domingo, 31 de maio de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Moradoras criam a ‘Feira do Vale’ para alavancar empreendedorismo em Paulo de Frontin

Moradoras criam a ‘Feira do Vale’ para alavancar empreendedorismo em Paulo de Frontin

Matéria publicada em 3 de janeiro de 2020, 10:40 horas

 


Projeto, que existe há dois meses, possui 50 membros que promovem vendas de produtos artesanais para geração de empregos

Criadoras do projeto contribuem na geração de renda e na promoção da cultura
(Foto: Divulgação)

Paulo de Frontin – Três moradoras naturais de Paulo de Frontin tiveram a ideia de criar uma feira de produtos artesanais para gerar renda, além de alavancar a cultura, o empreendedorismo e o turismo, no município. A “Feira do Vale”, que existe há um pouco mais de dois meses, já possui 50 membros, que oferecem produtos como: pães, bolos, tortas, massas, cerveja, biscoito e doces artesanais.

Angélica Pio, Fernanda Bersort e Tatiane Domes criaram a feira para ajudar artesãos, empreendedores e profissionais da gastronomia a promover seus produtos através da feira.

– Nosso município está carente de empregos, então pensamos em uma maneira de gerar renda para todos através da feira. Temos histórias lindas de superação, como a ex-gari que criou a feira, uma empreendedora que ajuda a criar os filhos, uma mãe que perdeu o filho e está superando aos poucos. Trabalhamos cultura, empreendedorismo e turismo sem esquecer o social e emocional – destacaram, as três criadoras.

Paralelo a feira, também é promovido o coletivo “Mulheres do Vale”, um grupo que ajuda mulheres em situações de violência doméstica, depressão, ansiedade e baixo estima, através de conversas, conselhos e bate-papo.

Feira oferece doces, cachaças, roupas e acessórios artesanais
(Foto: Divulgação)

Feiras

Até o momento forma realizadas quatro feiras e segundo as criadoras, foram um sucesso. A intenção delas é promover a “Feira do Vale” para outros municípios da região Sul Fluminense e do Vale do Café.

– Temos grandes planos para levar a feira para pelo menos 15 cidades da região, levando artes, o artesanato e esperança para o interior do estado – contou Angélica Pio.

“Feira do Vale” necessita de doações para adquirir novas tendas e barracas para expansão
(Foto: Divulgação)

Doações

Para que possam expandir, a “Feira do Vale” necessita de doações, para isso as criadoras estão organizando uma vaquinha online através do link para que possam adquirir tendas e barracas próprias, pois segundo elas, as tendas e barracas disponíveis no momento são disponibilizadas pela prefeitura de Paulo de Frontin.

Feira

A primeira “Feira do Vale” de 2020 será temática. Ela acontecerá no dia 08 de fevereiro, a partir das 9h, em Paulo de Frontin, na Praça Roger Malhardes, no Centro. Os produtos vão remeter ao Carnaval, próximo feriado do ano.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. Avatar
    Morador de Volta Redonda-RJ

    Parabéns….
    Moças trabalhadoras…
    Exemplo a ser seguido ..
    Não só por outras moças…
    Mais também, por rapazes…
    Já que as portas de emprego não se abrem como deveriam abrir…
    Então..
    Crie , invente..
    Se não conseguir criar..
    Ou inventar…
    COPIE…
    Vergonha é não tentar!!
    Não produzir…
    Sucesso a todos….

  2. Avatar

    Bravissima meninas é disso que estamos precisando! Vamos contribuir com o projeto de vocês certamente!
    Cristina Braga e Ricardo Medeiros – UANA ETE

Untitled Document