segunda-feira, 28 de setembro de 2020 - 05:29 h

TEMPO REAL

 

Capa / Tempo Real / MP denuncia migração de traficantes cariocas para Angra dos Reis

MP denuncia migração de traficantes cariocas para Angra dos Reis

Matéria publicada em 24 de novembro de 2018, 10:30 horas

 


PMs e traficantes em confronto em janeiro deste ano no bairro Frade. (crédito Divulgação)

Angra dos Reis – Traficantes das comunidades Antares e Rodo, de Santa Cruz, no Rio, que não quiseram se aliar à milícia estão migrando para Agra dos Reis. A informação foi apresentada pelo promotor de Justiça, Luiz Antonio Ayres, e confirmada pelo Ministério Público Federal de Angra dos Reis.

Segundo o MP, traficantes das duas favelas do Rio foram para os bairros de Areal e Frade, em Angra dos Reis. No fim do ano passado o delegado titular da 166ª DP, Bruno Gilaberte admitiu ter havido tentativa de invasão frustrada de milicianos de Antares à comunidade do Frade, que tentaram expulsar traficantes locais.

Já em janeiro deste ano, um tiroteio entre traficantes e policiais militares assustou os moradores do Frade. A intervenção policial foi após bandidos passarem a impor suas próprias “leis” no bairro, determinando, inclusive que fossem fechadas escolas e comércio.

Os moradores denunciaram ainda ao MP que era obrigados, pelos traficantes, a realizar protestos interditando a Rodovia Rio-Santos, que corta o Frade.

Os confrontos entre PM e criminosos continuam no Frade, em Areal, e outros bairros como Belém  e Camorim Grande. Este ano, tropas de Forças Armadas chegaram a ocupar essas comunidades para coibir a ação de traficantes.

– Essa circunstância exige comprometimento e interlocução entre as instituições responsáveis pelo combate ao crime organizado”, disse o procurador do MPF em Angra dos Reis, Igor Miranda, ao site de uma TV regional.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

4 comentários

  1. Avatar

    Concordo 100% contigo. Moro aqui e até 2012 ainda andava nas ruas do centro sem medo. Agora em 2018 isso é impossivel. Bate exatamente com os 05 anos onde começou os primeiros sinais que a segurança merecia atençao. Mas nadinha foi feito e.os bandidos só iam chegando tomando conta dos bairros e nada sendo feito. Realmente uma safadeza o MP agora que viu. Realmente pq ficam no bairro Parque das Palmeiras que é considerado o bairro das familias de mais alto poder aquisitivo. Agora entao que enxergaram que os outros bairros pediam SOS a tempos ! Una vergonha do MP.

  2. Avatar

    Há anos que já sabemos. Eu mesmo já alertei aqui várias vezes.

  3. Avatar

    Esse MP federal de Angra dos Reis estão de sacanagem com a população, pois essa migração de bandidos já acontece na cidade a mais de cinco anos, o problema é que agora essa infestação de bandidos está batendo a porta da alta burguesia de Angra dos Reis. Enquanto estavam retidos somente em comunidades carentes não tinham preocupação nenhuma com a criminalidade que só ia crescendo. Agora estão inconformados com o problema batendo a porta deles, levando os seus automóveis, viciando os filhos almofadinhas e tudo mais.
    Espero que haja uma resposta e uma ação pra toda a população, e não somente para os burgueses.

  4. Avatar

    Brasil tem que parar com essa palhaçada de direitos humanos, se a policia não atua reclamam, se a policia entre e mata bandido o cara tem a arma apreendida, tem que folga pra ir se explicar por que matou bandido, se bobear é expulso, tem muito vagabundo protegendo bandido, se deixar a policia trabalhar ela faria a limpa comp fazia antigamente

Untitled Document