domingo, 31 de maio de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Lei das sacolas já está em prática e assunto divide opinião de consumidores de Volta Redonda

Lei das sacolas já está em prática e assunto divide opinião de consumidores de Volta Redonda

Matéria publicada em 26 de junho de 2019, 11:48 horas

 


Supermercados Royal vende a R$ 2,99 e Supermarket tem sacolas de R$ 2,99 até R$ 9,99

Sacolas biodegradáveis verdes são específicas para materiais descartáveis como plástico, papel, metal, etc; já as sacolas cinzas são voltadas para materiais não recicláveis como fraldas e alimentos
(Foto: Miguel da Silveira de Sá)

Volta Redonda – A Lei Estadual que proíbe o uso de sacos plásticos em supermercados já entrou em vigor na manhã desta quarta-feira (26), em todo estado do Rio de Janeiro, porém a norma divide opiniões de consumidores de Volta Redonda. Os supermercados do município venderão a R$ 0,05 as sacolas reutilizáveis para os consumidores que não levarem as próprias bolsas. Cada consumidor, no entanto, terá direito a duas sacolas gratuitas durante os próximos seis meses. A lei é do deputado estadual Carlos Minc.Além disso, as sacolas serão confeccionadas em duas cores: verde, para os resíduos recicláveis, e cinza, para os demais rejeitos.

Nos supermercados Royal e Supermarket, do bairro Aterrado, as vendas estão variadas. No caso do supermercado Royal, as sacolas estão sendo bem procuradas pelos consumidores que estão fazendo compras no local. As sacolas biodegradáveis ficam a disposição nos caixas para pagamento, e no momento sobraram poucas que estão sendo vendidas pelos valores de cinco centavos, conforme determina à lei.

O gerente do supermercado, Josivaldo de Oliveira Lima, disse que para não deixar os consumidores sem opções estão sendo ofertas as caixas de papelão.

– As caixas que chegam com os nossos produtos, quando são esvaziadas, ficam disponíveis para que os consumidores possam carregar suas compras gratuitamente. Também estamos oferecendo sacolas retornáveis, que são as mais procuradas pelos consumidores, nos valores de R$ 2,99 – explicou o gerente, dizendo que a intenção é diminuir o fluxo de sacos plásticos nos mercados.

Sacola biodegradável do supermercado Royal está sendo vendida por R$ 2,99 cada
(Foto: Miguel da Silveira de Sá)

Já no Supermarket, a procura é baixa pelas sacolas biodegradáveis e caixas, pois a maioria dos consumidores está levando suas próprias sacolas para as compras. O preço das sacolas retornáveis neste supermercado está entre R$ 2,99 e R$ 9,99, valor cobrado por conta do tamanho. Também existem as bolsas de R$ 0,05.

Consumidores

Para Claudio Cesar de Novaes, morador de Pinheiral, que faz compras periódicas no supermercado Royal, no Aterrado, em Volta Redonda, a mudança é positiva para o meio ambiente.

– Adorei essa nova lei porque vai evitar que a gente desgaste mais ainda o meio ambiente com essas sacolas plásticas entupindo bueiros em épocas de chuva. Não estou sentindo muita diferença, porque levo minhas compras de carro então não tenho muita necessidade de comprar as de cinco centavos – alegou o morador.

Troca de sacolas não esta impedindo o consumidor de fazer grandes compras
(Foto: Miguel da Silveira de Sá)

No caso de Ramon Pereira Batista, de 45 anos,  morador do bairro Jardim Normândia, em Volta Redonda, a mudança poderia ter sido melhor.

– Melhorou 10% só, porque o consumidor precisa se conscientizar sobre o uso de recicláveis, mas os supermercados também não precisavam cobrar para vender essas sacolas. Até porque não adianta muito as sacolas serem recicláveis e os produtos que vendem nos mercados serem embalados com plástico. Acredito que futuramente possa ter uma lei que também vá proibir o uso de plástico nas embalagens de produtos, mas vai demorar – comentou o morador que está começando a aderir aos produtos descartáveis.

Segundo o aposentado, Paulo Roberto Amorim, de 60 anos, que mora no Aterrado, afirmou que antes da lei de proibição já usava sacolas retornáveis.

– Há três semanas já estava usando essas sacolas e bolsas retornáveis, acho que são boas para carregar e não prejudica o meio ambiente. Só não concordei muito com o preço delas que deveriam ser de graça assim como eram as antigas – concluiu o aposentado.

Lei

A lei do deputado estadual Carlos Minc (PSB) 8.006/18 modificou a lei 5.502/09 e estipulou prazos para a implementação das novas normas a serem seguidas. As grandes redes de supermercados tiveram um ano, a partir da publicação da lei em 25 de junho do ano passado, para se ajustarem. Já os mercados menores terão até novembro deste ano para se adequarem à lei.

Os grandes supermercados de Estado do Rio terão que adotar as sacolas biodegradáveis em substituição as feitas à base de polietileno, polipropilenos ou outro material similar, a partir desta quarta-feira, dia 26.

Já os mercados menores terão até novembro ano para se adequarem à lei do deputado estadual Carlos Minc (PSB). Os demais estabelecimentos, como lojas, padarias e farmácias, por exemplo, terão até junho de 2020 para se enquadrar.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

28 comentários

  1. Avatar

    Quanto comentário idiota. Cada um mais imbecil do que o outro. O outro ali em cima citou até o nome do Blosonaro. O povo Brasileiro é um povo burro e escroto, ao invés de vcs ficarem torcendo para o Brasil ir pra frente, dar certo mesmo que não seja com o governo desejado, vcs ficam desejando o mal, q de TD errado… Só aqui mesmo no Brasil, eita povo medíocre.

  2. Avatar

    O povo pede a troca dos plásticos pelos papéis, vai entender, de onde esse povo acha que vem o papel kkkkk

  3. Avatar
    Cidadão consciente

    Por qual motivo não fornecem a população as novas sacolas de maneira gratuita? Vejo que isso beneficia apenas os empresários

  4. Avatar

    E os sacos para legumes e frutas ? E os sacos utilizados no açougue ? Continuarão ?

  5. Avatar

    O que fazer com os sacos que embalam as verduras e legumes. E as embalagens plásticas dos outros produtos, arroz, feijão, embalagem de óleo. Poxa, está na cara que isso é pro consumidor que é bobo pagar por mais uma coisa como sempre se paga neste país. Uma gota no meio do oceano.
    Braaassssiiilllll

  6. Avatar

    O Brasil não evolui pois impera a individualidade e a falta de respeito pelo meio ambiente. Restringir o uso das sacolas plásticas não irá resolver o problema do lixo e do desperdício mas serve como uma medida educativa para despertar o impacto ambiental do nosso consumo. Já abolimos canudos, sacolas, falta as caixinhas de sanduíche do McDonalds e tantas outras futilidades que vão para lixo.

  7. Avatar

    E os produtos como arroz, feijão, açúcar, farinha, fubá e outros a gente vai levar na mão? Esses produtos e outros são embalados em plástico. Como é que faz?

  8. Avatar

    E as sacolas de arroz, feijão, farinhas. As sacolas que embalamos as frutas e verduras no próprio mercado?????

  9. Avatar

    É tudo que o brasileiro precisa
    Sacola biodegradável

    Não dá nem pra começar a conversar

  10. Avatar

    quando for fazer a compra do mes isso ai eles nao pensaram ne.pimenta no cu das pessoas e refresco.

  11. Avatar

    Os supermercados vão se dar bem, alguns já não fornecem sacolas (economizam), antes as sacolas eram de papel, agora é plastico, mas o supermercado não irá fornecer! Transferiu a responsabilidade para o consumidor… no caso o cliente. No Atacadão já vende as sacolas faz muitos tempo, no Makro não tem sacolas… Mas todas as mercadorias que compramos já vêm embaladas em plastico… Os sacos de lixo são de plastico… ou muda tudo ou não resolve! Só a sacolinha do mercado que poluí o planeta? Garrafas pet milhões de garrafas descartadas… Final da história, quem vai pagar a conta é o consumidor! Tomou?!?!

  12. Avatar

    E o descarte o lixo também devemos comprar embalagens biodegradáveis ou os governos fornecerão? Os veículos deixarão de circular? Essa a lei do retrocesso. O governo não tem capacidade de dar educação ao povo e manter o meio ambiente limpo. Cria-se essas leis ridículas para complicar a vida do povo. Hoje a maioria das embalagens são plásticas e tudo que é jogado no meio ambiente de maneira incorreta o causa degradação.

    • Avatar

      O Bolsonaro não tem nada a ver com essa lei. Quem criou foi Deputado Estadual Carlos Minck o ano passado, e tinha prazo de 1 ano para entrar em vigor Portanto agora o povo vai ter que desembolsar $ 0,05 centavos por cada sacola, ou seja, daqui a alguns meses vai estar valendo $ 1,00 . Parabéns a aqueles que tem idéias mira volantes como essa, e quem se estrela é o povo.

  13. Avatar

    Vou jogar meu lixo na rua agora e quero ver a prefeitura recolher ! Meio ambiente que nada… Só irá aumentar nossos custos, pois teremos que comprar nas lojas especializadas !

    • Avatar

      Adquira sacos PARA lixo de 60 litros até 120 litros que vende até em feiras e em qualquer lugar que tem produtos de utilidades domésticas.

      Temos de acabar com essas sacolas que muitos colocam de tudo dentro para os garis. Aqui mesmo pelo DV fiquei sabendo que colocaram até fetos. Só não pode colocar nos sacos o lixo orgânico (restos de hortaliças, descartes de legumes, frutas e cascas de frutas). Lixo orgânico via par a terra, pra o jardim, para canteiro, etc, NUNCA PARA O LIXO comum.

      Com o fim dessas sacolas, além do Meio Ambiente ganhar vamos acabar com o lixo das ruas. Vejo muita gente simplesmente colocando seu saquinho de lixo na calçada, Daí vem o cachorro, rato, barata, urubus, e todo o tipo de bichos noturno atrás de comida e fura os sacos espalhando o lixo pelas ruas.

      Venha aqui ver o meu vizinho após as 18h todos os dias (até nos dias que o caminhão na passa). Então eu chego em casa e tenho de pular o lixo que ele colocou, isso se não estiver espalhado quando tenho de transitar pelo meio do lixo do meu vizinho.

    • Avatar

      Lembrando: Colocar alimentos no lixo é o ato MAIS ABSURDO do mundo.

    • Avatar

      Esse país não é para amadores.

    • Avatar
      Morador de V. Redonda

      VAI VENDO. Onde você coloca os restos de alimentos da sua casa ? Ensina pra nós.

  14. Avatar

    Só vantagens para o dono do supermercado e para as lojas de embalagens, um pq vai deixar de gastar e o outro pq vai render baldes de dinheiro com a venda de sacolas ! A pinça entrará só em nós mesmos, já que sempre pagamos as contas !

    • Avatar

      Bolsonaro cumprindo uma das promessas de campanha esse ano seria o ano dos empresários…Eu avisei

    • Avatar

      “Só acho”
      Animalesco
      A lei foi criada por um ex guerrilheiro de esquerda, ex petista e que agora é do PSB
      O nome do vagabundo é Carlos Minc
      Tu tá é querendo o Bolsonaro como homem da sua vida!

  15. Avatar
    José das verdades

    Encontraram uma desculpa para repassar o custo das sacolas para os consumidores….apenas isso.

  16. Avatar

    MENTIRA, DIVULGARAM MENTIRA, O HIPERROYAL DO RETIRO TÁ VENDENDO A SACOLA POR R$5,00 .
    ESTA LEI É SEM VERGONHA, VAI DAR LUCRO PRO PATRÃO.

  17. Avatar

    Sujar menos é proteger nada, pois mesmo sem sacolas ainda temos que lidar com as embalagens dos produtos que compramos que praticamente é tudo plástico. Não é porque sujamos pouco que estamos protegendo alguma coisa, essa coisa de Reduzir, Reutilizar e Reciclar é apenas uma idiotice teórica que não resolve o problema da poluição por plásticos é apenas jogar o problema por baixo do tapete, precisamos mudar as enbalagens de forma que mesmo descartadas possam ser assimiladas pela natureza assim como as cascas das frutas o fazem.

    • Avatar
      Volta Redonda que eu quero

      Vamos pensar no meio ambiente…
      que pede socorro….
      Agora é acabar com a garrafa pet..usar garrafas retornáveis….e eliminar descartaveis em plásticos (copos…pratos)…direcionando uso para descartáveis em papel…

      Infelizmente ruas…rios..lagoas, mares..florestas estão recebendo nossos descartáveis….em plásticos..a natureza não aguenta mais…

Untitled Document