quinta-feira, 13 de agosto de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Moradores da Biscaia protestam sobre falta de professores em escola de Angra dos Reis

Moradores da Biscaia protestam sobre falta de professores em escola de Angra dos Reis

Matéria publicada em 28 de fevereiro de 2020, 11:53 horas

 


Apesar do tumulto ninguém se feriu
(Foto: Wesley Gervasio)

Angra dos Reis – Cerca de 25 moradores da Biscaia, em Angra dos Reis, realizaram um protesto na manhã desta sexta-feira (28), pela falta de professores na Escola Municipal Marechal Dutra e pela mudança de horário. A junção das turmas do pré 1º ao 5º ano deixam pais preocupados com a qualidade de ensino que os filhos vão receber.

No protesto, os moradores fecharam a Estrada Ponte Leste por volta das 8h, mas no momento já está liberada para tráfego.

De acordo com a Polícia Militar, o protesto foi pacífico, e que pais e moradores gritavam palavras de ordem contra o governo municipal.

Nota

A prefeitura de Angra dos Reis emitiu uma nota em relação ao protesto dos moradores, destacando que antes do feriado de Carnaval, houve uma reunião entre a Secretaria de Educação e os pais dos alunos da escola.

– A escola possui o total de 43 alunos e a Secretaria de Educação tem uma proposta de formar turmas multianuais, o que é um princípio da gestão, amparada em lei, para otimizar recursos – explicou em nota.

De acordo com a Secretaria de Educação , o grupo do ciclo de alfabetização teria 23 alunos, sendo seis do Pré 1, nove do Pré 2 e outros nove do primeiro ano do Ensino Fundamental.

O grupo de Educação Básica seria composto por 20 estudantes, sendo cinco do 2º ano, cinco do 3º ano, cinco do 4º ano e seis do 5º ano.

– Vale ainda explicar que o prédio da escola tem mais de 40 anos e pertence ao Estado e nunca teve refeitório. A varanda da unidade comporta os alunos para as refeições, na hora do recreio, como sempre ocorreu – concluiu.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. Avatar

    Educação de qualidade deveria ser a prioridade mas parece que o princípio é economizar a todo custo, mesmo que isso prejudique alunos e famílias.

  2. Avatar

    Prefeito canalha, povo sem educação pública.

  3. Avatar

    A reunião foi da diretora, não da secretaria como diz na matéria, acrescento que a secretária sempre fechou os olhos pra escola e que parece, como aconteceu com outra escola em um outro bairro a vontade da secretaria eh fechar a escola, fica minha indignação com o descaso da secretaria..

Untitled Document