sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Juiz da 91ª Zona Eleitoral se reúne com guardas municipais de Barra Mansa

Juiz da 91ª Zona Eleitoral se reúne com guardas municipais de Barra Mansa

Matéria publicada em 20 de setembro de 2018, 17:23 horas

 


Encontro teve como foco os procedimentos que serão adotados no dia 7 de outubro

Barra Mansa – Agentes da Guarda Municipal de Barra Mansa se reuniram na manhã desta quinta-feira (20) com o juiz eleitoral da 91ª Zona Eleitoral, Francisco Ferraro Junior, a chefe do cartório da 91ª Zona Eleitoral, Alessandra Macedo da Silva, a chefe do cartório da 94ª Zona Eleitoral, Paula Bock Flores, além do comandante da corporação, Joel Valcir, para esclarecer dúvidas relacionadas ao trabalho a ser executado em 7 de outubro, dia da eleição. O encontro foi realizado no Parque Natural Municipal de Saudade.
Logo na abertura do evento, o juiz comentou acerca da absorção da 203ª Zona Eleitoral pela 91ª. “Esse ano, um dos diferenciais da eleição é que vamos atuar com apenas duas zonas eleitorais, a 91ª e a 94ª. Isso, entretanto, não implica em modificações nas orientações básicas para membros das instituições parceiras, como a Guarda Municipal e a Polícia Militar, que é manter a educação, o bom senso e atitudes pacíficas para coibir qualquer tipo de irregularidade que venha ocorrer, como boca de urna, prática terminantemente proibida, e aglutinação de pessoas com trajes que possam remeter a campanha de determinado candidato ou partido”, disse Francisco Ferraro Junior.
O juiz ainda orientou que especificamente nos casos de boca de urna, a determinação é recolher o material, acionar a Polícia Militar e comunicar o cartório eleitoral.
A chefe do cartório da 91ª Zona Eleitoral, Alessandra Macedo da Silva, informou que eleitores que mantiverem seus carros adesivados com propaganda eleitoral estacionados próximos dos locais de votação terão os veículos ‘envelopados’, ou seja, os adesivos e microperfurados traseiros serão cobertos com sacos pretos.
Segundo a chefe do cartório da 94ª Zona Eleitoral, Paula Bock Flores, na próxima segunda-feira (24), Barra Mansa, que concentra o Polo Regional de Justiça Eleitoral, receberá mil urnas. “Desse total 267 são destinadas a 91ª Zona Eleitoral, 156 para a 94ª Zona Eleitoral e as demais serão encaminhadas para a Justiça Eleitoral de Porto Real, Quatis e Resende. As urnas serão inseminadas com os dados específicos dos eleitores de cada sessão e, na sequência, lacrada. O procedimento deixa o equipamento pronto para a eleição. Quem quiser, pode acompanhar o processo, é público”, afirmou.

Outros cuidados

Ainda na reunião foram abordados temas relacionados a outras condutas regulares no dia da eleição, como a aglomeração coletiva de pessoas portando vestimenta idêntica, a arregimentação de eleitores, a divulgação de qualquer espécie de propaganda de partidos ou candidatos e o derrame de material de campanha às vésperas da eleição.
O comandante da Guarda Municipal, Joel Valcir, agradeceu os esclarecimentos e colocou a corporação à disposição da Justiça Eleitoral.
No dia 7 de outubro, os serviços dos cartórios eleitorais de Barra Mansa começam ainda de madrugada, por volta das 5 horas. A meta é evitar qualquer problema nas sessões eleitorais, que vão funcionar das 8 às 17 horas, visando atender 135.172 eleitores (IBGE).
As mídias com resultados da votação de cada sessão da 94ª Zona Eleitoral serão transportadas até o Forum de Barra Mansa pelo supervisor da unidade em veículo oficial da Justiça Eleitoral, acompanhado da Guarda Municipal. As mídias das sessões da 91ª ZE serão recolhidas pelos Oficiais de Justiça e virão acompanhadas da Guarda Municipal.

Juiz passa alguns cuidados que deverão ser tomados para lei ser cumprida
Credito: ( Paulo Dimas )

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Luiz Antonio Tavares da Silva

    Porque a Guarda Municipal tem que acionar a Polícia Militar em caso de boca de urna? Por que este órgão de Segurança Pública tem que acionar outro para exercer sua função? Por que a Guarda Municipal não apresenta a ocorrência diretamente ao Juiz Eleitoral, ou à Autoridade Policial (Delegado de Polícia), conforme determina a Lei Federal 13.022 (Estatuto Geral das Guardas Municipais)? Porque a sobreposição das Forças de Segurança, com duas Corporações fazendo parte de um único serviço? Por que neste caso não convocar apenas a Polícia Militar?

Untitled Document