quinta-feira, 13 de maio de 2021 - 19:55 h

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Luiz Antônio busca parceria para restauração da fazenda que pertenceu à princesa Isabel

Luiz Antônio busca parceria para restauração da fazenda que pertenceu à princesa Isabel

Matéria publicada em 4 de maio de 2021, 15:41 horas

 


O parlamentar foi recebido pelo empresário Omar Peres para debater parceria entre o poder público e a iniciativa privada

Foto: Divulgação
Solar está abandonado e à mercê de saques

 

Sul Fluminense – A restauração da Fazenda Monte Scylene, localizada no distrito de Barão de Juparanã, em Valença, foi o tema do encontro entre o deputado federal Luiz Antônio Corrêa e o empresário Omar Peres. Acompanhado do vereador valenciano Eduardo Ávila, do coordenador do Parque Estadual da Serra da Concórdia, Maurício Macedo, do secretário de Desenvolvimento e Turismo de Vassouras, Wanderson Farias, e do bisneto da Princesa Isabel, Alberto Bragança, o parlamentar foi recebido no Hotel do Café, em Rio das Flores, para debater uma parceria entre o poder público e a iniciativa privada.

O solar da antiga Fazenda Monte Scylene pertenceu à princesa Isabel e por volta de 1886. A nobre e o seu marido, o conde D’Eu, criaram nesta propriedade um internato de menores que funcionou por um longo tempo. Adquirido pelo Estado o local foi adaptado e transformou-se na primeira clínica pública de recuperação de dependentes químicos do interior do Estado. Hoje o local está abandonado e sofre com constantes saques.

— Fico feliz de ver pessoas que acreditam no potencial turístico do interior do Rio de Janeiro. Nossa ideia é envolvermos as duas Universidades da região (a Universidade de Vassouras e o Centro Universitário de Valença) mais o poder público para recuperarmos e darmos o uso adequado para esse solar que já foi residência da Princesa Isabel e não pode ficar esquecido — revelou o deputado.

O empresário Omar Peres, que é dono do Jornal do Brasil, é reconhecido por seu compromisso com a valorização do patrimônio histórico da região. O Hotel do Café tem 20 suítes com nomes que remetem à história da época, como Dom Pedro I, Dona Leopoldina, Marquesa de Santos, Joaquim Nabuco, Eufrásia Teixeira Leite entre outras.

Peres também arrendou o Mara Palace Hotel, no centro histórico de Vassouras. O local passa por uma obra de revitalização para que possa voltar a operar tão logo passe a pandemia. O palacete, que foi construído pelo Comendador Antônio Carlos Teixeira Leite há mais de um século e meio atrás e é um dos ícones arquitetônicos do Vale do Café.

Para Wanderson Farias, a iniciativa da restauração será mais um grande opção para fortalecer o turismo na região do Vale do Café.

— É de suma importância que esse aparelho turístico seja restaurado e volte a funcionar. Dessa forma, iremos integrá-lo ao corredor turístico da região de Vassouras, Juparanã, Valença e Rio das Flores. Tenho certeza de que será mais um atrativo interessante para o turista que visita o Vale do Café — destacou.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document