domingo, 19 de setembro de 2021 - 02:39 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Instituições estudantis protestam contra retorno às aulas

Instituições estudantis protestam contra retorno às aulas

Matéria publicada em 3 de fevereiro de 2021, 12:05 horas

 


Volta Redonda – A União Municipal dos Estudantes Secundaristas de Volta Redonda, junto com demais entidades estudantis, emitiu nota protestando contra o decreto municipal, que permite o retorno às aulas presenciais, na modalidade híbrida nas instituições de ensino, cursos e similares. Na nota, a entidade afirma que os “estudantes são contrários ao retorno às aulas presenciais nas escolas e universidades, públicas e privadas”. Eles afirmam que a retomada do ensino somente deve ocorrer com a vacinação da comunidade escolar.

– Reafirmamos que vivemos um momento delicado e a prudência e o bom senso são fundamentais para preservar vidas e evitar maiores problemas para as famílias de Volta Redonda. Bem como ainda que não estejamos no grupo de risco do coronavírus, é sabido é comprovado cientificamente que crianças e jovens são potenciais transmissores para seus professores, familiares, vizinhos e trabalhadores das escolas – diz a nota.

No comunicado a entidade afirma ainda que a decisão do decreto foi ti ada sem consultar os estudantes. “A cidade caminha para as 400 mortes, e não ouviram pais, alunos e professores”, diz a nota, citando ainda que “a exemplo, de Campinas (SP), com o retorno das aulas presenciais, ao menos 34 professores foram infectados. Destacamos ainda a nossa preocupação com o aumento de usuários nos transportes públicos, sendo ele o principal meio de transporte dos alunos e um potencial local de contágio”. O documento pede ao prefeito, Antônio Francisco Neto que reconsidere a decisão “para que a pandemia seja mais controlada, sem acarretar mais danos e mortes em nossa cidade”.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document