Novo pré-candidato em Barra do Piraí

by Diário do Vale

O delegado Antônio Furtado confirmou ao DIÁRIO DO VALE o que muita gente já imaginava: é mesmo pré-candidato a prefeito de Barra do Piraí. Perguntado sobre o vice ou a vice, disse que ainda não tem um nome definido.

***

As declarações foram dadas durante a cerimônia de posse do novo comandante do 10º Batalhão de Polícia Militar em Barra do Piraí, nesta quarta-feira (8).

***

Por falar em pré-candidatura, quem estava na posse do tenente-coronel Fábio Corrêa eram os vereadores Katia Mimi e Pedrinho ADL.

***

Os dois são pré-candidatos em Barra do Piraí. Desta vez, a prefeita e vice.

 

Recurso bem aplicado

A audiência pública convocada pela Câmara Municipal de Volta Redonda para discutir o Plano Nacional de Educação (PNE), na noite de terça-feira (7), foi polêmica.

Solução inovadora

Um dos participantes, por exemplo, se enrolou ao tocar no assunto religião x escola. “Eles falam muito na escola laica, porque tem que respeitar todas as religiões. Sim, temos que respeitar a todos, mas veja, não é fazer proselitismo. Nós não precisamos formar homens elevados, com princípios e com valores? Qual que é (sic) o livro que nós devemos adotar para formar esse tipo de gente? A Bíblia! A mensagem de Cristo, o Evangelho!”, disse.

Terra de um credo só

Ele continuou: “Não é fazer proselitismo. O Brasil é um país cristão! Nós somos católicos, evangélicos, batistas, presbiterianos, igreja pentecostal, espíritas, todos têm Cristo como referência. Qual que é (sic) o problema de se trabalhar a mensagem, o Evangelho?”. “A Bíblia é o livro mais lido do mundo. Por que não pode fazer parte do processo de formação de nossas crianças?”, questionou.

Mais patriotismo, por favor!

Até o número de palavras utilizadas no PNE foi tema de pauta. Incomodou bastante, por exemplo, a palavra ‘indígena’ ser mais de cem vezes citada e a palavra ‘patriotismo’, nenhuma.

Neologismo

As políticas públicas para combater a desigualdade racial no Brasil também não foram poupadas. “Eles querem dividir a sociedade em grupos para que possam ter o controle sobre eles. Estamos cansados de ver nas mídias. Se você tem uma pessoa que é da raça negra e ela não concorda com a pauta negrista (sic) que eles querem implementar, essa pessoa é execrada”, afirmou, utilizando um neologismo questionável.

Oba, vai ter mais!

Para quem gosta desse tipo de audiência pública, uma ótima notícia: a Câmara vai sediar um simpósio contra o aborto. Será no dia 22 de junho, a partir das 13h. Presença confirmada da deputada federal Chris Tonietto. Imperdível, não acham?!

Novo secretário

O governador Cláudio Castro nomeou o doutor Deodalto José Ferreira como o novo secretário de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento do Estado do Rio. Ele assume a pasta no lugar do médico Flávio Ferreira. A nomeação foi publicada em edição extra do Diário Oficial desta quarta-feira (8).

Currículo

Doutor Deodalto José Ferreira é médico especialista em ginecologia e obstetrícia. Natural de Minas Gerais, e morador de Nova Iguaçu, está no serviço público há 12 anos. Deodalto passou pelos cargos de vereador de Belford Roxo por um mandato, e deputado estadual, quando assumiu a vice-presidência da Comissão de Saúde e foi membro da Comissão de Normas Internas e Proposições Externas.

Contratação temporária I

A Lei 10.363/24, que regulamenta a contratação de pessoal para o exercício do magistério, ensino técnico e demais funções de apoio à Educação, entrou em vigor. Aprovada pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) e sancionada pelo governador Cláudio Castro, a medida teve sua publicação feita no Diário Oficial do Executivo desta quarta-feira (8). A lei adapta a norma de contratação emergencial, definida pela Lei 6.901/14, para atender à decisão da Justiça.

Contratação temporária II

A norma prevê a contratação temporária para atendimento das necessidades de excepcional interesse público, tais como a contratação de professor substituto para suprir a falta de profissionais em decorrência de exoneração, demissão, morte, aposentadoria, capacitação, afastamento, licença ou exercício de cargo comissionado. Neste caso, a contratação temporária somente será celebrada se estiver em trâmite processo para a realização de concurso público. Além disso, ela busca garantir o exercício da profissão caso as vagas ofertadas em concursos não tenham sido completamente preenchidas até a data de um novo concurso.

Diretrizes orçamentárias I

A Comissão de Orçamento, Fiscalização Financeira e Controle da Alerj aprovou nesta terça-feira (7), por unanimidade, parecer favorável ao projeto de lei com as diretrizes orçamentárias de 2025 do Rio de Janeiro, encaminhado à Casa pelo governo do estado. O documento apresenta as metas e prioridades para o exercício financeiro do próximo ano e as diretrizes para a elaboração do orçamento em conformidade com os objetivos e metas estabelecidos no Plano Plurianual 2024-2027. O texto prevê um déficit orçamentário de R$ 13,7 bilhões, sendo o montante de R$ 11,6 bilhões referente somente a serviços da dívida do estado com a União.

Diretrizes orçamentárias II

O secretário de estado de Planejamento e Gestão, Adilson de Faria Maciel, ressaltou, durante a audiência pública que discutiu o projeto de lei, que a dívida com a União representa cerca de 85% do déficit previsto. Ele citou as dificuldades ocasionadas pelas perdas de recursos devido às Leis Complementares Federais 192 e 194, de 2022, que reduziram o ICMS de combustíveis, energia elétrica e telecomunicações.

Diretrizes orçamentárias III

“Não basta resolver a questão da dívida, precisamos buscar incremento de receita. É importante destacar que os projetos de elaboração do Plano Plurianual (PPA), LDO e Lei Orçamentária Anual (LOA) já estão alinhados com o Plano Estratégico de Desenvolvimento Econômico e Social (Pedes), o que nos dá um norte de ações a seguir”, comentou o secretário.

You may also like

Leave a Comment

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas
.

Image partner – depositphotos

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996