Municípios do Médio Paraíba realizam capacitação em Itatiaia

Tema do encontro será o Enfrentamento à Violência Contra a Mulher

by Mayra Gomes

Itatiaia -“A Importância do Desenvolvimento de Estratégias para o Enfrentamento à Violência Contra a Mulher: Trabalhando as Masculinidades e Compreendendo os Grupos Reflexivos” será o tema de uma capacitação que vai ocorrer na próxima terça-feira (18), em Itatiaia. O evento, realizado pela Superintendência de Enfrentamento à Violência contra Mulher, através da Coordenação do Ser H, é destinado a gestores e técnicos da região do Médio Paraíba. O encontro acontecerá no plenário da Câmara Municipal, localizado à Avenida dos Expedicionários, 205, Centro, entre 10h e 13h.

De acordo com a Secretária de Políticas Públicas para as Mulheres, Luciana Cavallari, o Ser H, Serviço de Educação e Responsabilização do Homem da Secretaria de Estado da Mulher, é um programa que foi lançado no dia 07 de dezembro de 2023, dentro dos 21 dias de ativismo, que busca a prevenção dos crimes contra as mulheres, combater a reincidência de casos de violência doméstica e promover uma cultura de não violência de gênero trabalhando com os homens.

– O Ser H é uma ferramenta de garantia da efetivação da Lei Maria da Penha na sua integralidade, trazendo os homens a partir de uma perspectiva educativa e de responsabilização para este movimento, a partir de três eixos de ação: responsabilização, prevenção da Violência e promoção do cuidado – explica.

Luciana destaca que Itatiaia vem desenvolvendo diversas iniciativas relacionadas ao enfrentamento da violência contra a mulher. Uma delas foi a afixação de placas conscientizadoras sobre o assunto, em diversos pontos do município, numa iniciativa pioneira no país. Além disso, o trabalho de combate a violência contra a mulher foi reforçado na cidade, com a sanção da Lei n° 1.466. O dispositivo instituiu na cidade o protocolo “Não é Não”, para prevenção ao constrangimento e à violência contra a mulher e para proteção à vítima em ambientes públicos.

– Também para promover o atendimento, acolhimento e o monitoramento de mulheres resguardadas pelas Medidas Protetivas de Urgência previstas na Lei Maria da Penha, a Secretaria de Políticas para as Mulheres, em parceria com a Guarda Civil Municipal, implementou o programa “Ronda Maria da Penha”, com equipe formada por quatro agentes da Guarda Civil Municipal, dois homens e duas mulheres, devidamente treinados. O trabalho, especializado, prevê realização de visitas diárias de acompanhamento às mulheres que tiverem medida protetiva de urgência deferida pela Justiça – lembra.

You may also like

Leave a Comment

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas
.

Image partner – depositphotos

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996