quinta-feira, 2 de abril de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Morro da Conquista está sendo monitorado 24 horas por dia pela polícia

Morro da Conquista está sendo monitorado 24 horas por dia pela polícia

Matéria publicada em 25 de setembro de 2015, 07:50 horas

 


Informação foi dada ontem pelo comandante do 28º BPM, Luís Cláudio Regis; ação é feita por câmeras de segurança

site

Pela paz: Comandante da PM, Luís Cláudio Regis, disse que não permitirá confrontos de traficantes no Morro da Conquista
(Foto: Arquivo)

Volta Redonda- O comandante do 28º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Luís Cláudio Regis, disse ontem que o Morro da Conquista está sendo monitorado 24 horas por dia. A ação acontece através de câmeras recém-inauguradas do Posto de Policiamento Comunitário (PPC), localizado na Rua Jaime Martins, no bairro Santo Agostinho. A intenção da polícia é evitar confrontos entre quadrilhas rivais, o que vêm aterrorizando moradores da localidade.

Segundo a Polícia Militar, os confrontos acontecem entre duas quadrilhas comandadas de dentro da cadeia por dois homens. Um deles é Márcio Gonçalves da Silva, o “Marcinho”, e o outro Jhonatan Filipe Saturino da Silva, o “Nem Sapão”.

De acordo com Regis, os criminosos disputam o controle de pontos de venda de drogas no Morro da Conquista. Apesar disso, ele tratou de tranquilizar a população.

– Os moradores podem ficar tranquilos que não vamos permitir esses confrontos. Por isso, além desse monitoramento feito pelas câmeras do PPC, policiais em viaturas estão fazendo uma ronda permanente no local – disse Regis, acrescentando que ao todo são 20 câmeras que fazem o monitoramento não só do Santo Agostinho, mas de bairro vizinhos como o Volta Grande.

– Essas câmeras estão interligadas com o Ciosp (Centro Integrado de Operações de Segurança Pública) que monitora outros pontos de Volta Redonda empregando mais 120 câmeras – informou o comandante.

Regis lembrou que a instalação do PPC do Santo Agostinho foi justamente para proporcionar mais segurança aos moradores daquele bairro. O policial disse ainda que somente nos últimos dias, duas investidas da PM já conseguiram enfraquecer o poder bélico desses criminosos, além de apreender uma quantidade de drogas.

– Apenas nesses últimos dias tivemos 16 pessoas detidas e apreendidas grande quantidade de armas, munições e drogas – finalizou, se referindo as ações ocorridas anteontem no Morro da Conquista e também no dia 14 deste mês na Vila Natal, no bairro Paraíso de Baixo, em Barra Mansa.

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

14 comentários

  1. Avatar

    O COMANDANTE QUE VERGONHA O SENHOR ESTA BUSCANDO A PAZ ENTRE MORADORES OU MANTER A RELAÇÃO DE HARMONIA ENTRE OS BANDIDOS FALA SERIO COMANDANTE O SENHOR NEM DEVERIA DIZER ISTO, AFIRMAR A EXISTÊNCIA DE BANDIDOS LÁ, PRA CIMA DELES COMANDANTE OU SE FALTAR CORAGEM CHAMA DOUTOR MAURICIO QUE ELE SOBE

  2. Avatar

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  3. Avatar

    A droga é um cancro social que atende uma necessidade das pessoas de fuga da realidade.

  4. Avatar

    Morro da Conquista é tão perigoso que o carro da Google passeou por suas ruas filmando e mapeando o bairro para o Street View. Aliás, não vi ninguém armado ou em atitude suspeita nas imagens, a periculosidade do morro é superestimada para valorizar ações policiais no local…

    • Avatar

      Ta bom então sobe o morro e entra no beco… Na rua eles não vão ficar armados por que a viatura passa toda hora. Sabe de nada inocente.

  5. Avatar

    O Morro da Conquista vive mais do nome. Não é mais perigoso que vários outros da cidade, mas criou-se uma fama ali que faz com que todo traficante queira “conquistar” a comunidade, é algo simbólico…

  6. Avatar
    por dentro do assunto

    Volto a dizer esse país não é serio.

  7. Avatar
    por dentro do assunto

    Cada povo tem a desgraça que merece…..

  8. Avatar

    vai chega uma hora que vai ser igual no iraque ainda bem que nao tem fuzis ainda

  9. Avatar

    Eu não entendo o seguinte, o secretário de segurança publica do Estado juntamente com alta cúlpula da segurança do estado, sempre estão na mídia informando que existe bloqueadores de celular nas cadeias, mesmo que entre o celular na cadeia ou presidio, como eles conseguem fazer ligações se existe bloqueadores? kkkkkkkkk É a mesma coisa que acontece quando nosso governador vai a frente da mídia dizer que o Rio esta pacificado, e olha que ele sempre diz isso após um intenso tiroteio, ou arrastão, ou fuzilamento kkkkkk E tem gente que acredita.

  10. Avatar

    No ilha parque ainda rola uma espécie de dia livre ou liberado, onde a polícia não passa nem perto daqui e tudo rola liberado. Livre , leve e solto. Nem adianta denunciar.
    Prlomenos uma vez na semana rola.
    Com isso a população honesta e trabalhadora e q se ferra noite e madrugada a fora sem pregar os olhos com a barulheira de motos de carros e gritarias e badernas.
    Somos esquecidos aqui.

    • Avatar

      Todos do bairro sabem quem são os policiais honestos que quando vão no sem terra tem traficante que chora , então denuncie, mais denuncie no dia em que esses policiais estão de serviço. Quem é morador do bairro sabe quem é quem. Fica a dica.

  11. Avatar

    E o ilha parque.
    Pq esquecem desse bairro.
    Aqui é trafico dia e noite .
    Armas e drogas enterradas na beira do rio e em vários terrenos baldios.
    A gente denuncia e a polícia se faz de cega.
    Donos de bares participam ativamente abrindo e mantendo os bares abertos a noite e madrugada p dar apoio a bandidos.
    Estamos ferrados aqui.
    Será q a polícia acha q aqui não desce a bandidada toda do morro p cá ou fazem vista grossa ?

  12. Avatar

    Seria interessante a instalação deste posto policial no alto do morro da conquista e não na praça do santo agostinho, fora do morro. Ao invés de evitar confronto de gangues, não seria melhor prender estes bandidos, já que sabem até os nomes dos indivíduos ?

Untitled Document