sexta-feira, 30 de julho de 2021 - 02:28 h

TEMPO REAL

 

Capa / Região / No mês do aniversário, Volta Redonda começará a zerar fila de catarata

No mês do aniversário, Volta Redonda começará a zerar fila de catarata

Matéria publicada em 23 de junho de 2021, 16:29 horas

 


Cirurgias começarão a partir do dia 06 de julho com expectativa de realizar 600 cirurgias até o fim do próximo mês

Volta Redonda – As cirurgias eletivas de catarata serão retomadas em julho, mês do aniversário de Volta Redonda. A previsão é que as cirurgias comecem efetivamente a partir do dia 06 de julho, pois a Secretaria de Saúde já licitou o serviço no último dia 10. Segundo a prefeitura, há mais de dois anos os atendimentos foram interrompidos na rede pública municipal e a demanda reprimida começará a ser combatida em julho.

– Será um presente que estaremos dando para milhares de pessoas que aguardam na fila. Volta Redonda ficou muito tempo sem oferecer esse serviço e felizmente, graças ao empenho da nossa equipe, em julho vamos começar a acabar com essa demanda reprimida – comentou o prefeito Antonio Francisco Neto.

Centro cirúrgico móvel

A empresa contratada para realização das cirurgias vai utilizar um centro cirúrgico oftalmológico móvel, que ficará estacionado na Ilha São João, onde vai promover os atendimentos.

O serviço começará a ser executado entre os dias 02 e 05 de julho, pois acontecerão os exames pré-operatórios. A expectativa é que sejam examinadas 150 pessoas por dia. Também no dia 5, está programada a vistoria da Vigilância Sanitária no local onde serão feitos os procedimentos.

Primeira fase

De acordo com a secretária de Saúde de Volta Redonda, Maria da Conceição de Souza Rocha, nesta primeira fase de retorno das cirurgias, a meta é realizar 600. O contrato, no entanto, prevê cerca de 4,5 mil cirurgias.

A cirurgia de catarata é um procedimento considerado simples para trocar o cristalino, embaçado pela catarata, por uma lente artificial. Em média, a intervenção dura entre 10 a 20 minutos. Segundo Conceição, havia uma demanda reprimida de quase três mil moradores na fila de espera.

– Os pacientes na fila de espera estão sendo convocados para os exames pré-operatórios que começarão no dia 02 de julho e vão até o dia 05. Essa triagem médica tem por objetivo verificar as condições clínicas do paciente, sobretudo, constatar se está apto para a cirurgia – explicou a secretária, acrescentando que nesse momento os atendimentos serão voltados apenas aos pacientes que já estavam na lista de espera da rede pública.

Conceição citou que as cirurgias dentro da unidade móvel seguirão as medidas de prevenção à Covid-19 e as normas de higiene e segurança estabelecidas pela Vigilância em Saúde.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. A manchete deveria ser “começará”, já que é tempo futuro…

Untitled Document