Memorial Zumbi completa 34 anos e terá programação especial de aniversário

Exposição “Memórias do Memorial” terá início nesta segunda-feira (03) e marcará início das comemorações

by bruno reis

Espaço completa 34 anos com programação especial – Divulgação PMVR

Volta Redonda – Um dos espaços culturais mais conhecidos da região Sul Fluminense, o Memorial Zumbi, em Volta Redonda, completa neste sábado, (01), 34 anos de atividades.

Para celebrar a data, a coordenação do espaço cultural, juntamente com a Secretaria Municipal de Cultura (SMC), preparou uma programação especial de aniversário que terá início na segunda-feira (03), às 19h, com a abertura da exposição “Memórias do Memorial”, que contará a história de resistência e luta do povo negro de Volta Redonda. A mostra irá até o dia 28 de junho e a entrada é gratuita.

A coordenadora do Memorial Zumbi, Renata Ferreira, destaca que a exposição também faz parte da 8ª Semana Nacional de Arquivos, promovida pelo Ministério da Cultura, por meio do Arquivo Nacional, em comemoração ao Dia Internacional dos Arquivos (9 de junho).

“A abertura oficial do evento contará também com apresentações do Jongo de Volta e do Coral Municipal. Estamos conseguindo trazer um material muito bacana, que conta parte destes 34 anos do Memorial Zumbi e da história de resistência e luta do povo negro de Volta Redonda, da cultura preta da cidade”, destacou a coordenadora.

Aliando educação antirracista e cultura

Chegando ao seu 34º aniversário, o Memorial Zumbi se tornou um espaço muito importante para a comunidade negra de Volta Redonda.

Segundo a coordenadora do Memorial Zumbi, Renata Ferreira, o espaço hoje é um símbolo de um lugar de acolhimento a várias questões vividas pela comunidade negra e não negra também e percebeu a importância de se aliar à educação.

Exemplo disso é o Tour Afro Pedagógico, projeto iniciado em 2023 e leva grupos e alunos das escolas das redes públicas e particular para conhecer um pouco da história da população negra e da cultura afro-brasileira, e que será uma das atividades preparadas para celebrar os 34 anos do Memorial Zumbi.

“A educação antirracista, juntamente com a cultura, hackeia o sistema. E o Memorial Zumbi é onde os mais vulneráveis e as pessoas que hoje entendem a importância daquele lugar podem estar. Então, o Memorial Zumbi tem uma importância gigantesca para a história e para a formação de Volta Redonda”, ressaltou.

Ainda falando sobre outros projetos realizados no Memorial Zumbi, Renata cita o Cine Zumbi, que usa o audiovisual como ferramenta também para apresentar histórias da comunidade negra, e as oficinas de dança afro e capoeira, e a presença do Jongo de Volta que estão ocupando o espaço.

“Espero que os próximos anos sejam de muita prosperidade para o Memorial Zumbi e para as pessoas que lá passem. Que o espaço se torne cada vez mais um símbolo de acolhimento a todos, sempre priorizando a educação para construirmos um futuro melhor”, afirmou.

You may also like

Leave a Comment

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas
.

Image partner – depositphotos

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996