Mulher em situação de vulnerabilidade pede ajuda para se manter - Diário do Vale
segunda-feira, 27 de setembro de 2021 - 16:38 h

TEMPO REAL

 

Capa / Plantão da redação / Mulher em situação de vulnerabilidade pede ajuda para se manter

Mulher em situação de vulnerabilidade pede ajuda para se manter

Matéria publicada em 23 de julho de 2021, 17:37 horas

 


Ex-bancária perdeu benefício LOAS (Lei orgânica de assistência social) e não tem mais dinheiro para se sustentar

Resende – A ex-bancária Maria Silva, de 55 anos, está em busca de ajuda para se manter ou até para comprar um carrinho de pipocas e trabalhar na porta de casa, pois, segundo laudos médicos, devido a transtornos como depressão e síndrome do pânico, ela não tem condições de sair para trabalhar.  Ela moradora do bairro São Caetano e diz que a situação piorou após o falecimento de sua mãe, Deise Santos Silva, de 84 anos.

– Minha mãe faleceu no dia 26 de maio e o benefício LOAS (Lei orgânica da assistência social) que ela recebia foi suspenso. Tive que ficar sem trabalhar para cuidar dela e, por isso, dependia dessa renda – explicou.

Segundo Maria, ela não tem dinheiro para mais nada, no mês passado ela recebeu uma cesta básica do Cras (Centro de Referência à Assistência Social) do bairro Paraíso, que também atende o bairro São Caetano e nesta semana recebeu uma cesta de ovos da unidade.

“Estou precisando de ajuda para me manter ou da solidariedade de alguém em me ajudar doando um carrinho de pipoca, para eu trabalhar na porta de casa, pois não tenho condições de sair devido aos problemas de doença. Já não sei onde recorrer”, lamentou.

Interessados em ajudar, podem procurar por Maria Silva pelo WhatsApp (24) 99901-1060.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document