quarta-feira, 23 de janeiro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Internacional / Ministro italiano agradece a Bolsonaro pela extradição de Battisti

Ministro italiano agradece a Bolsonaro pela extradição de Battisti

Matéria publicada em 14 de janeiro de 2019, 08:13 horas

 


O ministro do Interior da Itália, Matteo Salvini, concedeu entrevista coletiva para detalhar a captura e prisão de Cesare Battisti.

Alguns dos presentes estavam com a bandeira italiana e o aplaudiram.

Salvini agradeceu ao presidente Jair Bolsonaro por ter retirado a proteção de Battisti e colaborado para o retorno dele para a Itália.

“Nossos agradecimentos a todos que permitiram essa prisão, ao novo presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, que tirou a proteção e a tutela [de Battisti]”, afirmou Salvini, sendo aplaudido.

“Eu agradeço à polícia por dar esse presente a 60 milhões de italianos” disse.

A entrevista foi concedida no domingo (13) após a entrega de Battisti pelos agentes bolivianos aos policiais italianos.

Prisão perpétua

Na Itália, ele foi condenado à prisão perpétua e sentenciado pelo assassinato de quatro pessoas, na década de 1970, quando integrava o grupo Proletários Armados pelo Comunismo, um braço das Brigadas Vermelhas.

“Ele é um assassino. Não é um escritor ou um filósofo, não é como alguns jornais o tratam até de como um livre pensador”, afirmou Salvini.

Na sua conta pessoal no Twitter, Bolsonaro postou o vídeo com parte da coletiva concedida por Salvini e agradeceu a todos que contribuíram para a captura de Battisti.

“Parabéns a todos no Brasil que estiveram envolvidos no caso, na pessoa dos ministros da Justiça, Relações Exteriores e GSI [Gabinete de Segurança Institucional]”, disse o presidente na rede social.

Ontem (13), Salvini, através do Twitter, postou fotos de Battisti no avião com os agentes italianos. “Avião com #CesareBattisti decolou agora direção Itália: Estou orgulhoso e emocionado.”

O primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, também no Twitter, relatou a extradição de Battisti.

“Está feito: o avião para Roma acaba de decolar de Santa Cruz com #CesareBattisti a bordo.”


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. Battisti fugiu da França para o Brasil, motivado pelo fato de que um governo de esquerda tinha assumido o poder no Brasil e achou guarida aqui com os petistas! Mesmo tendo o STF decidido pela extradição, pois é concernente com o tratado com o qual o Brasil é signatário, Lula entrou no caminho e fez um puxadinho dizendo que a última palavra caberia a ele, e ele concedeu um asilo, e isso vigorou ao longo de muitos anos!
    O PT segue fazendo discurso de que Battisti é um injustiçado, é um guerrilheiro, é um militante político, quando na verdade ele matou 4 pessoas, fazia parte de um grupo bastante violento! O PT diz que ele foi condenado à revelia… À revelia pois já era foragido desde então, e a sua condenação só foi possível graças à delação de um ex-companheiro de grupo que relatou a forma como ele agia!
    O PT ao defender Battisti até hoje, algo que não tem adesão nenhuma na sociedade brasileira, nem nos eleitores do PT, mostra uma desconexão profunda com os novos anseios do Brasil, mostra que não tem pauta nenhuma para oferecer à sociedade para voltar a ser opção de poder!
    O que dizer sobre o PT?
    Como diria o jornalista Boris Casoy: “Isso é uma vergonha!”…

  2. Não fosse o Bolsonaro esse bandido desfrutaria da vida tranquilamente no Brasil.

    Foi só após Bolsonaro dizer que mandaria ele para a Itália que o STF liberou e o Temer aproveitou assinando a captura dele. STF e Temer pegaram carona na decisão do então candidato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document