitura de Volta Redonda na viabilização desse convênio em saúde, como uma rede de apoio. O preso da Cadeia Pública vai ser retirado do local para atendimento médico dentro da rede de saúde municipal, visto que quando um preso é retirado do espaço e levado até o Rio de Janeiro, esse trajeto gera risco de acidente, evasão, resgate, além do comprometimento do efetivo policial disponibilizado para essa ação”, citou o parlamentar.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Quem deveria gastar com esses presos é o estado, não o município…

Untitled Document