sábado, 21 de setembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Lazer / `Mulheres In Cantam´ neste sábado em Barra Mansa

`Mulheres In Cantam´ neste sábado em Barra Mansa

Matéria publicada em 17 de agosto de 2019, 11:58 horas

 


Quatro cantoras regionais sobem ao palco, num super e aguardado show

O show é delas neste sábado, dia 17. As cantoras Maria Sol, Valentina Rocha, Angélica Leal e Daiane Landim, que vem se destacando no cenário regional, participam do ‘Mulheres In Cantam’. A apresentação acontece a partir das 20h, no Clube Municipal, no Centro de Barra Mansa.

O projeto foi criado em 2015 pelo cantor Carlos Magno Goulart, o Carlinhos Meninja, e por Cláudio Chiesse com o intuito de valorizar as mulheres que cantam no Sul Fluminense. Inicialmente os shows aconteciam no Dia Internacional da Mulher. Pelo palco do ‘Mulheres in Cantam’ já passaram cantoras como Cleide Delgado, Noely Landim, Elaine, a Orquestra Sinfônica de Barra Mansa e as estrelas da noite deste sábado.

O repertório foi montado especialmente para esta noite, trazendo todas as influências que regem o trabalho de cada uma das cantoras. Será um show repleto de sucessos nacionais e internacionais.

– Tem som para todos os estilos e gostos. Vais ser uma noite fantástica – garante Meninja.

O projeto já foi realizado com sucesso em diversos locais ao longo dos últimos quatro anos, como na Flumisul; Expo Barra Mansa; Circuito Sesc; e em corredores culturais regionais, até chegar ao Clube Municipal que é o palco desta apresentação.

– Vais ser uma noite fantástica – garante Meninja.

De acordo com o diretor de Cultura do Clube Municipal, Marcus Modesto, o clube , depois de uma ampla reforma, que manteve suas principais características, tornou-se uma das maiores referências culturais e de eventos na região.

– Temos promovido grandes espetáculos, como a série `Beatles Fest´. Com certeza, no neste sábado, o ‘Mulheres In Cantam’ também vai entrar para a história de show marcantes na nossa agremiação – ressaltou Modesto.

O diretor do clube ressalta que ainda dá tempo de os interessados reservarem mesas.

– Mas é bom as pessoas se anteciparem, porque a procura está sendo grande – adverte. 

Mas se engana que elas irão cantar sozinhas, músicos da região foram convidados para compor a banda que vai acompanhar a apresentação. A base sonora é formada por Carlinhos Meninja, tocando guitarra e gaita; Anderson, no baixo; Vinícius, na bateria; e Armando, no sax e flautas.

– Será uma super noite dançante, um aguardado encontro de artistas que já estão alcançando o sucesso, com suas vozes marcantes. Um programa imperdível. Como sugere o nome do projeto, elas vão cantar e encantar o público – garante Meninja.

 

Conheça as cantoras

 

Maria Sol

Natural de Volta Redonda, Maria Sol, a “Sereia do samba”, de 23 anos, vem mostrando um repertório agradável, deixando claro cada vez mais a vontade de seguir firme na vida artístics através do samba. Apaixonada por arte e música desde a infância, subiu pela primeira vez no palco aos quatro anos. Aos oito fez sua primeira poesia e aos 11 compôs sua primeira canção. Aos 21, pode-se dizer que foi o momento de engrenagem na vida da cantora. 

– O teatro, a música, a moda e a dança sempre estiveram presentes em minha vida, mas a minha essência sempre me dizia que a resposta estava no canto – revelou.

Em dois anos de muito trabalho, a cantora lança o single “A filha da sereia”, que vem repleto da brasilidade raiz, trazendo na mala a cultura do samba, forró e MPB.

As influências sobre a cantora são Elis Regina, Clara Nunes, Clementina de Jesus, Carmen Miranda, Eliseth Cardoso, Dalva de Oliveira, Luiz Gonzaga, entre outras. O que não falta são boas referências.

 

Valentina Rocha

Com apenas 15 anos de idade, Valentina Rocha está começando a trilhar o caminho da música, mas com seu timbre raro, já é tida como uma das maiores revelações da música fluminense.  Sua estreia foi nos palcos da Fundação CSN, em Volta Redonda, em 2015. Quem já a ouviu cantar, tem a certeza de que esta menina é a mais nova estrela da música nacional.

A intérprete encantadora, que quando solta a voz emociona a todos, começou a cantar aos oito anos de idade, no coral da Igreja Nossa Senhora das Graças, passando a interpretar Salmos nas missas dominicais. Sua voz foi descoberta pela cantora e intérprete Sara Bentes. Para se aperfeiçoar ainda mais, Valentina, grande vencedora do Prêmio Olho Vivo 2019 como Melhor Intérprete, está se dedicando também a aulas de teclado.

 

Daiane Landim

No cenário musical desde a infância, a cantora Dai Landim tem em sua carreira diversos estilos musicais, como Rock, Jazz, Blues e Pop e experiência em interpretações de grandes artistas mundiais, que resultaram na construção do estilo único da artista, mostrado no primeiro álbum da carreira, auto intitulado.

Dai possui em seu currículo experiência como letrista, design, dezenas de shows, três videoclipes e o prêmio internacional “Festival de La Cancion da Universidad del Mexico”. A cantora está, atualmente, em fase final de produção do novo single, com lançamento para as próximas semanas.

 

Angélica Leal

A cantora, que também é jornalista e colunista social, tem como influência musical o jazz e a Música Popular Brasileira (MPB), Soul música, no melhor estilo Tina Turner, entre outros astros consagrados, reafirmam o talento de Angélica Leal. Com seu swing inconfundível, ela promete repetir o sucesso dos últimos shows no palco do Clube Municipal.

 

Serviço:

‘Mulheres In Cantam’ acontece neste sábado, dia 17, a partir das 20h, no Clube Municipal – localizado na Rua Dr. Juiz Antônio Ciano, 91, ao lado do Jardim das Preguiças, no Centro de Barra Mansa. Reserva de mesas e mais informações pelo telefone (24) 9881-9175.

 

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document