segunda-feira, 18 de novembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Destaque / Grupo ‘Motoboys Solidários’ de VR arrecada brinquedos para o Dia das Crianças

Grupo ‘Motoboys Solidários’ de VR arrecada brinquedos para o Dia das Crianças

Matéria publicada em 27 de agosto de 2019, 10:14 horas

 


Brinquedos doados serão entregues para crianças dos bairros; grupo também entrega cobertores e janta para moradores em situação de rua

O sucesso do grupo só acontece por conta das doações recebidas pelos moradores de Volta Redonda
(Foto: Redes Sociais)

Volta Redonda – Um grupo de motociclistas está se mobilizando nas redes sociais, neste mês, para arrecadar brinquedos, em uma campanha para o Dia das Crianças. Grupo “Motoboys Solidários” quer arrecadar maior número de brinquedos para entregar para crianças carentes, que moram em Volta Redonda, no dia 12 de outubro.

De acordo com um dos administradores do grupo e motoboy, Felipe Ferreira Costa, de 31 anos, a ideia de fazer a campanha surgiu após a páscoa deste ano.

– A iniciativa surgiu desde a época da páscoa, quando fizemos a campanha da “Pascoa Solidária”, depois que passou esse período já começamos a pensar no Dia das Crianças, mas como estava longe, não decidimos já fazer a campanha logo. Começamos com arrecadação entre os membros do grupo, pelas redes sociais, onde cada um dava a quantia que podia para comprarmos os brinquedos, além de recebermos as doações, também vamos comprar mais brinquedos para que o máximo de crianças possam receber os presentes – explicou Felipe.

As arrecadações, nas redes sociais, começaram na última quinta-feira (22), onde o grupo de motociclistas pedia colaboração de seus 4,3 mil seguidores para doarem pelo menos um brinquedo, que seja usado, mas em bom estado. Durante a campanha, os motoboy irão até as casas dos doadores para acolherem os brinquedos.

Segundo Lilian Francisca de Oliveira Romualdo, de 39 anos, moradora do bairro Laranjal, e uma das colaboradoras do grupo, a intenção é garantir uma boa festa e alegria para as crianças.

– Estamos pensando na campanha desde a páscoa, então decidimos que sairemos fantasiados, cada membro do grupo vai estar vestido com um personagem, fazendo a distribuição dos brinquedos por bairros carentes. Quanto mais presentes arrecadarmos, mais crianças serão presenteadas – comentou Lilian.

Doações acontecem todas as semanas desde a criação do projeto
(Foto: Divulgação)

Grupo

O grupo, “Motoboys Solidários” foi criado pelos irmãos Ramon Silva e Ítalo Silva, em fevereiro deste ano com o objetivo de ajudar pessoas em situação de rua de Volta Redonda. No começo eram sete pessoas no grupo, atualmente são entre 28 à 30 membros, que entregam alimentos e cobertores para moradores dos bairros.

Felipe, morador do bairro Santo Agostinho, é motoboy há três anos, e está no projeto desde o começo, para ele, sua moto, além de ser seu meio de trabalho, também é um meio de ajudar pessoas.

– A moto é meu ganha pão, mas também me dá oportunidade de levar alimentos para aqueles que necessitam. É de uma boa ajuda para nós porque permite que a gente consiga chegar em lugares mais difíceis e tentar dar assistência para todos – disse o motociclista.

 

Lilian, mesmo não sendo motoboy, contribui para as doações nas ruas (Foto: Divulgação)

Lilian está participando ativamente do Motoboys Solidários há dois meses, descobriu a existência do grupo nas redes sociais e desde então colabora nas atividades.

– Eu conheci os rapazes: Daniel, Ítalo, Marquinho, Ramon, Romer, Thallys e Vinicius, por meio da divulgação do trabalho deles e fiz uma campanha de arrecadação de cobertores para moradores de rua. Entrei em contato com eles para distribuição desses cobertores e assim se formou nossa parceria que funciona até hoje, não só para distribuir cobertores mas também comida, e, quando necessário, cestas básicas ou alguma outra coisa – concluiu Lilian.

O grupo entrega cestas básicas, jantares e cobertores para moradores dos bairros: Vila, Laranjal, Centro , Aterrado, Retiro, Dom Bosco, e dependendo da quantidade de arrecadação, em Barra Mansa. As entregas começam por volta da meia noite e tem prévia de acabar às 4h.

Interessados em ajudar na campanha, entrar em contato com Felipe e Lilian através dos números: (24) 9 9965-8205 e (24) 9 9301-3068; ou pela página do grupo nas redes sociais: https://bit.ly/2Hrbx7W.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

4 comentários

  1. Avatar

    Só pode ser uma besta pra tá reclamando criticando vai caca uma coisa pra fazer seu merda

  2. Avatar

    Muito boa a iniciativa, porém poderiam respeitar as pessoas no trânsito…inclusive crianças, respeitar os veículos e no mínimo cumprir as leis e regras do trânsito. Vocês são abusados, atrevidos e não merecem ser respeitados.

    • Avatar

      você faz o que pelo próximo? além de criticar?

    • Avatar

      Querido, antes de criticar a forma com que os motoboys andam, veja se você não é um daqueles que faz o pedido e fica ligando de cinco em cinco minutos reclamando que a entrega está demorando, como se a moto tivesse asas ao invés de pneus.
      Se muitas vezes eles precisam desrespeitar regras de trânsito, colocando as próprias vidas em risco, é para que sua pizza chegue quentinha, sua batata frita crocante, o queijo do seu lanche derretendo.
      E ainda reclamam do valor da taxa de entrega.
      Pense em tudo isso antes de fazer uma crítica.
      Ah, e aproveite a faça algo pelo próximo, ajude esses rapazes a dar continuidade ao trabalho de caridade ao invés de ficar falando besteiras na internet.

Untitled Document