domingo, 21 de abril de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Polícia / Homem é levado para Deam após ameaçar a própria mãe

Homem é levado para Deam após ameaçar a própria mãe

Matéria publicada em 15 de abril de 2019, 08:55 horas

 


Volta Redonda – Edgar Domingues, de 43 anos, foi detido no último fim de semana por policiais militares e levado para a Delegacia Especializada no Atendimento a Mulher (Deam) de Volta Redonda. Ele é suspeito de ameaçar a própria mãe, Maria Célia do Nascimento Domingues , de 65 anos.

Os agentes disseram que receberem um pedido para comparecer a uma casa localizada na Rua A, bairro São Luiz, em Volta Redonda. No local, os PMs foram recebidos pela vítima que informou que o filho além de ameaça-la também quebrou alguns objetos dentro de casa.

O suspeito foi medicado num hospital da cidade porque ele se cortou. Após ser medicado, Edgar foi levado para a Deam onde foi indiciado por ameaça.

Mais ocorrências

Também no fim de semana, um jovem foi preso após tentar escapar numa moto da perseguição da PM, no Ilha Parque. Na fuga, o suspeito caiu do veículo e precisou ser medicado no Hospital São João Batista.

Com ele foram apreendidas nove pedra da crack. A moto ficou apreendida porque o jovem estava sem documento.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

4 comentários

  1. Avatar

    Medicação para um cidadão covarde como esse é uma boa surra ….tem que levar uma surra bem dada pra nunca mais esquecer …covarde … ameaçar a sua mãe é fácil …quero ver fazer isso comigo …que vou te quebrar todo.

  2. Avatar

    Essa estratégia de se colocar os cãodomínios do MCMV espalhados em diferentes pontos da cidade se mostrou perniciosa. Melhor teria sido agrupá-los todos numa mesma área, assim como quando construíram os bairros Santa Cruz e Volta Grande… Agora, temos muitas metástases de um mesmo câncer. Pode-se eliminar um foco, mas outro ponto continuará ativo em algum ponto…

  3. Avatar

    Estive pesquisando dados no site do Instituto de Segurança Pública. Ali mostra que o crime de homicídio doloso em Volta Redonda teve uma escalada vertiginosa no período de 2018 até fevereiro deste ano. O ano menos violento na cidade, entre 2003 e agora, foi 2016, com média de 14 homicídios dolosos em cada, um ponto fora da curva, já que a média geral dos demais anos foi de 26,2 homicídios dolosos por ano… Fevereiro de 2019 superou com folga o mesmo período de 2008, até então o mais violento da amostra: 14 contra 10… Já superamos Angra dos Reis e nos aproximamos de cidades bem mais violentas da Baixada e Grande Rio no geral. Até Macaé, que na relação homicídio x habitante tem índice quase 3x mais elevado, praticamente empatou nesse começo de ano… PREOCUPANTE! Sinal de que há bandidos de fora migrando para cá e se instalando nesses residenciais do MCMV, principalmente, provocando conflitos com os já previamente estabelecidos, além da baixa presença do poder público (policiamento deficitário, baixa repressão, ausência de controle sobre a situação dos imóveis, etc.)…

  4. Avatar

    Fazer ameaça é crime e não tem fiança, e fazendo isso com a própria mãe? E ainda deve ter sido solto?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document