segunda-feira, 30 de março de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Hospital Regional é liberado para atender pacientes com o Covid-19

Hospital Regional é liberado para atender pacientes com o Covid-19

Matéria publicada em 24 de março de 2020, 15:47 horas

 


Secretário estadual de Saúde e Samuca Silva estão na unidade, verificando as instalações

Volta Redonda – O  secretário estadual de Saúde, Edmar Matos, e o prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, estão neste momento no Hospital Regional, no bairro Roma.

Os leitos que vão atender pacientes com o novo coronavírus já estão liberados. Cerca de 80 pacientes foram retirados dos leitos do hospital e transferidos para o Himja, Hospital das Clínicas e da Unimed.

A determinação para evacuar o hospital e transformá-lo em mais uma das unidades do Estado que vão atender pacientes que precisarem de internação por causa do novo coronavírus foi dada pelo secretário estadual de Saúde, Edmar Santos.

De acordo com protocolo de atendimento do novo coronavírus, eventuais pacientes com casos graves  serão encaminhados aos hospitais de referência definidos pelos estados para isolamento e tratamento. Os casos suspeitos leves podem não necessitar de hospitalização e serão acompanhados pela Atenção Primária e instituídas medidas de precaução domiciliar. Os pacientes com sintomas leves ficam em isolamento domiciliar, conforme o protocolo do Ministério da Saúde.

De acordo com o deputado estadual Gustavo Tutuca, a unidade terá 180 leitos inicialmente e a expectativa é que nas próximas semanas o número de leitos seja ampliado para 209.

– Levamos ao secretário Edmar que a nossa região dispunha de duas unidades de saúde com capacidade de expansão de leitos: o Hospital Regional e a Upa da Região Leste. Hoje, estamos entregando 180 leitos totalmente equipados para o tratamento do Covid-19 e, em breve, vamos chegar a 209 aqui no Zilda Arns, garantindo o atendimento de mais pacientes – destacou o deputado.

O Hospital Regional passa a ser o hospital de referência na região para casos de pacientes infectados pelo Coronavírus que precisarem de internação.

– Importante ressaltar à população que o Hospital Regional não é o hospital que chamamos de porta aberta. Reforçamos para a população ficar em casa e, caso apresente sintomas, que procure a unidade de saúde mais próxima da sua casa. Os casos atendidos no Hospital Regional serão os encaminhados pelas unidades e hospitais das cidades – finalizou Tutuca.

* VÍDEO EM ANEXO


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document