sábado, 22 de setembro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Lazer / Nadando com os tubarões

Nadando com os tubarões

Matéria publicada em 13 de agosto de 2018, 07:15 horas

 


Livro relata a paixão de mergulhador pelos seláquios

Aventura: Convivendo com os tubarões

O médico e mergulhador Gabriel Ganme é apaixonado pelos tubarões, e vive nadando ao lado deles em todos os mares do planeta. Suas experiências estão reunidas no livro “Sobre homens e tubarões” que está sendo lançado pela editora Labrador. Foram mais de mil mergulhos sem uso de gaiola protetora, com muitas experiências que deixariam uma pessoa comum apavorada, mas o médico sobreviveu a todas não esconde sua admiração por esses animais majestosos.

Na África do Sul, ele foi sacudido por um tubarão gralha preta oceânico, que foi atraído pelas mangueiras amarelas do traje de mergulho. No Taití, levou uma pancada da nadadeira quando chegou muito perto de dois tubarões que brigavam por alimento. Nas ilhas Galápagos, um tubarão de lombo preto acertou com o focinho na sua máscara de mergulho, quando o autor caiu na água sem perceber que dois tubarões vinham ao seu encontro.

Em pelo menos quinze ocasiões o mergulhador usou sua câmara subaquática para se proteger de ataques de tubarões mais agressivos. Mesmo assim Ganme acha que há mais chance de ser mordido por um tubarão na arrebentação do que nadando entre eles em mar alto. Realmente os tubarões costumam caçar presas que se encontram na superfície da água, como aves aquáticas, focas e geralmente não se importam com criaturas que nadam no fundo, longe da superfície. É por isso que, em todo o mundo, há mais ataques de tubarões contra surfistas do que contra mergulhadores.

O livro é todo ilustrado com fotos espetaculares, tiradas pelo autor em suas viagens em busca de tubarões pelo mundo inteiro. O leitor vai ficar conhecendo os vários tipos, como o tubarão branco, astro de filmes de terror, o tubarão azul comum em todos os oceanos, o tubarão martelo e o gigantesco, mas inofensivo, tubarão baleia. Que pode ter mais de 15 metros de comprimento. O livro tem prefácio do documentarista de vida selvagem Lawrence Waba e custa em torno de 80 reais. As fotos que ilustram a obra foram tiradas por alguns dos melhores fotógrafos submarinos do Brasil

Por: Jorge Luiz Calife

Um comentário

  1. Tubarões são criaturas incríveis.

Untitled Document