segunda-feira, 25 de outubro de 2021 - 07:46 h

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Irmã Elizabeth Alves morre na madrugada desta quinta-feira

Irmã Elizabeth Alves morre na madrugada desta quinta-feira

Matéria publicada em 28 de março de 2019, 07:50 horas

 


Elizabeth Alves nasceu em Vitória, no Espírito Santo. Entrou para o convento aos 17 anos e estudou teologia na Universidade Santa Úrsula, no Rio de Janeiro. (Créditos: Redes Sociais)

 

Volta Redonda – Irmã Elizabeth Alves morreu na madrugada desta quinta-feira, no Hospital da Unimed de Volta Redonda. A religiosa conhecida por estar a frente de projetos sociais, em especial, destinados às crianças e adolescentes, estava internada desde sábado, quando foi socorrida em Arrozal, distrito de Piraí, onde sofreu um infarto.

O corpo será velado às 15h30 na Capela Mortuária, no Aterrado, em Volta Redonda e em seguida será velado em Arrozal, na Igreja. A Missa de corpo presente acontecerá às 7h de amanhã e o sepultamento às 8h, a ser celebrada pelo bispo emérito D. João Maria Messi.

Elizabeth Alves começou seu trabalho social no final da década de 60, no bairro São Geraldo, quando veio para Volta Redonda. Também recebeu o convite do então bispo Dom Waldyr Calheiros para coordenar a Pastoral Rural de Quatis.

Em 1993, Elizabeth e sua irmã Terezinha iniciaram seus trabalhos em Piraí, que naquele ano era uma das 30 cidades com as maiores taxas de morte materna e mortalidade infantil.  Após três anos a cidade já se tornou referência no Brasil no combate à morte de crianças por desnutrição.

Em 1996 fundou a Casa da Criança e do Adolescente, em apoio aos trabalhos da Pastoral da Criança criada por Zilda Arns. A casa passou a desenvolver diversos projetos, entre eles o Curumim, voltado para crianças em risco social.

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

9 comentários

  1. Pessoa linda Irmã Elisabeth obrigada por tudo, o céu está feliz em recebê-la, ontem foi um dia feliz pois para quem faz a vontade e realiza os planos de Deus o encontra em sua passagem em sorriso. Ela merece um documentário, essa especial capixaba que se tornou fluminense de coração, sua simplicidade é exemplo de fé em Deus.

  2. Por diversas vezes cv com ela na Vila els estava muito chateads com a fslts de apoio do atual prefeito. Ate conta se agua voltaram a cobrar da Entidade. Só falta agora fazerem demagogia com homenagem a ela. Deveriam apoiar em vida.

  3. Certamente estará em um plano infinitamente melhor, pelo que fez em prol das pessoas durante a sua vida aqui na Terra

    Descanse em paz e obrigado por tudo

  4. Perda irreparável para a área social em Volta Redonda, que tristeza !!!

  5. Faz um especial sobre a mulher! Aprende, Diário do Vale

    Só estou conhecendo hoje, por ocasião de sua morte… Uma pessoa tão importante como essa, com um trabalho maravilhoso deste e praticamente desconhecida na cidade, quando deveria ser reverenciada, premiada e reconhecida, inclusive nacionalmente .

    Essa é uma das falhas gravíssimas deste jornal; não ajuda a propagar e tornar conhecidos pessoas que realmente importam e contribuem para o crescimento e desenvolvimento de outros .

    O papel do jornal, entre outros, deveria ser este . Mas ao contrário disso, não divulga quem
    realmente faz a diferença . Lamentável .

    Que ela descanse em paz !!!!!! Deus dê o conforto aos familiares e amigos…

  6. Pessoa de Fé e Obras, que exemplo, já está num lugar pleno.

  7. JAQUELINE RAMOS BIANCO

    A igreja Católica e os apoiadores do projeto de irmã Elisabeth estão de luto. Meus sentimentos a todos e que este projeto continue através e seus seguidores

  8. Vá em Paz, Irmã Elizabeth.A senhora deixou um legado de grandes obras sociais, que beneficiaram muitas crianças e jovens.Trabalhou muito em prol da Igreja Católica do Bairro S.Geraldo, junto à Irma Therezinha, nos anos de 1980.Era muito querida e respeitada por sua força e engajamento social..Reconhecidamente, merece os aplausos por uma vida de dedicação às comunidades e agradecimentos de muitas pessoas que tiveram suas vidas transformadas de alguma forma através desses projetos.Deus acolha a Sua Alma… Amém

  9. Pessoas boas, que vieram ao mundo apenas para o bem, ajudar pessoas, entregar sua vida a Deus, vão embora, não é este caso, mas as vezes até cedo demais… Já políticos, roubam a vida inteira, matam pois roubam dinheiro público e hospitais não atendem a contento por causa disto, escracham, nos sacaneiam, zombam, pegam câncer, com recursos escusos, se tratam e sobrevivem, não morrem de jeito algum ! País sem vergonha !

Untitled Document