>
sexta-feira, 27 de maio de 2022 - 14:56 h

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Justiça decreta quebra de sigilo telefônico de comerciante desaparecido

Justiça decreta quebra de sigilo telefônico de comerciante desaparecido

Matéria publicada em 7 de novembro de 2016, 11:52 horas

 


site

Comerciante está desaparecido desde o dia 21 de outubro
(Foto: Reprodução Facebook)

Barra do Piraí- O delegado titular da 89ª DP, Bruno Gilaberte, confirmou nesta segunda-feira (7), que a Justiça de Barra do Piraí decretou quebra do sigilo telefônico do comerciante Cláudio da Silva Figueiredo, de 58 anos. Ele está desaparecido desde o dia 21 de outubro.

O comerciante foi visto pela última vez em uma fazenda no distrito de Dorândia, em Barra do Piraí. Cláudio vestia calça jeans e camisa listrada.

Segundo uma irmã do comerciante, Cláudio foi comunicar que faria a retirada de seus bois, que estavam guardados na fazenda. O comerciante teria dito que voltaria com um reboque para o transporte dos animais. De acordo com o funcionário, ele saiu dirigindo a caminhonete e não retornou.

O comerciante, que tem esposa e três filhas, é morador do bairro Jardim Amália, em Volta Redonda, e tem chácara em Arrozal, distrito de Piraí, onde também tem o costume de ficar.

A caminhonete Hilux de cor cinza, ano 2009, de cabine dupla, de placa LTJ 2757, foi encontrada queimada no dia 26 de outubro, numa estrada que liga os distritos de Floriano e Rialto, em Barra Mansa

Gilaberte espera encontrar informações no celular da vítima que possam auxiliá-lo nas investigações. Ele explicou ao DIÁRIO DO VALE que não poderia divulgar, por enquanto, para a imprensa as apurações que esta fazendo para não atrapalhar as investigações.

O delegado disse que trabalha com várias hipóteses para justificar o desaparecimento do comerciante, e não descartou que ele possa ter sido vítima de latrocínio (roubo seguido de morte)  ou de vingança.

Informações que possam ajudar a família a encontrar Cláudio podem ser passadas à Polícia Civil de Barra do Piraí, na delegacia onde o caso foi registrado, pelo telefone: (24) 2445-4342.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

14 comentários

  1. Se a polícia fizer uma forcinha resolve esse caso. Boi, fazenda, imagens, tantas evidências, será pq nada faz?

  2. Boi em fazenda dá problema.

  3. Ótima notícia! Assim os criminosos ficam prevenidos.

  4. Vai ser difícil descobrir o que aconteceu…

  5. A polícia já deu informações o suficiente para a (as) pessoa (as) envolvida nesse caso sumir nesse Brasilzão a fora. Não descarto nenhuma hipótese nenhuma mesmo.

  6. Tem caroço nesse angu.

  7. O pior de tudo é a incertesa, dessa situação pra familia……

  8. Análise de um amador: o cara foi visto em Dorandia, mora em Volta Redonda e sua caminhonete foi encontrada em uma estrada deserta que liga Floriano a Rialto…. Os executores só podem ser da região pq pelo trajeto conhecem bem todos os locais. A conferir….

  9. Sei não, mas acho que tem alguém que usa coturno e farda nesse encrenca (isso é só um pressentimento)

  10. Muito lento essa investigação, o cara esta desaparecido a família desesperada e a policia leva 17 dias para quebrar o sigilo telefônico, pela reportagem o ultimo local que ele esteve foi na fazenda, será que muito difícil fazer uma busca e apreensão nessa fazenda?

Untitled Document
close