sábado, 15 de maio de 2021 - 21:39 h

TEMPO REAL

 

Capa / Região / MP denuncia motorista que atropelou e matou casal e filho em Arrozal

MP denuncia motorista que atropelou e matou casal e filho em Arrozal

Matéria publicada em 20 de outubro de 2016, 11:15 horas

 


Piraí- Após dirigir alcoolizado, em alta velocidade, atropelar e matar um casal e o filho, de sete anos, o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) denunciou, na quarta-feira (19), Ivo Ferreira, de 57 anos, à Vara Única da comarca de Piraí. Ele foi denunciado por homicídio doloso (quando a pessoa assume o risco de causar a morte).

A denúncia foi feita pelo promotor de Justiça Marcelo Airoso Pimentel. O crime ocorreu na noite do último dia 8, na estrada Arrozal X Fazenda da Grama, em Arrozal, distrito de Piraí. As vitimas seguiam viagem em uma charrete.

Devido à colisão, o casal faleceu no local e a criança foi levada ao hospital São João Batista, em Volta Redonda, mas não resistiu aos ferimentos.

Segundo as investigações, o denunciado, que não estava com a habilitação, teve ferimentos leves. Ferreira está acautelado na Cadeia Pública de Volta Redonda.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

17 comentários

  1. Avatar

    Não adianta quer argumentar a dor desta familia é irreparavel, que Deus ilumine a todos e qum causou o acidente
    que pague, mas nosso pais não tem justiça

  2. Avatar

    Que Deus console os familiares e amigos, agora……e o estado de saude do cavalo?…..como astrofísico formado pela u ITA universidade de Itapipoca CE; não comprendi, sob as leis da física clássica, como o impacto que matou os três na charrete não atingiu o equino visto que: energia cinética é igual à massa vezes o quadrado da velocidade dividido por dois.

  3. Avatar

    R . M .F o transporte utilizado por muitos moradores naquela região e a charrete seu animal ali e uma zona rural. Seu namorado se tem filho não tem nem amor a ele pois se não teve dor de uma família inteira se eu pego vc e ele já sabe né.

  4. Avatar

    se fosse um pais serio seria julgado condenado e executado mas como é brasil….vcs ja sabem

  5. Avatar
    CASAL R M F E MOTORISTA.

    GENTE, ESSE ” R M F ” TEM UM CASO COM O MOTORISTA DO CARRO. POR ISSO TANTE DEFESA. ESTÁ COM MEDO DE PERDER SEU HOMINHO KKKKKKK NA CADEIA ELE VAI TE POR MUITO CHIFRES KKKKKK RMF DESESPERADO.

  6. Avatar

    Festa regada á bebida alcoólica costuma terminar de forma trágica. O álcool é uma droga lícita que tem causado perdas irreparáveis país afora. Este é apenas um, dentre centenas de outros ocorridos. Todos os quatro personagens são vítimas do “Rei Álcool”.

  7. Avatar

    R M F, PRA VIRAR BANDIDO BASTA FAZER O PRIMEIRO CRIME, E ESSE MOTORISTA O FEZ. ELE DIRIGIU EM ALTA VELOCIDADE ASSUMINDO O RISCO DE CAUSAR UM ACIDENTE, E CAUSOU UM GRANDE ACIDENTE, E AGORA DEVE PAGAR NA JUSTIÇA.

  8. Avatar

    o cidadão em questão é primário, tem um filho e não é bandido, a questão é que houve vitimas fatais,

    mas estavam todos na mesma festa e todos estavam ingerindo bebida alcóolica, e a tal charrete não tinha nenhum tipo de sinalização e os pais levam consigo uma criança de sete anos.

    • Avatar

      R M F, lei é pra ser cumprida, não adianta você querer insinuar que o cara da charrete tem culpa ele morreu é ele tem filho que também morreu atropelado.pense ANTES DE ESCREVER BESTEIRA

    • Avatar

      Advogado pelo menos recebe honorários para tentar defender alguém. Já alguns comédias, não se sabe o que tem na cabeça ao proferir tamanho disparate… O erro alheio jamais isenta a própria culpabilidade!…

    • Avatar

      Mas se o carro que atropelou estivesse na velocidade adequada da via, talvez não tivesse ocasionado a morte da família. Bebeu e foi dirigir, assumiu o risco. Pra mim ainda é pouco.

    • Avatar

      Quando um cidadão faz que é contra a lei, ele já se torna uma criminoso. Sempre digo que um bêbado no volante é semelhante a um bandido armado, mata um inocente a qualquer hora. Onde aconteceu o acidente é zona rural, independente de tendo ou não sinalização na charrete o acidente teria acontecido, pois o motorista estava sob efeito de bebida alcoólica, o problema que querem justificar uma coisa por outra. Cadeia mesmo! Depois da merda feita todo mundo é bonzinho, por que não pensou antes de fazer a merda de beber antes de dirigir. Está parecendo que o criminoso é vítima!

    • Avatar
      Mayara Peixoto Bernardo

      Quem disse que a charrete não tinha sinalização tinha sim mais se as vítimas fosse da sua família vc seria a primeira a chama – lo de criminoso a criança pediu aos pais de presente de aniversário leva – lo a festa pois os pais nunca havia levado a nenhuma dessas festas

    • Avatar

      Na zona rural, qualquer veículo por tração animal tem preferencia nas estradas. O cavalo da charrete não estava embriagado, mas o burro que dirigia o carro estava.

    • Avatar

      Olha ele pode ser primário,a charrete poderia estar sem sinalização sim,mas o pior errado nessa história e ele,senhor defensor,sabe pq? Primeiro q e proibido por lei beber e dirigir, bebida e direção não combinam, e alta velocidade piorou,tem q pagar sim,imagine se fosse c vc? Já pensou se vc tivesse a dor de perder 3 pessoas da sua família,por uma pessoa ao volante embriagada,o q faria? Ou melhor será que estaria defendendo esse cidadão? Ele está errado até em ficar calado,respeite a dor das famílias que perderam seu filho, filha,neto…

  9. Avatar

    o cidadão em questão é primário, tem um filho e não é bandido, a questão é que houve vitimas fatais,

    mas estavam todos na mesma festa e todos estavam ingerindo bebida alcóolica, e a tal charrete não tinha nenhum tipo de sinalização e os pais levam consigo uma criança de sete anos.

    • Avatar

      Tenho que concordar. Não defendo o crime em si mas a pessoa causadora. Conforme os enunciados acima, o crime ocorreu. Realmente. Mas o Sr. culpado do acidente tem que ser tratado conforme a lei. Ele responde por crime doloso e não assassinato ou algo do gênero. Ele errou. Confesso. “Mas se não fosse ele”. Desde que haja prova suficiente, provando que realmente foi o sr causador eu aceito. Mas vamos supor, um exemplo, uma pessoa esta dirigindo em velocidade legal e se depara com uma charrete no meio da pista, sem tempo para frear e acaba acontecendo um acidente ceifando, por exemplo, a vida do motorista do carro. Quem seria o culpado ? A charrete sem a devida sinalização / preferência ou o sr que tentou evitar o acidente porque tinha uma criança na charrete, causando a própria morte ? Vamos ser racionais e deixar a ignorância de lado. Volto a dizer, o Sr estava errado, por lei é crime. Não estou defendendo o crime acometido mas a dignidade da pessoa causadora. Aplica-lhe a lei correta para que não seja incriminado por injustiça. “Todos somos inocentes ate que se prove o contrario”.

Untitled Document